EXPEDIÇÃO AMÉRICA LATINA DE TÉNÉRÉ

VIAGEM DE MOTO TÉNÉRÉ 600cc

Total de 23.687km

Brasil,


Paraguai,


Argentina,


Chile,


Perú,


Equador,


Colômbia,


Venezuela,


e Brasil novamente...



__________________________________________________________________________________

"Um homem precisa viajar. Por sua conta e pelo seu planejamento, não por meio de histórias, imagens, livros ou TV. Precisa viajar por sí, com seus olhos e pés, com seus recursos para entender o que é seu. Para um dia plantar as suas próprias árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar o calor. E o oposto. Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o próprio teto. Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogãncia que nos faz ver o mundo como imaginamos, e não simplesmente como é ou como pode ser. Que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveriamos ser alunos e, simplesmente, ir ver!"

AMIR KLINK
______________________________________

TODOS OS DETALHES DA EXPEDIÇÃO A SUA DISPOSIÇÃO ...

RESUMO
1ª) Brasil/Paraguai - Guarulhos até Foz do Iguaçu - 1.150 km
2ª) Argentina - Puerto Iguazu até Pº de Jama - 2.700 km
3ª) Chile - Pº de Jama até Arica - 1.700 km
4ª) Peru - Concórdia até Piura - 3.700 km
5ª) Equador - Macará até Tulcan - 1.900 km
6ª) Colômbia - Ipiales até Cúcuta - 2.800 km
7ª) Venezuela - San Cristobal até Sta Helena Huairén - 3.200 km
8º) Brasil - Pacaraima/RR até Manaus/AM - 1.400 km
9ª) Brasil - Travessia fluvial - Barco Manaus até Santarém - 896 km
10ª) Brasil – Transamazônica - Santarém até Marabá - 1.300 km
11ª) Brasil - Marabá até Guarulhos - 2.900 km


PILOTOS
Marcelo Santos – MC BR-116 - Guarulhos/SP - 37 anos
Renato Catarino – MC DESGARRADOS DA FRONTEIRA - Uruguaiana/RS – 48 anos


MOTOS
Ténéré 600 z - Branca e Vermelha – 1989 - Marcelo
Ténéré 600 z - Azul e Amarela – 1988 – Renato


NÚMEROS DE PAISES
08 países: Brasil, Paraguai, Argentina, Chile, Peru, Equador, Colômbia e Venezuela.


DESCRIÇÃO TOTAL DA KM PERCORRIDA:
Asfalto 20.643km
Terra 1.057km (transamazonica)
Barco Manaus/Santarém aproximadamente 900km (aferido pelo GPS)
Caminhonete ripio aproximadamente 650km (feitos por caminhonete alugada no Chile)
Moto-taxi cerca de uns 20km no Perú
Bike-taxi cerca de uns 3km no Perú
Teleférico cerca de uns 24km (18km na Colômbia 09km ida e 09km volta, 06km em Salta na Argentina)
Ferry Boat 220km (Isla Margarita)
Barquinhos cerca de 50km (islas caribenhas)
Trem cerca de uns 70km ( Macchu Picchu)
Ônibus cerca de 20km
Táxi cerca de uns 30km
Total de 23.687km

ALGUNS NÚMEROS DA EXPEDIÇÃO
"CONSUMOS" E AJUSTES DA MOTOCICLETA
- 05 TROCAS DE ÓLEO, TROCA FEITA NA MÉDIA DE A CADA 4.000 KM - TOTAL DE 15 LITROS.
- 04 LITROS DE ÓLEO ADICIONAIS QUE FORAM SENDO INTRODUZIDOS CONFORME O CONSUMO DO MOTOR, A CADA 3.000 KM ERA INTRODUZIDO 1 LITRO DE ÓLEO.
- 05 FILTROS DE ÓLEO, EM TODA TROCA DE ÓLEO FOI FEITO A TROCA DO FILTRO.
- 01 LAMPADA DO FAROL.
- 01 JOGO DE ROLAMENTO RODA TRASEIRA
- 01 PNEU TRASEIRO - TROCA FEITA COM 18.500 KM.
- 01 LONA DE FREIO TRASEIRO
- 01 CABO DO VELOCIMETRO
- 03 VEZES FOI NECESSÁRIO A REGULAGEM DA RELAÇAO (COROA E PINHÃO)
- 04 EMENDAS DE CORRENTE FORAM CONSUMIDAS, TROCAS REALIZADAS A CADA 5.000 KM. 
- 01 LIMPEZA DO CARBURADOR NA ADUANA DO EQUADOR COM A COLÔMBIA.
- APROXIMADAMENTE FORAM CONSUMIDOS 1.150 LITROS DE GASOLINA, NAO TENHO O VALOR EXATO, MAS A MOTO ESTAVA FAZENDO EM MÉDIA DE 19 A 21 KM POR LITRO.
OUTROS NÚMEROS
* Atropelei 01 ovelha e 01 cachorro (infelizmente a ovelha morreu)
* Devo ter caido em mais de 200 buracos, porém nenhum furo de pneu.
* Atropelei e matei mais de 1.000.000.000 de insetos (mosquitos, borboletas, abelhas e outros montes).
* Fiz mais de 1.000 novos amigos pela América.
* Descobri que a nossa seleçào de futebol é querida por toda a américa exceto na Argentina (kkkk) e que além de nós, Peru, Chile, Venezuela, Colômbia, Equador e o Paraguai choraram e também se decepcionaram com nossa selecão.
* Descobri também que todos odeiam o Maradona e a seleçào da Argentina... rsss... é sério...
* O cara mais famoso do Brasil é o Ronaldinho....até em um povoado Inca de 20 pessoas no meio do nada no Equador e os caras conhecem ele.
* O cara mais odiado no Brasil é o Dunga (exceto na Argentina)
* Todo mundo conhece o Lula (rsss) o cara é famoso.
* O pais mais barato é o Equador, depois pela ordem vem a Venezuela, a Colombia e o Paraguay, empatados Peru e Argentina, o mais caro é o Chile, depois vem o Brasil.
* Emagreci 05 kilos
* Foram 43 dias de viagem, sem fazer a barba, meu amuleto, somente quando cheguei em casa.
* A Expedição custou aproximadamente US$ 2.200,00 - aproximadamente R$ 4.000,00.

__________________________________________________________________________________




A MOTOCICLETA


TÉNÉRÉ 600cc - ano 1989


"La Tenebrosa ou Minha Carniça"


Manual Ténéré XT600Z (português)


click no link abaixo




 
 
 
__________________________________________________________________________________

DADOS APROXIMADOS:
MOTOR - 1 cilindro, 4 tempos, refrigerado a ar; comando no cabeçote, 4 válvulas.
Diâmetro e curso, 95 x 84 mm. Cilindrada, 595 cm³. Taxa de compressão, 8,5:1.
Potência máxima, 42 cv a 6.500 rpm. Torque máximo, 5,1 m.kgf a 5.500 rpm.
Um carburador; partida elétrica e pedal.
CÂMBIO - 5 marchas; transmissão por corrente.
FREIOS - dianteiro a disco; traseiro a tambor.
QUADRO - tipo diamante, com motor estrutural, em aço.
SUSPENSÃO - dianteira, telescópica pneumática; traseira, monomola.
PNEUS - dianteiro, 90/90 S 21; traseiro, 120/80 S 18.
DIMENSÕES - comprimento, 2,21 m; entre eixos, 1,45 m; altura do banco, 890 mm;
TANQUE - capacidade de 22 l;
PESO -  a seco 170 kg.
DESEMPENHO - velocidade máxima, 163 km/h; aceleração de 0 a 100 km/h, 7,5s.
__________________________________________________________________________________

A MOTOCA – LA TENEBROSA - "A CARNIÇA"
Na preparação da moto tomei alguns cuidados que acredito ser o mínimo necessário para literalmente "evitar de ficar pela estrada”. Através da experiência que possuo em viagens anteriores e pelos grandes ou pequenos problemas que tive que enfrentar na quebra da minha parceira e também por problemas que outros viajantes me relataram, procuro sempre realizar um check list, abaixo relacionado e discriminado.
estes itens abaixo são obrigatórios de estarem "zerados" no momento da partida, 000 km mesmo!!! Principalmente quando a moto for usada e existir alguns km marcando no painel, no meu caso a minha parceira tem 22 anos e muitos, muitos km de história!
Check list ...
 Pneus e câmeras de ar dianteiro e traseiro;
 Lona de freio traseiro e pastilha do freio dianteiro;
 Sistema de Transmissão (coroa, corrente e pinhão);
 Óleo do motor e o filtro do óleo;
 Filtro de ar;
 Filtro do combustível;
 Mangueiras de combustível e do sistema de óleo do motor;
 Rolamentos das rodas e da caixa de direção;
 Bateria;
 Fluido do freio dianteiro e também o conjunto de mangueira e conexões do freio;
 Chicote e todo o sistema elétrico.
 Todas as lampadas;
 Amortecedor traseiro, embuchamento e lubrificação;
 Bengala e seus retentores;
 Bomba de combustível;
 Carburador e todo conjunto (bóias, agulhas, difusores e etc...)





 ___________________________________________________________________________

TODOS OS DETALHES  ...



_____________________________________________________________________________________

MODIFICAÇÕES NA MOTOCA PARA A EXPEDIÇÃO
 Reforço com barras de ferro no quadro em pontos estratégicos para evitar quebras e trincas e suportar o peso extra;
 Substituição do amortecedor original por amortecedor com maior poder de suportar e absorver peso extra;
 02 faróis de milha presos através de um suporte fixado na bengala na mesma altura do farol original;
 Reforço com solda no bagageiro (churrasqueira);
 Nos Pneus a vacina Anti-Furo (Verdinha);
 02 tanques de combustível sobressalentes com capacidade aproximada de 10 litros cada;
 Lub-Jet sistema exclusivo de lubrificação á óleo da corrente de transmissão com a moto em movimento;
 Suporte para o GPS, MP3 e filmadora;
 01 descanso lateral do lado direito da motocicleta, transformando-se em um cavalete;
 Dispositivo “acendedor de cigarro”, para carregar a bateria de equipamentos elétricos e ser utilizado também como tomada 12v;
 Dispositivo “USB” para carregar o GPS e outros eletrônicos com encaixe para o acendedor de cigarro;
 Instalação da bussola, termômetro e relógio.
_________________________________________________________________________________




















____________________________________________________________________________


PEÇAS DE REPOSIÇÃO PARA A MOTOCICLETA
 01 cdi;
 01 relê do pisca;

 02 filtros de óleo;
 02 camaras de pneu sendo 01 aro 18 e 01 aro 17;
 01 extator;
 01 lona (freio traseiro);
 01 pastilha (freio dianteiro);
 02 manetes (01 esquerdo e 01 direito);
 02 filtros de gasolina;
 10 raios roda traseira;
 10 raios roda dianteira;
 01 jogo de discos da embreagem;
 01 lâmpada do farol;
 02 lampadas da lanterna/freio;
 02 lampadas de pisca;
 01 cabo de embreagem;
 01 cabo do acelerador;
 01 cabo do velocímetro;
 01 pneu (não levei é facil de ser encontrado nas cidades);
 03 emendas de correntes e 20 cm de corrente;
 01 pinhão;
 01 cachimbo;
 Fusíveis diversos;
 02 metros de mangueira de combustível;
 02 válvulas de câmeras dos pneus.


ALGUNS CUIDADOS A MAIS COM A MOTOCA ANTES DE PARTIR ...
 Verificar o quadro (trincas, alinhamento, rachaduras, quebra de soldas e outros);
 Verificar o Motor (vazamentos, barulhos, juntas, regulagens, literalmente abrir e dar uma “olhada”)
 Mangueiras do óleo (vazamentos, conexões, furos, ressecada, tempo de uso, etc);
 Reaperto de todos os parafusos e porcas, utilizar um fluido vermelho (conhecido como trava-rosca);
 Nas lentes dos piscas passar a fita adesiva “contact”, para evitar de perder a lente;
 Fixar bem a lanterna traseira e quando possível reforçar a fixação pelo mesmo motivo das lentes dos piscas;
 Cuidado ao inserir equipamentos elétricos na moto por causa do consumo da bateria;

OUTROS” QUE NÃO PODEMOS ESQUECER DE LEVAR JAMAIS...
∞ Bandeira do Brasil e bandeira do Motoclube;
∞ Mapas;
∞ Bomba Manual (para encher pneu e colchão);
∞ 1 kit de Remendos para câmera de pneu a frio (VIPAL);
∞ 1 calibrador para aferição das libras do pneu;
∞ 02 Espátulas para trocar e consertar os pneus;
∞ 01 lanterna (que possa ser ligada também na bateria da moto na falta de pilha);
∞ 01 Tubo superbonder;
∞ Lubrificante para a corrente;
∞ Pilhas recarregáveis e o carregador;
∞ Corda para reboque;
∞ Enforca gato (stick) 03 tamanhos diferentes sendo 20 unidades de cada;
∞ Parafusos diversos tamanhos (sextavado e arlen)com porcas e arruelas;
∞ Isqueiro e caixa de fósforos;
∞ 01 durepoxi;
∞ 01 Extensão elétrica com 10 metros;
∞ 01 fita isolante;
∞ 01 fita adesiva larga;
∞ 01 Fita adesiva Silvertape;
∞ 01 estilete;
∞ 01 facão;
∞ 01 Pincel.

FERRAMENTAS
† Kit de ferramenta original;
† 01 Alicate Universal; 01 Alicate de corte; 01 Alicate de Bico; 01 alicate de Pressão;
† 01 chave de raio (roda);
† 01 chave de válvula da câmara do pneu;
† Jogo de chaves modelos: Catraca, Estrela, Fixa e Combinada
(verificar com o seu mecânico a numeração e o modelo da chave que melhor atenda a necessidade da sua motocicleta, evite levar excesso de peso);
† 01 Martelo Universal; 01 Martelo menor de Ferro;
† Jogo de Chaves Arlem;
† 01 grifo pequeno;
† 01 chave de vela;
† 03 chaves de fendas (p, m, g)
† 03 chaves Phillips (p, m, g)
† 02 serras amarelas Scott.

O MOTOCICLISTA
Roupa de viagem...
 Por baixo direto no corpo a utilização da “segunda pele” camiseta de manga comprida e a calça (roupa apropriada para suportar temperaturas geladas),
 No tórax uma camiseta exclusiva da viagem de manga comprida preta,
 Nos pés meia quente térmica que mantém o calor e libera a umidade e a transpiração e a utilização da bota impermeável da Alpine Stars modelo Ridge,
 Nas mãos luva térmica fina(segunda
pele) e sobre a luva térmica uma luva para temperaturas baixas com sistema condutivo de sopro para aquecer a ponta dos dedos;
 Por cima do corpo conjunto completo da marca Spidi H2OUT, totalmente impermeável, com forro interno para o frio e calor, com proteções de coluna, ombros e cotovelos;
 No Pescoço uma pescoceira de malha adquirida na cidade de Ushuaia/Argentina que serve também como touca;
 Na cabeça uma bala clava de malha e o capacete da marca Nolan italiano, escamotiável, com entradas de ar.


O QUE LEVAR DE ROUPAS ...
Serão aproximadamente 40 dias fora de casa, com pouco acesso a tanques, lavanderia e etc, e ainda tem os presentes e lembranças que vou comprando pelos países que vou passando, portanto...
 08 camisetas de manga comprida, 08 camisetas de manga curta e 04 camisetas regata (todas exclusivas com desenho da viagem e pretas) conforme elas vão sujando e por fazer diversas amizades as camisetas vão sendo doadas aos novos amigos internacionais como lembrança e liberando espaço para os “recuerdos” de outros países
 02 bermudas, 01 jeans e 01 de malha;
 02 calças, 01 Jeans e 01 de malha
 01 moletom;
 10 cuecas e 10 pares de meias, vão sendo lavadas normalmente debaixo do chuveiro ou na pia do banheiro do hotel, para secar colocar sobre a televisão de noite;
 01 roupa de chuva da marca ALBA;
 01 balaclava para o frio e outra para o calor;
 01 luva sobressalente;
 01 boné; 01 chinelo; 01 tênis; 01 sunga e 01 toalha.


DOCUMENTAÇÃO
≥ Carteira de Habilitação Nacional;
≥ Passaporte;
≥ Carteira de Habilitação Internacional expedida pelo clube Touring;
≥ Carteira de Vacinação Internacional constando Febre Amarela e Influenza A - H1N1 (em alguns países é obrigatório);
≥ Certificado de Propriedade da Motocicleta no nome do Condutor (Documento Original da Moto) e sem alienação (nem preciso mencionar que deve estar em dia);
≥ Documento de Transferência da Moto (afinal nunca se sabe o que pode acontecer);
≥ Seguro conhecido como Carta Verde para conduzir veículos na Argentina;
≥ Placa de identificação com nome completo, endereço, tipo sanguíneo, telefone e alergia. Uma presa por corrente no pescoço e outra fixa no retrovisor ou guidão da moto;
≥ Fotocópias (Xerox) de todos os documentos acima autenticados (guardados em outro lugar);
≥ No seu e-mail todos os documentos acima escaneados;
≥ Costumo fazer 02 cópias da chave da ignição e do tanque, uma das cópias escondo na moto em local estratégico a outra guardo em minha carteira;

LIGANDO A COBRAR PARA O BRASIL
Para ligar a cobrar, o sistema Brasil Direto tem códigos específicos para cada país onde você esteja. A chamada pode ser feita de qualquer aparelho; nos telefones públicos pode ser necessário colocar uma moeda ou inserir um cartão de chamada local para obter linha. Você será atendido por um operador brasileiro que fará a ligação. Se sua chamada for aceita, é só falar, mas lembre-se de que você está numa ligação internacional e custa caro, seja breve!! Em inglês, ligações a cobrar chamam-se collect calls. Lembre-se de que ligar do hotel sai muito mais caro. Portanto, se for viajar, anote o código para telefonar para o Brasil do país para onde você vai.


Códigos telefônicos de acesso da Embratel (do exterior para o Brasil a cobrar)
Argentina - código telefônico: 08005555500 08009995500 08009995503 08003217886
Bolívia - código telefônico: 800100055
Chile - código telefônico: 800360220 800800272
Colômbia - código telefônico: 9805551221 9809550010
Equador - código telefônico: 999177
Panamá - código telefônico: 008000055175
Paraguai - código telefônico: 00855800
Peru - código telefônico: 080050190
Uruguai - código telefônico: 000455
Venezuela - código telefônico:08001001550

 
FRONTEIRAS - ADUANAS
As travessias de fronteiras são muitas vezes o momento mais temido numa viagem. A espera, as burocracias, os subornos, a incerteza, o medo de que falte algo e que não seja possível passar são sentimentos que sempre nos deixam apreensivos. Ao mesmo tempo as fronteiras significam um objetivo alcançado e o inicio de uma nova aventura. Seja no meio de um campo minado, rodeado por macacos numa floresta tropical ou nuns irrespiráveis 4900 metros de altitude as fronteiras requerem calma e paciência.... muita calma e muita paciência.

FRONTEIRAS - ADUANAS O QUE É NECESSÁRIO PARA CADA PAÍS?

PARAGUAI - (MERCOSUL - tudo fácil, menos burocracia)
≥ Carteira de Identidade Original – RG (com foto recente) ou o Passaporte;
≥ Carteira de Habilitação Nacional (NÃO SUBSTITUI O RG OU O PASSAPORTE);
≥ Carteira de Habilitação Internacional expedida pelo clube Touring (não é obrigatório, porém para evitar propina a policiais seria bom ter);
≥ Certificado de Propriedade da Motocicleta no nome do Condutor (Documento Original da Moto); caso a moto não esteja em seu nome necessário uma carta com firma reconhecida em cartório do proprietário da moto autorizando você entrar no país (sendo possivel evite, coloque a moto em seu nome);
≥ Não necessita de seguro internacional para a motocicleta.


ARGENTINA - (MERCOSUL - tudo fácil, menos burocracia)
≥ Carteira de Identidade Original – RG (com foto recente)ou o Passaporte;
≥ Carteira de Habilitação Nacional (NÃO SUBSTITUI O RG OU O PASSAPORTE);
≥ Carteira de Habilitação Internacional expedida pelo clube Touring (não é obrigatório, porém para evitar propina a policiais seria bom ter);
≥ Certificado de Propriedade da Motocicleta no nome do Condutor (Documento Original da Moto); caso a moto não esteja em seu nome necessário uma carta com firma reconhecida em cartório do proprietário da moto autorizando você entrar no pais (sendo possivel evite, coloque a moto em seu nome);
≥ Necessita de seguro internacional para a motocicleta, exige um tipo de seguro para a motocicleta conhecido como CARTA VERDE (você possuindo seguro da moto que cobre o Mercosul esta CARTA VERDE não é necessária);


URUGUAI - (MERCOSUL - tudo fácil, menos burocracia)
≥ Carteira de Identidade Original – RG (com foto recente)ou o Passaporte;
≥ Carteira de Habilitação Nacional (NÃO SUBSTITUI O RG OU O PASSAPORTE);
≥ Carteira de Habilitação Internacional expedida pelo clube Touring (não é obrigatório, porém para evitar propina a policiais seria bom ter);
≥ Certificado de Propriedade da Motocicleta no nome do Condutor (Documento Original da Moto); caso a moto não esteja em seu nome necessário uma carta com firma reconhecida em cartório do proprietário da moto autorizando você entrar no pais (sendo possivel evite, coloque a moto em seu nome);
≥ Não necessita de seguro internacional para a motocicleta.


CHILE
≥ Carteira de Identidade Original – RG (com foto recente);
≥ Carteira de Habilitação Nacional;
≥ Passaporte;
≥ Carteira de Habilitação Internacional expedida pelo clube Touring (não é obrigatório, porém para evitar propina a policiais seria bom ter);
≥ Certificado de Propriedade da Motocicleta no nome do Condutor (Documento Original da Moto); caso a moto não esteja em seu nome necessário uma carta com firma reconhecida em cartório do proprietário da moto autorizando você entrar no pais (sendo possivel evite, coloque a moto em seu nome);
≥ Não necessita de seguro internacional para a motocicleta.


PERÚ
≥ Carteira de Identidade Original – RG (com foto recente);
≥ Carteira de Habilitação Nacional;
≥ Passaporte;
≥ Carteira de Habilitação Internacional expedida pelo clube Touring (não é obrigatório, porém para evitar propina a policiais seria bom ter);
≥ Certificado de Propriedade da Motocicleta no nome do Condutor (Documento Original da Moto); caso a moto não esteja em seu nome necessário uma carta com firma reconhecida em cartório do proprietário da moto autorizando você entrar no pais (sendo possivel evite, coloque a moto em seu nome);
≥ Não necessita de seguro internacional para a motocicleta, você deve realizar o ingresso temporário SUNAT na própria aduana, apresentar quando abordado pela policia.


EQUADOR
≥ Carteira de Identidade Original – RG (com foto recente);
≥ Carteira de Habilitação Nacional;
≥ Passaporte;
≥ Carteira de Habilitação Internacional expedida pelo clube Touring (não é obrigatório, porém para evitar propina a policiais seria bom ter);
≥ Certificado de Propriedade da Motocicleta no nome do Condutor (Documento Original da Moto); caso a moto não esteja em seu nome neste país você não entra com a motocicleta;
≥ Não necessita de seguro internacional para a motocicleta;
≥ Não necessita da Carteira de Vacinação Internacional.


COLÔMBIA
≥ Carteira de Identidade Original – RG (com foto recente);
≥ Carteira de Habilitação Nacional;
≥ Passaporte;
≥ Carteira de Habilitação Internacional expedida pelo clube Touring (não é obrigatório, porém para evitar propina a policiais seria bom ter);
≥ Carteira de Vacinação Internacional constando Febre Amarela e Influenza A - H1N1;
≥ Colete Refletivo Amarelo ou Laranja (eles chamam de Jalecos) com o número da placa da moto, adquirido em pequenas lojas próximo a aduana que vendem equipamentos de segurança como extintores;
≥ No capacete adesivo refletivo com a identificação da placa da moto,
≥ Fotocópias (xerox) da Identidade, Documento da Motocicleta, Passaporte (da foto e do número do passaporte e também do carimbo da aduana de saída do país que você está saindo;
≥ Decalque do motor e do Chassi;
≥ Certificado de Propriedade da Motocicleta no nome do Condutor (Documento Original da Moto),caso a moto não esteja em seu nome neste país você não entra com a motocicleta;
≥ Necessita de seguro internacional para a motocicleta chamado SOAT, você consegue em lojas de seguro na primeira cidade após a aduana, tenha atenção existe seguro para 02 meses, 06 meses, 08 meses e 01 ano, quanto maior o prazo mais caro. Efetuei o meu na "Asesores de seguros Maya Luna em Ipiales" Localização no gps: N00º49.847' - W077º38.392'


VENEZUELA
≥ Carteira de Identidade Original – RG (com foto recente);
≥ Carteira de Habilitação Nacional;
≥ Passaporte;
≥ Carteira de Habilitação Internacional expedida pelo clube Touring (não é obrigatório, porém para evitar propina a policiais seria bom ter);
≥ Carteira de Vacinação Internacional constando Febre Amarela e Influenza A - H1N1;
≥ Colete Refletivo Amarelo ou Laranja (eles chamam de Jalecos) com o número da placa da moto, adquirido em pequenas lojas próximo a aduana que vendem equipamentos de segurança como extintores;
≥ No capacete adesivo refletivo com a identificação da placa da moto,
≥ Fotocópias (xerox) da Identidade, Documento da Motocicleta, Passaporte (da foto e do número do passaporte e também do carimbo da aduana de saída do país que você está saindo;
≥ Decalque do motor e do Chassi;
≥ Certificado de Propriedade da Motocicleta no nome do Condutor (Documento Original da Moto),caso a moto não esteja em seu nome neste país você não entra com a motocicleta;
≥ Necessita de seguro internacional para a motocicleta Venezuelano chamado SENIAT, você consegue em lojas de seguro na primeira cidade após a aduana, tenha atenção as seguradoras devem ser indicadas por eles, tipo Mapfre ou Liberty, o prazo do seguro é para um ano não existe outro, não aceita qualquer outro tipo de seguro;
≥ O tal "PERMISO" para andar com a motocicleta na Venezuela somente visto para turistas e veiculos particulares;
≥ Tem que comprar um selos (eles indicam aonde tem) para colar na documentação da motocicleta, eles chamam de "improntas de la sijin";
≥ Depois de toda esta documentação pronta com fotocópias de tudo, você entrega em um guichê na aduana eles vão revisar tudo, estando tudo certo eles entregam um formulário para você colocar aqueles "selos" no valor de Bsf 16,50 (bolivares novos) que eles chamam de "Timbres Fiscais", com este formulário voce deve ir até uma "oficina de trânsito terrestre" (delegacia para nós) cerca de 500m. da Aduana e carimbar este formulário.... ufa!! depois de tudo isto você esta com o "PERMISO" OK, pode rodar pela Venezuela.
≥ Outra informaçao importante o horário da Aduana de segunda a sexta-feira das 8h ás 11:30h depois das 13:30h as 16:30h, sabado e domingo fechado

______________________________________________________________________________________________

HIGIÊNE PESSOAL
 Shampoo; Sabonete; Bucha; Escova de dente e creme dental; Fio dental; Cotonetes; Presto barba; Cortador de Unha, Papel Higiênico, Lenço Umedecido e Desodorante.

REMÉDIOS
Kit de Emergência para Primeiros Socorros (elaborado pelo Dr. Nakamura/Integrante e Conselheiro do MC BR-116)
¥ Termômetro, pinça, tesoura, luvas cirúrgica;
¥ Dores no corpo ou de cabeça: Doril, Dorflex, Aspirina e Tilenol
¥ Resfriado: Trimedal
¥ Náuseas e Vômitos: Plasil
¥ Cólicas: Buscopan
¥ Azia ou Má digestão: Eno(sal de frutas)
¥ Diarréia: Imosec
¥ Dor de garganta: pastilha Benalet e Cataflan
¥ Anti-inflamatório: Voltarem
¥ Assadura: Hipoglós
¥ Soro Fisiológico, Colírio e Água Boricada
¥ Protetor solar e protetor labial (manteiga de cacau e vaselina esterilizada)
¥ Merthiolate (spray anti-séptico)
¥ Pomada Nebacetim para machucado, raladas, etc...
¥ Repelente de Insetos
¥ Esterilizador para água
¥ 03 pacotes de Compressa de Gaze, Algodão, Band-aid, 02 rolo de faixa, 01 esparadrapo e 01 Micropore.


ACAMPAMENTO
◊ 01 Barraca impermeável, pequena, fácil de montar e desmontar;
◊ 01 colchão inflável solteiro;
◊ 01 travesseiro inflável;
◊ 01 saco de dormir (-10ºc);
◊ 01 lençol;
◊ 01 rede de lona bem fina;

ALIMENTAÇÃO

◊ 01 Fogareiro;
◊ 01 Kit com garfo, faca e colher;
◊ 01 Kit 01 prato e 01 copo de plástico rigido;
◊ 01 Panela


A BAGAGEM
Serão 03 malas todas impermeáveis, sendo 01 mala comprida posicionada no banco da garupa e no bagageiro para melhor distribuição do peso e 02 malas laterais chamadas de alforjes com carga mais leve que ficaram apoiadas sobre a mala comprida.
» MALA COMPRIDA: todas as peças de reposição da moto, do acampamento e de alimentação
» ALFORGES: toda a vestimenta, remédios e higiene pessoal;
» MALA PEQUENA (TIPO POCHETE): Levar ferramentas e demais necessidades para pequenos e rápidos reparos;
» SUPORTE EM ALUMINIO: 01 tubo de 1,00 m de comprimento com 0,50 cm de diâmetro com tampas, este suporte fica próximo ao descanso dos pés utilizado para acomodar as ferramentas;

EXTRAS

- GPS (modelo Garmin Etrex Legend);
- MP3 com 892 músicas (para escutar uma música na solidão do capacete);
- Filmadora digital (pequena e compacta);
- Máquina digital fotográfica;
- Tripé pequeno;
- 02 pen drivers (salvar as fotos e filmagens, levar o arquivo do manual da moto, catalogo das peças e esquema elétrico(em português, espanhol e Inglês);
- Diário (caneta e lapiseira);
- Óculos de sol;
- Trava de roda;
- Calculadora.
_________________________________________________________________________

O PROJETO " A AMÉRICA"
Este projeto nasceu em 2000 depois de uma série de viagens realizadas a várias regiões do Brasil e do Mercosul. A Expedição “A AMÉRICA, uma aventura de Pólo a Pólo.” pretende ligar o ponto mais a Norte do Continente Americano, Prudoe Bay no Alaska, ao Ponto mais a Sul do Continente Americano, Ushuaia na Argentina. Esta viagem será realizada em moto em várias etapas com o objetivo de cumprir o máximo de trajeto por terra. O filosofo Aristóteles foi o primeiro a sugerir uma divisão da terra com base nas diversas condições climáticas determinadas pela latitude. Já por essa altura era clara a grande variedade de ambientes que caracterizavam as diversas latitudes. Hoje as diferenças são ainda mais obvias, mais do que condições climáticas distintas, as várias latitudes tem uma enorme diversidade sociocultural provocada por milênios de adaptação e séculos de influências entre povos de regiões diferentes. De sociedades tecnologicamente avançadas na América do norte, passando por miscelâneas culturais como na América latina, até as sociedades tribais na América do sul, na Amazônia, esta viagem será confrontada com uma variedade incrível de ambientes e culturas que tornarão este projeto uma experiência única, numa rota na América que atravessa de Norte a Sul e de Leste a Oeste, do Oceano Pacífico ao Oceano Atlântico. Nenhum destino é inatingível, nenhuma viagem é impossível.

RESUMO COMPLETO DOS PAISES COM AS PRINCIPAIS CIDADES VISITADAS...
PELA ORDEM...

Brasil (saindo por Foz Iguaçu)

Paraguai

Argentina

Chile

Peru

Equador

Colômbia

Venezuela

Brasil (voltando por Roraima)


DESCRIÇÃO COMPLETA DOS PAISES E PRINCIPAIS CIDADES VISITADAS

BRASIL (saindo por Foz do Iguaçu)
O Brasil é uma república federativa formada pela união de 26 estados federados e pelo Distrito Federal. O país conta 5.564 municípios, 183.987.291 habitantes, bem como uma área de 8.514.876,599 km², equivalente a 47% do território sul-americano. Em comparação com os demais países do globo, dispõe do quinto maior contingente populacional e da quinta maior área. È a Nona maior economia do planeta e maior economia latino-americana, o Brasil tem hoje forte influência internacional, seja em âmbito regional ou global. O País possui entre 15 e 20% da biodiversidade mundial, sendo exemplo desta riqueza a Floresta Amazônica, com 3,6 milhões de quilômetros quadrados.Faz fronteira a norte com a Venezuela, com a Guiana, com o Suriname e com o departamento ultramarino da Guiana Francesa; ao sul com o Uruguai; a sudoeste com a Argentina e com o Paraguai; a oeste com a Bolívia e com o Peru e, por fim a noroeste com a Colômbia. Os únicos países sul-americanos que não têm uma fronteira comum com o Brasil são o Chile e o Equador. O país é banhado pelo oceano Atlântico ao longo de toda sua costa norte, nordeste, sudeste e sul. A Capital é a cidade de Brasilia, língua oficial é o Português, a moeda é o REAL, código da internet .br , código de telefone +55.

Feriados Nacionais
Os feriados nacionais são definidos pelas seguintes leis: nº 662 (de 1949), nº 6.802 (de 1980), nº 9.093 (de 1995) e nº 10.607 (de 2002). Os feriados nacionais brasileiros são:
1º de janeiro – Confraternização Universal - Social
21 de abril – Tiradentes - Cívica
1º de maio – Dia do Trabalho - Social
7 de setembro – Independência do Brasil - Cívica
12 de outubro – Nossa Senhora Aparecida – Religiosa (católica)
2 de novembro – Finados – Religiosa (católica)
15 de novembro – Proclamação da república - Cívica
25 de dezembro – Natal – Religiosa (cristã)
É também feriado nacional o dia em que se realizarem eleições de data fixada pela Constituição. Por sua vez, a Constituição dispõe que as eleições são realizadas no primeiro domingo de outubro, em primeiro turno, e no último domingo de outubro, quando houver segundo turno.

Feriados Móveis
Carnaval* (terça-feira) - quarenta e sete dias antes da Páscoa.
Quaresma - inicia na quarta-feira de cinzas e termina no Domingo de Ramos (uma semana antes da Páscoa).
Sexta-feira Santa - a sexta-feira imediatamente anterior Sábado da Solene Vigília Pascal - o sábado de véspera
Pentecostes - o sétimo domingo após a Páscoa.
Domingo da Santíssima Trindade - Domingo após o Pentecostes.
Corpus Christi - a quinta-feira imediatamente após o Domingo da Santíssima Trindade.

Feriados Estaduais
A Lei nº 9.093, de 12 de setembro de 1995, incluiu entre os feriados civis, antes apenas os declarados em lei federal, a "data magna do Estado fixada em lei estadual".

BRASÃO - MODELO DO DINHEIRO (MOEDA REAL) 













ROTEIRO COMPLETO (aproximadamente 1.150 km)
1. GUARULHOS
2. OURINHOS
3. DIVISA SP/PR
4. LONDRINA
5. MARINGÁ
6. CAMPO MOURÃO
7. CASCAVEL
8. FOZ DO IGUAÇU
9. ADUANA PARAGUAY

RESUMO DAS CIDADES BRASILEIRAS
GUARULHOS: Cidade natal dos motociclistas, início da expedição, horário de partida 4:00h., local sede do Motoclube BR-116, seguir pela SP-280 até Ourinhos.
DIVISA SP/PR: Próximo a cidade de Ourinhos, aproximadamente 400 kms de Guarulhos/SP.
FOZ DO IGUAÇU: Seguir pela BR-369, aproximadamente 700 kms.
ADUANA BRASIL/PARAGUAY: Entrar pela Cidade do Leste

___________________________________________________________________________________________________________________________________

PARAGUAI - PARAGUAY
Distância a ser percorrida aproximadamente 50 km. Entrar no Paraguai pela Aduana Brasileira de Foz do Iguaçu com Cidade do Leste. Depois retornar ao Brasil e seguir em direção a aduana da Argentina, Puerto Iguazu.http://pt.wikipedia.org/wiki/Paraguai
Prestar atenção, principalmente com a policia paraguaia, CORRUPÇÃO. É a capital do contrabando na América Latina, existe tráfico de tudo como automóveis, eletrônicos, drogas, cigarros, perfumes e tudo mais. Pista de pouso na floresta são as rotas de tráfico de drogas. Existem 19 departamentos (Estados).
Lingua oficial é o ESPANHOL e o GUARANI. As principais cidades são Cidade do Leste, San Lorenzo, Encarnacion e Concepcion, a capital e Assunção. Moeda oficial é o Guarani. Regime Republicano. O código da internet é .PY.

Embaixada do Brasil em Asuncion:
Rua Calle Coronel Irazabal esq. Eligio Ayala Casilla de Correo 22
Assunção – Paraguai - Cep: 1521
Telefone: (00xx59521) 248-4000
Email: parbrem@embajadabrasil.org.py
site: http://www.embajadabrasil.org.py/

Consulado do Paraguai no Brasil
Rua Bandeira Paulista, 600, 15º andar, conj. 153, Ed. Banco do Brasil.
Bairro Itaim - São Paulo/SP - CEP 04532-001
tel. (0xx11) 3167-7793 / 0455 / 3168-1932.

Embaixada do Paraguai
Tel. (061) 242-3732, fax (061) 242-4605 - Brasília/DF
e-mail: embapar@linkexpress.com.br

Feriados:

01 de Janeiro: Ano Nuevo
01 de Março: Dia dos Heróis (fim da Guerra do Paraguay)
01 de Maio: Dia do Trabalho
15 de maio: Dia da Independencia.
12 de Junho: Dia de Paz no Chaco.
29 de Setembro: Dia da batalha de Boqueron
08 de Dezembro: Dia da Imaculada Conceição
25 de Dezembro: Natal

BRASÃO - MODELO DO DINHEIRO (MOEDA GUARANIES)

ROTEIRO COMPLETO (aproximadamente 50 km)
1. FRONTEIRA COM O BRASIL
2. CIDAD DEL ESTE

RESUMO DAS CIDADES DO PARAGUAI

CIUDAD DEL ESTE
Situada no extremo leste do país, a cidade foi fundada em 1957, com o nome de Puerto Flor de Lís; depois, durante a ditadura, foi renomeada Puerto Stroessner; ganhou o nome atual após a queda do regime ditatorial do general Stroessner.
Ciudad del Este faz parte de um triângulo internacional conhecido na região como Tríplice Fronteira, que envolve também Foz do Iguaçu, no estado brasileiro do Paraná, e Puerto Iguazú, na província Argentina de Misiones. As três cidades são separadas uma das outras pelo Rio Paraná e pelo Rio Iguaçú. A cidade é responsável por metade do PIB paraguaio; é a terceira maior zona de comércio franca do mundo (após Miami e Hong Kong), cujos clientes na maioria são brasileiros atraídos pelos baixos preços dos produtos vendidos na cidade. Além disso, a cidade é o quartel-general da Itaipu Binacional, junto com Foz do Iguaçú. A venda de eletricidade da usina hidrelétrica de Itaipú para o Brasil gera mais de trezentos milhões de dólares de renda anual para o país. Com mais de 320 mil habitantes, Ciudad del Este é a segunda cidade mais populosa do Paraguai. Depois de realizar compras voltar para o Brasil e seguir em direção a Aduana Argentina.

PRINCIPAIS FOTOS DO PARAGUAI










MAPAS DO PARAGUAI

























_____________________________________________________________________________________________________________________

ARGENTINA - REPÚBLICA DA ARGENTINA
A Argentina, é o segundo maior país da América do Sul, constituída como uma federação de 23 províncias e uma cidade autônoma, Buenos Aires. É o oitavo maior país do mundo em área territorial e o maior entre as nações de língua espanhola, embora México, Colômbia e Espanha sejam mais populosos.
A área continental da Argentina está entre a Cordilheira dos Andes a oeste e o Oceano Atlântico, a leste. Faz fronteira com Paraguai e Bolívia ao norte, Brasil e Uruguai a nordeste e com o Chile a oeste e sul. A Argentina reivindica o território britânico ultramarino das Ilhas Geórgia do Sul e Sandwich do Sul.
O país também reivindica uma parte da Antártida, sobrepondo as reivindicações do Chile e do Reino Unido no continente antártico, mesmo após todas as reivindicações terem sidos suspensas pelo Tratado da Antártida de 1961.
Lingua oficial é o Espanhol. A moeda é o peso. O código da internet é .ar


ARGENTINA - Embaixada do Brasil em Buenos Aires
Endereço: Calle Cerrito, 1350 - Buenos Aires – AR - CEP: C1010AAF
Telefone: (00xx5411) 4515-2400/2500 - Fax: (00xx5411) 4515-2401
Email: embras@embrasil.org.ar - Site: http://www.brasil.org.ar/


FERIADOS
01/01 - Ano Novo.
06/01 - Dia de Reis ou Epifania.
Março ou Abril - Sexta-feira Santa.
24/03 - Dia Nac. da Memória pela Verdade e a Justiça.
02/04 * - Dia do veterano de guerra e mortos em combate na Guerra das Malvinas.
01/05 - Dia Internacional do Trabalho.
25/05 - Revolução de Maio.
20/06 ** - Dia da Bandeira Argentina.
09/07 - Dia da Independência.
17/08 ** - Morte do general José de San Martín.
11/09 - Morte de Domingo Faustino Sarmiento.
12/10* - Dia da Raça.
08/12 - Imaculada Conceição de Maria.
25/12 - Natal.
* Se o dia é terça ou quarta-feira, o feriado muda para a segunda-feira anterior.
Se o dia é quinta ou sexta-feira, o feriado muda para a segunda-feira seguinte.
** O feriado ocorre na terceira segunda-feira do mês.



BRASÃO - MODELO DO DINHEIRO (MOEDA PESO)

_____________________________________________________________________________________________________________________________________

ROTEIRO COMPLETO(aproximadamente 2.700 km)
1. PUERTO IGUAZU
2. WANDA
3. PTO ESPERANZA
4. ELDORADO
5. MONTECARLO
6. PUERTO RICO
7. SAN IGNÁCIO
8. POSADAS
9. ITUZAINGÓ
10. ITA IBATÉ
11. SAN COSME
12. CORRIENTES
13. RESISTÊNCIA
14. MAKALLÉ
15. MACHAGAI
16. QUITILIPI
17. PAMPA DEL INFERNO
18. MONTE QUEMADO
19. TACO POZO
20. JOAQUIN V. GONZALEZ
21. EL GALPON
22. RIO DE LAS PEDRAS
23. LUMBRERAS
24. CABEZA DE BUEY
25. SALTA
26. LA CALDERA
27. EL CARMEN
28. EL CEIBAL
29. SAN SALVADOR DE JUJUY
30. VOLCAN
31. TUMBAYA
32. PUMAMARCA
33. CORTADERA
34. ANGOSTO DE LAS BURRAS
35. SUSQUES
36. Po DE JAMA (ADUANA AR/CH)

RESUMO DAS CIDADES DA ARGENTINA
Saindo de Cidad del Leste/Paraguay, voltamos para o Brasil, passando por Foz do Iguaçu e entramos na Argentina realizando os tramites aduaneiros e partimos em direção a Ruta 12, na provincia de Missiones ...









Ruta 12 – PROVINCIA DE MISIONES

PORTO IGUAÇU – PUERTO IGUAZÚ
Porto Iguaçu (em espanhol Puerto Iguazú) é uma cidade da província de Misiones, Argentina.
Localizada a 18 km da área das Cataratas do Iguaçu, a cidade faz parte de uma área urbana conhecida na região como Tríplice Fronteira, que engloba também a cidade brasileira de Foz do Iguaçu, no Estado do Paraná, e a cidade paraguaia de Cidade do Leste, do Departamento do Alto Paraná. Separada de suas cidades vizinhas pelo Rio Paraná (de Cidade do Leste) e pelo Rio Iguaçu (de Foz do Iguaçu), Porto Iguaçu conecta-se com a última por meio da Ponte Internacional Tancredo Neves, que une as rodovias RN 12 e a BR-469. Não esquecer de visitar marco das tres fronteiras Argentino.


COLÔNIA WANDA - MINERAÇÃO DE PEDRAS PRECIOSAS
Colonia Wanda é uma cidade da Argentina situada a 47 Km de Puerto Iguazú cuja maior fonte de recursos é o extrativismo mineral de pedras semi-preciosas e preciosas.
A mineração é realizada para escavar e retirar das minas, ricas jazidas de Quartzo, Ametista, Agata e Geodos. È permitido visitar as minas com guias especializados pagando 4 pesos. Existe uma loja que vende desde jóias e pedras preciosas a artigos decorativos. Diante de tantos "exemplares" existe a crença que vc nunca escolhe uma pedra, ela escolhe você!
Vale a pena conhecer é belo e impressionante ...


PUERTO ESPERANZA
Puerto Esperanza é um município da Argentina, localizado no departamento Iguazú, província de Misiones. Sua população é de aproximadamente 16.000 pessoas. Sua atividade econômica é baseada na silvicultura, contando com uma indústria de Celulose e cultivo de erva mate. A cidade foi fundada em 25 de Setembro de 1926 por imigrantes Suíços que tinham por objetivo a exploraração de erva mate.Parte desse município é muito pobre.
Cidade do Motoclube CARAYA, do Evaristo, na entrada da cidade existe uma estátua de uma enorme moto custon feita com peças de carros, pneus de trator, restos de motos e diversos tipos de ferros e metais, a criatividade foi extraordinária.
Uma verdadeira obra de arte!!
Ao passar com a sua motoca em frente a entrada da cidade impossivel não entrar para conhecer.
Uma informação super importante o MC CARAYA, anualmente realiza encontros maravilhosos no mês de setembro.

SAN IGNÁCIO
San Ignacio é um município argentino, localizado na província de Misiones no departamento de San Ignacio. Foi construida naquele que se pode chamar o "Barroco Guarani" e é considerada o mais espetacular exemplo das 30 missões construidas pelos Jesuitas em um território que compreende a Argentina, o Brasil e o Paraguai.
Possui uma população aproximada de 6.312 habitantes.
A cidade conta com as ruínas históricas da Redução Jesuíta de San Ignacio Miní, declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO em 1984.
Seu nome é em homenagem a Ignácio de Loyola, religioso católico que fundou a redução indígena. A atração principal é a Igreja construida em estilo romano, uma grande curiosidade desta igreja é que na porta de entrada podem ser observado dois anjos, um de cada lado, um olhando para onde nasce o sol e o outro para onde o sol se põe. Outro detalhe curioso é uma "figueira" cobrindo uma parte das ruínas, a raiz de tem a forma de uma mulher e toda uma coluna envolvida pela figueira, chamada pelos nativos como "arvore do coração de pedra".


POSADAS
Posadas é uma cidade da Argentina, capital da província de Misiones e capital do departamento Capital.
A cidade de Posadas constitui o nodo central estratégico da província de Misiones, é a principal cidade da área metropolitana conhecida como Grande Posadas. Sua localização geográfica e a história da província transformaram Posadas no centro administrativo, comercial e cultural da região. Localizada às margens do rio Paraná, ao sudoeste da província. Conta com 324 km² de superfície com una população estimada em 2009 pelo INDEC de 368.670 habitantes gerando uma densidade de 1137 habitantes por km². Conjuntamente com os municípios de Garupa, Fachinal e Candelária conforma o conglomerado urbano conhecido como Grande Posadas. A Ponte Internacional San Roque González de Santa Cruz, a une com a cidade de Encarnación (Paraguai) e estabeleceu um nexo de elevada dinâmica comercial e turística. Assim a cidade tem se convertido na porta de entrada e saída para as comunicações, especialmente para os habitantes de toda a região que inclui a Argentina, o Brasil e o Paraguai. A primeira facção do Motoclube BR-116 representada pelo integrante e lider da facção Vecino.

Ruta 12 – PROVINCIA DE CORRIENTES



CORRIENTES
Corrientes é uma cidade Argentina da província de Corrientes.Capital da provincia do mesmo nome fundada em 3 de abril de 1588 por Juan Torres de Vera y Aragón com uma população de 268.080 habitantes separada da capital da província de Chaco pelo rio Paraná. È uma das mais antigas cidades da Argentina e principal rota terrestre tomada a centenas de anos por conquistadores e missionários. Possui infra-estrutura turistica muito boa, mantém um estilo urbano e arquitetônico do passado aos mais modernos. Seus museus e igrejas estão repletos de histórias, reliquias culturais e religião.

Ruta 16 – PROVINCIA DE CHACO
Após CORRIENTES, passar pelas cidades PT TIROL, MAKALLÉ, PRES. DE LA PLAZA, MACHAGAI, QUITILIPI, PRES. ROQUE SAEZ PEÑA, PAMPA DEL INFERNO, LOS FRENTONES.

Ruta 16 – PROVINCIA DE SANTIAGO DEL ESTERO
Ainda na Ruta 16 passar pelas cidades PAMPA DE LOS GUANACOS, LOS PIRIPINTOS, EL CABURÉ, MONTE QUEMADO, URUTAÚ, TACO POZO (província de Chaco).

Ruta 34 – PROVINCIA DE SALTA
Continuando na Ruta 16 passar pelas cidades de TOLLOCHE, EL QUEBRACHAL, JOAQUIN V. GONZALEZ, EL TUNAL, EL GALPON, ESTECO e após a cidade de ESTECO entrar na RUTA 34. Na RUTA 34 passar por RIO PIEDRAS, JURAMENTO E PALOMITAS, depois seguir pela Ruta 09 passando pelas cidade de CABEZA DE BUEY E SALTA.

SALTA
É uma das mais importantes cidades do noroeste do país. Esta localizada ao leste da cordilheira dos Andes, no fértil Vale de Lerma, a cerca de 1 187 m acima do nível do mar. Nas últimas décadas a área urbana estendeu-se até alcançar localidades vizinhas, compondo a região que se denomina Grande Salta. Sua localização geográfica é estratégica para as comunicações com a Bolívia e o norte do Chile. É também centro de uma importante região agrícola (principalmente na produção de grãos). Tem um aeroporto internacional General Martín Miguel de Güemes. Famosa por sua arquitetura colonial, em anos recentes se converteu em um importante centro de turismo. Por seus atrativos recebeu o apelido de Salta, la Linda ("Salta, a linda"). De acordo com os estudiosos, a palavra salta foi produto de uma deformação da palavra aimará (os indígenas originais) sagta, que significa la hermosa ("a formosa"), e por fim finalmente permaneceu "Salta, a formosa" ou "linda", como se diz atualmente.

Ruta 51 – PROVINCIA DE SALTA
Saindo de Salta ainda por um pequeno trecho na Ruta 09 entrar a direita em Grl ALVARADO na Ruta 51 em direção a CAMPO QUIJANO, CHORRILOS até SAN SALVADOR DE JUJUY.

Ruta 74 - PROVINCIA DE JUJUY - SAN SALVADOR DE JUJUY

San Salvador de Jujuy, cidade ao noroeste da Argentina, é a capital da província de Jujuy. Tinha uma população de 237.751 habitantes, segundo o Censo 2001. A cidade está situada próximo à porção sul do cânion da Quebrada de Humahuaca, numa região onde montanhas cobertas de florestas se encontram com terrenos mais baixos. San Salvador funciona como um centro econômico e cultural regional. Próximo à cidade são produzidos cana de açúcar, tabaco, frutas cítricas e hortaliças. A mineração de chumbo, zinco, ferro e prata também é importante para a sua econômia. A cidade foi fundada em 1593 num local estratégico, bem na rota percorrida por mulas e que unia a cidade de San Miguel de Tucumán com as minas de prata de Potosí, Bolívia. O auge de San Salvador de Jujuy ocorreu durante o período colonial, porém após a independência argentina em 1816 o status da cidade passou a ser o de apenas uma remota capital provincial. Uma típica de cidade andina. Essa é uma cidadezinha muito aconchegante, boa para dar uma parada e se aclimatar com a altitude elevada (3750m), mais adiante após a aduana Passo de Jama nos seus arredores chega-se ao ponto mais alto da travessia dos andes, a 4983m!

PUMAMARCA
Purmamarca é uma cidade do departamento Tumbaya na província de Jujuy. O povo de Purmamarca (Aymara purma deserto, significa literalmente "povo do deserto", em outra linguagem significa terras incultas, também, intocado pela mão humana, portanto, mais adequado a tradução neste linguagem é "povo da Terra Virgem" e, em quíchua "povo do leão") a 65 km de San Salvador de Jujuy , a 22 km Tilcara . Talvez a vila mais pitorescas e encantadoras da Quebrada de Humahuaca, a ampla Purmamarca Gorge , se assemelha a uma grande frente a Vale do Rio Grande. Os seus enormes Cactos são típicos do eco-sistema da serra e são uma característica da região. Partindo de PUMAMARCA, continuar na RUTA em direção a SUSQUES.

SUSQUES
É uma aldeia atravessada por uma avenida central de cerca de 350 metros de comprimento (três blocos), o que leva a uma interessante relíquia na frente do período colonial espanhol: a capela (chamado na Igreja de Nossa Senhora de Belém Susques) e um antigo pequeno edifício construído no século XVI com adobes e único elemento de sua arquitetura, é considerado o mais antigo templo cristão na província de Jujuy, no interior deste edifício tem paredes decoradas com pinturas de pássaros e flores regionais. Os sinos foram fundidos em bronze. Nesta pequena cidade são tecidas ponchos, alguns artesanatos são feitos de pedra e cerâmica.

Ruta 52 – PROVINCIA DE JUJUY
Após a cidade de SUSQUES seguir pela Ruta 52 em direção a Aduana com o Chile. Não existe cidade até Passo de Jama (aduana AR/CH), passar por diversos desertos de sal, entre eles o Salar de Olaroz, um pequeno trajeto na ruta 70 depois na ruta 52 novamente o Salar de Jama. Nesta região começamos a sentir a altitude, falta de ar, dores de cabeça, reflexo extremamente lento, pouca força, muito mal estar, a motoca que for carburada começa a sentir também, uma grande dica é fechar a torneirinha da gasolina, ou seja conforme for subindo na cordilheira, você deve ir fechando a passagem da gasolina, procurando a mistura idel (arxgasolina), manter a moto em baixo giro aproximadamente 3.000 a 3.500 rpm, evite acelerações fortes que você supera tranquilamente os 5.000 mts que lhe aguardam mais adiante. Sempre manter a ruta 52 até a Aduana com o Chile.

SALINAS GRANDES - MINAS DE SAL - SALAR

Após Susques, ainda na RUTA 52, com suas intensas curvas e lindo visual, chega-se ao deserto de sal, uma mina chamada "GUAYATAIOC III", beira a ruta, você pode entrar e conhecer o SALAR, é possivel também rodar com a motocicleta por cima do sal, uma experiência incrivel, artesãos locais fazem verdadeiras obras de artes em pedras você pode comprar recuerdos. O deserto de Sal esta sobre uma camada de água, isso mesmo, embaixo do salar, água... muita água!
Lembre-se de usar óculos escuros, por causa do sol que reflete no sal!! Um super passeio imperdivel e de graça!!!


PASO DE JAMA – ADUANA ARGENTINA/CHILE
Na imensidade, esplendor, claro céu azul, ar puro do altiplano, tapete pardo aonde vagam vicunhas e guanacos; onde, vigilante desde o alto e majestoso condor, ave sagrada da região, domina o horizonte. A paisagem de beleza irreal plena de magia e cor, convidam para reencontrar-se com o passado, que permite seguir descobrindo nessa estranha solidão, em cada povoado milenar, o mistério do tempo.
Na aduana, depois de toda burocracia entrar no Chile em direção ao DESERTO DE ATACAMA!! Frio, muito frio e tempestades de areia são muito comuns em direção a San Pedro do Atacama... Esteja preparado!
Próximo destino CHILE – SAN PEDRO DE ATACAMA E SEUS ARREDORES.


PRINCIPAIS FOTOS DA ARGENTINA


CLICK AQUI PARA MAIS FOTOS DA ARGENTINA


MAPAS DA ARGENTINA























_________________________________________________________________________________________________________________________________
CHILE - REPÚBLICA DO CHILE 
Chile, oficialmente República do Chile (em espanhol: República de Chile), é um país da América do Sul que ocupa uma longa e estreita faixa costeira encravada entre a cordilheira dos Andes e o oceano Pacífico. É um dos dois únicos países da América do Sul que não tem uma fronteira comum com o Brasil, além do Equador. O Chile possui um território incomum, o que lhe dá um clima muito variado, indo do deserto mais seco do mundo - o Atacama - no norte do país, um clima mediterrâneo no centro, até um clima alpino propenso a neve ao sul, com geleiras, fiordes e lagos. O deserto do norte chileno contém uma grande riqueza mineral, principalmente de cobre. Atualmente, o Chile é um dos países mais estáveis e prósperos da América do Sul. Dentro do contexto maior da América Latina, é o melhor em termos de desenvolvimento humano, competitividade, qualidade de vida, estabilidade política, globalização, liberdade econômica, baixa percepção de corrupção e índices comparativamente baixos de pobreza. Também é elevado o nível regional de liberdade de imprensa e de desenvolvimento democrático. Sua posição como país mais rico da região (empatado com o México), em termos de produto interno bruto per capita.A capital é a cidade de Santiago, Linga Oficial é o ESPANHOL, a moeda é o PESO CHILENO (CLP). Código da internet . cl, código de telefone +56.

CHILE - Embaixada do Brasil em SANTIAGO
Endereço: Calle Alonso Ovalle, 1665 - Centro
Santiago – Chile
Telefone: (00xx562) 698-2347 / 2348 / 2486 / 2487
Fax: (00xx562) 671-5961
Email: embrasil@brasembsantiago.cl
Site: http://www.embajadadebrasil.cl/

FERIADOS
01/01 - Ano Novo.
06/01 - Dia de Reis ou Epifania.
Março ou Abril - Sexta-feira Santa e Páscoa.
01/05 - Dia Internacional do Trabalho.
21/05 – Dia das Glórias Navais.
29/06 - Dia de São Pedro e São Paulo.
16/07 – Dia da Virgem do Carmo.
15/08 – Assunção de Nossa Senhora.
18/09 – Primeira Junta Nacional de Governo.
19/09 – dia das Glórias do Exército.
12/10 - Descobrimento dos Mundos.
31/10 – Dia das isilias evangélicas e Protestantes.
01/11 – Dia de todos os Santos.
08/12 - Imaculada Conceição de Maria.
25/12 - Natal.

BRASÃO - MODELO DO DINHEIRO (PESO CHILENO)

















ROTEIRO COMPLETO(percorrer aproximadamente 1.700 km)
1. PASSO DE JAMA (ADUANA CHILE/ARGENTINA)
2. RESERVA NACIONAL LOS FLAMINCOS
3. SAN PEDRO DE ATACAMA
4. VALLE DE LA LUNNA
5. ALDEA DE TULOR
6. BAÑOS DE PURITAMA
7. GEISER EL TATIO
8. CASPANA
9. CALAMA
10. CHUQUICAMATA (MINA DE COBRE)
11. TOCOPILLA
12. IQUIQUE
13. BAQUEDANO
14. HUARA
15. TILLIVICHE
16. TANA
17. CUYA
18. ARICA
19. CHACALUTTA/Po DE CONCÓRDIA (ADUANA CH/PE)

AS CIDADES DO CHILE E O QUE VISITAR
Depois de Passo de Jama/Argentina, entrar no Chile e seguir em direção a San Pedro de Atacama.
 


SAN PEDRO DE ATACAMA
San Pedro de Atacama é uma comunidade da província de El Loa, localizada na Região de Antofagasta. Localiza-se a 2.400 metros de altitude. Por ser um lugar ímpar numa região inóspita como o Atacama, é denominada de oásis de San Pedro de Atacama. Originalmente um centro de parada do deserto, origina-se a partir de sua Igreja de San Pedro, construída pelos jesuítas espanhóis no início do século XVIII. Apesar dos esforços do Governo chileno, esse local permanece ainda hoje como um lugarejo bem aprazível no deserto do Atacama. Foi o principal centro da cultura atacamenha, e atualmente é um grande centro turístico no Atacama. Pontos turísticos:
• Museu arqueológico Padre Le Paige rico em cerâmica atacamenha, múmias, tecidos, e objetos religiosos, etc..
• Igreja de San Pedro do início do século XVI, uma bonita contrução legada pelos antigos colonizadores espanhóis.
• Centro artesanal de San Pedro do Atacama.

VALLE DE LA LUNA
Valle de la Luna (Vale da Lua) é um paraíso natural, localizado em pleno Deserto do Atacama. Possui uma grande quantidade de iguanas de origem africana trazidas pelos escravos na época em que os espanhóis os traziam para o Chile. Localizado em um vale de origem vulcânico, o local, mais parece um vale lunar com uma rara beleza e um variado número de espécime animal e vegetal, se comparado com o resto do Atacama. Não se pode deixar de visitar também o caminho do tesouro perdido e a gruta "El Azzi". Assistir ao pôr do sol no alto das rochas é passeio obrigatório, prepare-se para uma boa caminhada no meio das rochas até o cume, é um momento impressionante de rara e única beleza.

ALDEA DE TULOR
Situada a 10 Km do sudoeste de San Pedro de Atacama, entre a emblemática Cordilheira de Sal e as dunas de areia, se localiza a Aldea de Tulor, um antiqüíssimo conjunto habitacional reconhecido em 1956 pelo sacerdote jesuíta Gustavo Lê Paige. A aldeia é composta por uma série de estruturas circulares interconectadas entre si e possuem diversas funções de acordo com as atividades cotidianas que se desenrolam no seu interior. Foi construída sobre solo argiloso e foi sepultada pelo avanço do deserto. Tulor tem um quilômetro de comprimento, compreendendo cerca de 10 locais com vestígios arquitetônicos e vários setores de alfarería fragmentada, são 5.600 metros quadrados de construções de barro em 22 recintos circulares ao redor dos quais foi construído um sistema de muralhas. É o primeiro registro histórico de um assentamento humano na zona norte do Chile, e um dos sítios arqueológicos mais antigos descobertos neste país, cuja arquitetura se assemelha com as culturas pré-colombianas dos Andes.

RESERVA NACIONAL LOS FLAMENCOS
Esta reserva foi criada em 1990 e é dividida em setores localizados no município de San Pedro de Atacama. Cada setor tem uma geografia, flora, fauna e hidrografia diferente. São eles: Salar de Tara; Salar de Pujsa; Miscanti – Miñiques; Soncor e Quelana.

LAGUNA CEJAR
Laguna Cejar e Tembinguinche. Laguna Cejar é uma laguna salgada com formações muito bonitas e nadando nela, tem-se a mesma sensação de estar nadando no Mar Morto na Europa, devido a alta concentração de sal, ou seja, por mais que se tente, é impossível afundar. A primeira lagoa é a Laguna Cejar de cor esmeralda e margens cristalizadas pelo sal.
É permito banhar-se na lagoa, assim você poderá sentir o efeito gravitacional produzido pela quantidade de sal condensado; o corpo flutua facilmente e provoca um grande relaxamento. Aconselha-se a não andar sem sapatos, pois as margens têm crostas de sal bem afiadas que podem cortar a pele facilmente. Também é necessário levar garrafões de água para tirar o sal do corpo, depois do banho. No período do inverno impossivel entrar na água pela baixa temperatura, no verão a temperatura da água é agradável e suportável, procure realizar este passeio e entrar na lagoa por volta das 15 horas assim a água estara mais aquecida por causa do sol. Não esquecer de levar garrafões de água para tomar banho.

TOCONAO


Toconao localiza-se no Deserto de Atacama, no Chile. É uma região curiosa, o povo da Pedra Branca está situado no limite oriental do Salar de Atacama, a 38 Km de San Pedro de Atacama. Sua altura alcança 2.485 metros. Sua população vive da exportação de pêras, damascos, ameixas, entre outros. Atualmente Toconao tem se convertido em um centro artesanal que produz importantes esculturas em pedras vulcânicas. Ao redor de Toconao, se encontram as crateras de pedra vulcânica e a “Quebrada del Jerez”, uma preciosa e profunda quebrada regada pelo Rio Toconao. Possui casas construídas com pedras quase em sua totalidade. A construção é sempre quadrada e as pedras dispostas de uma maneira que resultam em uma assimetria completa. Os trechos no interior são de bastões, colocados muito juntos sobre troncos de árvores rusticamente polidos. Toconao também se destaca pela Torre Campanário de sua Igreja construída em três corpos de barro e pedra com sua cúpula de madeira de cactos, que entrega à praça do povo um grande valor estético e arquitetônico.

LAGUNA CHAXA
Em San Pedro de Atacama (Chile), na Comunidade Atacamenha de Tocano, se localiza a Laguna Chaxa - Sector Soncor, onde fica a Reserva Nacional "Los Flamencos". “Soncor” é um sistema de lagoas e vales férteis situados na parte oriental do Salar de Atacama a uma distância aproximada de 62 Km de San Pedro de Atacama e a 24 Km do povoado de Toconao, no Chile. O Salar de Atacama é estimado em 2.300 metros de altitude. Na sua superfície é possível observar crostas de sal, que são geradas pela constante acumulação de cristais produzidos pela evaporação das águas subterrâneas de intensa carga salina. Esses processos de evaporação resultam em diversos contrastes.
Algumas atrações turísticas da Região: Valle de Jere; Cantera de Piedra Liparita; Iglesia y Campanário; Sector Vilaco e Campanha; Laguna Chaxas e Soncor; Sector Tambillo.

PUKARÁ DE QUITOR
Pukara de Quitor, uma fortificação perto de San Pedro de Atacama, onde os atacamenhos se defenderam dos Incas e depois os Incas se defenderam por vinte anos dos espanhois.

BAÑOS DE PURITAMA
Puritama Los Baños, um nome indígena significa "água quente", está no deserto, um pouco mais de 30 quilômetros ao norte de San Pedro de Atacama, a 3.475 metros acima do nível do mar. Essas nascentes são conhecidas há séculos pelos moradores, mas apenas alguns anos atrás foram aberto ao público e turismo, para que ainda conservam a sua pureza e encanto. Rodeado pelo deserto, Baños de Puritama possui confortáveis instalações adequadas para o descanso dos viajantes que querem desfrutar da natureza e da paisagem deslumbrante do deserto. A área em torno das Termas de Puritama é mundialmente famosa por seus sítios arqueológicos.

GÊISER EL TATIO
El Tátio (gêiseres), a 4.300 metros de altitude aos pés do vulcão Tatio, esse campo geotérmico é uma das principais atrações do país. Todos os dias, ao amanhecer, afloram violentos jatos de vapor desde os poços de água fervente. O conjunto formado pelo colorido do solo, o céu limpo e as colunas de até 6 metros de vapor é de rara beleza. El Tatio é uma das mais encantadoras paisagens da Região II, emerge à superfície através de fendas da casca terrestre, atingindo uma temperatura de 85ºC, esta localizado a 90 km de San Pedro do Atacama. Recomenda-se sair de madrugada aproximadamente as 3h. é necessário levar roupas quentes porque a temperatura pode cair abaixo de zero. O centro da região mais ativa de El Tatio está localizado a 22º20'00s / 68º00'39w. Observe a sunga congelada após nadar em uma lagoa de água quente com aproximadamente 28º positivos, enquanto que na superficie a temperatura estava a -17º negativos, a sunga congelou em menos de 5 minutos. Entrar na lagoa é uma delicia o duro é sair!!

CASPANA
Caspana é uma região de muita história. Em um dos afluentes do Rio Loa se situa o povo de Caspana, a 3.264 metros, na II Região, província de El Loa, a 96 Km ao nordeste da cidade de Calama. Toda a zona tem um piso de relevo vulcânico, o que tem sido prejudicado com o passar do tempo, formando quebradas que baixam desde os cumes. O solo vulcânico permite uma vegetação escassa, definida como xerófila do reino floral andino, basicamente composta por gramíneas, e algumas comunidades de arbustos. A partir de 1977 Caspana começou um forte desenvolvimento em sua infra-estrutura, com a construção de una escola onde existem, aproximadamente, 160 alunos matriculados, provenientes dos povos de Toconce, Cupo, Ayquina, Lasana e San Francisco de Chiu-Chiu. Na atualidade, Caspana conta com um museu de 312 metros quadrados onde se pode apreciar o material arqueológico proveniente do mesmo povo. Sendo Caspana uma área de grande valor arqueológico, se encontram vários assentamentos pré-hispânicos em um raio de 14 Km. Ao longo do Rio Caspana, em Cablor e Pila, estão os sítios mais recentemente conhecidos até hoje.

LAGUNA CHIU CHIU
Em direção a Calama, no meio do deserto, existe a laguna Chiu Chiu (22º20'20s / 68º35'59w). Ela é um perfeito círculo, com 150 m de diâmetro, cujo fundo nunca foi alcançado. O nevado ao fundo é o Vulcão Paniri. Segundo a lenda, a linda princesa Inca Coya, amada de Atahualpa, por uma traição, jogou-se no lago com seu filho. As águas assumiram a cor dos olhos da princesa. Com o mesmo nome da laguna da princesa Coya, encontramos o pueblo de Chiu Chiu.

PUKARA DE LASANA
A partir de Chiu Chiu, seguindo em direção ao norte pelo vale do rio Loa encontramos o pukara de Lasana, no pueblo de mesmo nome. O forte ou pukará de Lasana é um labirinto gigante com diferentes níveis. É uma fortaleza do século XII, muito conservador, destacam-se mais de 100 edifícios construídos em pedra, situado sobre uma falésia contra o rio e muralhas a oeste, localizada a 84 km de Calama e a uma altitude de 3305m, conhecida pelos seus sistemas de agricultura em terraços e arquitetura Inca de origem ancestrais, é o testemunho e a riqueza da cultura andina na área.

CALAMA
Chegando em Calama, quase tudo por aqui é de Cobre.
Terra do cobre e do rio Loa.
Terra da Equipe de Futebol laranja o "Cobreloa".
Calama é uma cidade oásis no meio de quilômetros de deserto silencioso e rodeada de pequenos povoados, centro da cultura Atacameña e perto dos geisers El Tatio, no deserto de Atacama.
Calama tem sua economia baseada no cobre de Chuquicamata e no turismo, pois aqui está o aeroporto mais próximo de San Pedro, com vários vôos diários para Antofagasta e Santiago.
Calama é uma cidade no Deserto de Atacama no norte do Chile.
É a capital da província de El Loa, parte da Região de Antofagasta.
Calama é uma das cidades mais secas do mundo, com precipitação média anual de apenas 5 mm.

CHUQUICAMATA
A mina de Chuquicamata é a maior mina de cobre a céu aberto do mundo e está localizada próxima a cidade de Calama em pleno deserto do Atacama no norte do Chile. A visitação da mina somente é permitido de manhã e bem cedinho. A escavação da cratera principal foi iniciada em 1882 e hoje atingi dimensões incríveis. Tem 6 quilômetros de comprimento, 4 de largura e uma profundidade de 850 metros. O mineral é retirado durante as 24 horas do dia, 7 dias por semana e o entulho retirado forma montanhas artificiais com mais de 150 metros de altura. De sua cratera saem 600 toneladas/dia de material sendo que somente 1/3 disto é de mineral. Para movimentar tanto material, é usada uma frota com 130 caminhões gigantes, cada um com 7 metros de altura. Só os pneus pesam 3 toneladas e medem mais de 3 metros. A mina de Chuqui, como é carinhosamente chamada é uma impressionante demonstração da habilidade do homem em um ambiente tão hostil como o deserto do Atacama.

TOCOPILLA
Uma cidade que está localizada sobre uma plataforma estreita, cercada pela costa. Uma porta dedicada à exportação de vários produtos, como farinha de peixe e minérios. Suas praias mais famosas são: Punta Blanca, Punta Atala e praias Conchuelas. Menos de 30 km do centro da cidade existem algumas rotas indígenas e coloniais, esta localizada a 163 km de Calama.
Atrações Turísticas: Museus de Arqueologia e Tocopilla, Municipal de Museus de Antropologia.
A Casa do Ex-Administrador, Antigo Hudswell Locomotiva Diesel Clark, Igreja Paroquial, Parque Loa, Torre do Relógio. Caleta El Loa: Esta praia está localizada 90 km ao norte de Tocopilla, uma rota alternativa para Iquique. Esta praia é ideal para a pesca e você pode chegar lá por uma estrada asfaltada. Caleta Punta Arenas: Fica 39 km ao norte de Tocopilla. É apropriado para a pesca e você pode chegar lá por uma estrada de cascalho.

IQUIQUE
Iquique é uma comuna da província de Iquique, localizada na Região de Tarapacá, Chile. Possui uma área de 2.262,4 km² e uma população de 166.204 habitantes (2002). Iquique é capital da província de Iquique e da Região de Tarapacá. Pertenceu ao Peru até 1883, quando foi dado ao Chile pelo Tratado de Ancón após a Guerra do Pacífico. Iquique se destaca por seus Monumentos Nacionais e suas praias. Entre as mais belas se encontram: Primeras Piedras, Brava, Cavancha e Huayquique. A cidade é muito frequentada por turistas atraídos, além das praias, pelos Cassinos, Museu Regional, Naval e Antropológico, assim como pelos edifícios históricos, como o Palácio Astoreca e o Teatro Municipal. Próximo a Iquique é possível encontrar o Parque Nacional Volcán Isluga, com abundante flora e fauna e povos de culturas ancestrais. Na foto, CHUCO PELIGRO, integrante do Motoclube CAZADORES DEL DESIERTO fomos recebidos na sede, pernoitamos por uma noite, depois partimos em direção ao Perú.

BAQUEDANO
É uma vila de 541 habitantes. Aqui você pode visitar o museu e a antiga Estação Ferroviária, Monumento Nacional. Sua importância era devido à sua localização estratégica como o local para o qual cruzou a linha ferroviária do Norte. .
A cidade é também um Museografia Câmara, onde os moradores têm a história do local através de histórias e artigos, fornecer informações turísticas e presentes.

HUARA

Coordenadas 19° 59′ 0″ S, 69° 47′ 0″ W
Está localizado entre as cidades de Iquique e Arica , sendo atravessada pela rodovia Panamericana . Ele inclui as cidades de Pisagua e San Lorenzo de Tarapacá.
Na foto vemos o Gigante do Atacama.

ARICA

Arica é uma cidade portuária esta localizada a apenas 18 km (11 milhas) ao sul da fronteira com o Peru. Entre as atrações estão o Morro de Arica, a praça "fundadores" (para o centro cívico da cidade), a Catedral de San Marcos de Arica, a antiga casa do Governador, a Casa da Cultura, Estação Ferroviária Arica-La Paz , o Museu de Arqueologia e Antropologia de San Miguel de Azapa,onde se encontram as múmias mais antigas do mundo(múmias de Chinchorro)e várias informações sobre os povos antigos da região. Foi uma importante região durante a Guerra do Pacífico, que anteriormente pertencia a Peru. Na cidade de Arica se encontra o estádio Carlos Dittborn, palco de jogos da Copa do Mundo de 1962, onde o Brasil foi bi-campeão mundial.Para entretenimento noturno, há o Cassino de Arica, são mais de 20 km de praias. Arica tem uma infra-estrutura excelente para receber o turista, com muitos bares restaurantes e hospedagens, Arica esta na Rota Bolívia-Peru-Chile.

PASO CONCÓRDIA – ADUANA CHILE/PERÚ

Na aduana, depois de toda burocracia entrar no Perú

PRINCIPAIS FOTOS DO CHILE


MAPAS DO CHILE


























____________________________________________________________________________________________________________________________
PERU - REPÚBLICA DEL PERU
Peru, (quéchua: Piruw; aimará: Piruw, oficialmente chamado de la República del Peru), é um país latino-americano limitado ao norte pelo Equador e pela Colômbia, a leste pelo Brasil e pela Bolívia e ao sul pelo Chile. O seu litoral é banhado pelo Oceano Pacífico. O território peruano abrigou a civilização de Caral, uma das mais antigas do mundo, bem como o império Inca, considerado o maior Estado da América pré-colombiana. O Peru é uma república presidencialista democrática dividida em 25 regiões. A sua geografia é variada, exibindo desde planícies áridas, da costa do Pacífico, aos picos nevados, dos Andes, e à floresta amazônica, característica que proporciona a este país diversos recursos naturais. As principais atividades econômicas incluem a agricultura, a pesca, a exploração mineral e a manufatura de produtos têxteis. A população peruana, estimada em 28 milhões, é de origem multiétnica e possui um alto grau de mestiçagem, incluindo ameríndios, europeus, africanos e asiáticos. O país é considerado nação em desenvolvimento e possui um nível de pobreza de 44%. O idioma oficial é o espanhol, ainda que um número significativo de peruanos fale quechua e outras línguas nativas. A mistura de tradições culturais produziu uma diversidade de expressões nas artes, na culinária, na literatura e na música. A moeda oficial é o Nuevo Sol (Pen)e o código da internet: .pe.



PERU - Embaixada do Brasil em Lima
Endereço: Av. Jose Pardo, 850 - Miraflores - Lima – PE.
Telefone: (00xx51 1) 512-0830 - Fax: (00xx51 1) 445-2421
Email: embajada@embajadabrasil.org.pe
Site: http://www.embajadabrasil.org.pe/

FERIADOS

01/01 - Ano Novo.
Março ou Abril - Sexta-feira Santa.
01/05 - Dia Internacional do Trabalho.
Maio – Segundo domingo de maio - Dia das Mães.
07/06 - Dia da Bandeira.
Junho – Terceiro domingo de Junho – dias dos Pais
28 e 29/07 – Festas Pátrias.
30/08 – Festa da padroeira do Perú.
08/10 –Combate Naval de Angamos.
01/11 – Dia de todos os Santos.
02/11 – Dia dos fiéis Defuntos - Finados
08/12 - Imaculada Conceição de Maria.
25/12 - Natal.

BRASÃO - MODELO DO DINHEIRO





















ROTEIRO COMPLETO(percorrer aproximadamente 3700km)
1. CONCÓRDIA (Ruta 1S)
2. TACNA
3. RUTA 36 depois RESERVA AYMARA LUPACA
4. DESAGUADERO (Ruta 32)
5. ZEPITA
6. JULI
7. ILAVE
8. PUNO
9. LAGO TITICACA
10. JULIACA
11. CALAPUJA
12. PUCARÁ
13. AYAVIRÍ (Ruta 3S)
14. SANTA ROSA
15. SICUANI (Ruta 3S)
16. COMBAPATA
17. QUIQUIJANA
18. CUZCO
19. OLLAMTAYTAMBO
20. MACHU PICCHU
21. CUZCO
22. LIMATAMBO (Ruta 3S)
23. ABANCAY (Ruta 3S)
24. ANDAHUAYLAS
25. entrar a esquerda sentido PUQUIO
26. PAMPACHIRI
27. PUQUIO
28. NAZCA
29. ICA
30. CHINCHA ALTA (Ruta 1S)
31. LIMA
32. CALLAO
33. HUACHO
34. CHIMBOTE
35. TRUJILLO
36. CHICLAYO
37. PIURA
38. SULLANA
39. TAMBO GRANDE
40. LAS LOMAS
41. SUYO
42. MACARÁ
43. ADUANA COM O EQUADOR

CIDADES DO PERU E O QUE VISITAR

ADUANA CHILE/PERU
Saindo da cidade de Arica/CH seguir em direção ao Perú pela rodovia Transpanamericana e atravessar a Aduana Chile/Peru entrar na Ruta 1S em direção a cidade de TACNA.

TACNA (552 mts)Tacna fica no extremo sul do Peru, a apenas 52 km da fronteira com o Chile, após a cidade de CONCÓRDIA e a mais de mil quilômetros da capital LIMA (precisamente 1293 km). É capital do departamento de Tacna e da província de Tacna. Tem cerca de 280 mil habitantes. O clima em TACNA é seco, tanto que o Rio Caplina, que corta a cidade, vem da palavra indígena Kapallina ("aquele que se acaba e não chega ao mar). Saindo de TACNA seguir na RUTA 36 passar pela RESERVA AYMARA LUPACA em direção a cidade de DESAGUADERO(aduana com a BOLIVIA) as beiras do LAGO TITICACA.

DESAGUADERO (3.827 mts)
O povoado de desaguadero, na fronteira entre Peru e Bolívia, é a síntese da miséria que os latinos herdaram da colonização espanhola. A pequena cidade, onde tem início o rio Homônimo, sangradouro do Lago Titicaca, é um amontoado de pequenos casebres, construídos por um povo que luta apenas para sobrevivereram. A recepção no povoado teve um clima de faroeste. Não havia quase ninguém nas ruas, exceto alguns cachorros, e as poucas pessoas que caminhavam apressadas usavam toucas e nos olhavam desconfiadas. Parecia que escondiam algum segredo irrevelável. O frio é intenso, pois Desaguadero fica em uma parte alta,impossível passar incólume pela pobreza de Desaguadero. Desde que deixei Guarulhos, foi a primeira vez que tive contato real com a miséria. Isso deixa lições que ficam para sempre, e ao mesmo tempo traz um sentimento de tristeza e impotência.

PUNO (3.830 mts)
Puno esta localizada as bordas do Lago Titicaca, é uma cidade maravilhosa por causa do seu magnetismo que parece pular das colinas e do lago. Esta região do Peru é célebre por causa da sua variedade e o colorido de seu folclore. È a cidade das ilhas flutuantes, chamadas UROS, são ilhas feitas de totora um vegetal da região. Na atualidade, Puno, a capital do departamento do mesmo nome, é uma área importante por causa do desenvolvimento dos setores agrícola e gado, principalmente dos camélidos sul-americanos. (lhama e alpacas) os quais pastam nos seus imensos planaltos e pampas. Programar para o passeio no lago Titicaca. Nas proximidades de Puno, existe uma zona arqueológica chamada Sillustani, onde se encontram Chullpas ou torres funerárias de forma circular que serviam como tumbas na época pré-Inca, de pessoas ligadas a nobreza.

LAGO TITICACA (3.821 mts)
O Lago Titicaca, com cerca de 8300 km² e situando-se a 3821m acima do nível do mar, é o lago comercialmente navegável mais alto do mundo e o segundo em extensão da América Latina, superado apenas pelo Lago de Maracaibo, na Venezuela. Localizado no altiplano dos Andes, na fronteira do Peru e da Bolívia, tem uma profundidade média de 140 a 180 m, e uma profundidade máxima de 280 m. Mais de 25 rios desaguam no lago Titicaca, e o lago tem 41 ilhas, algumas densamente povoadas. O Titicaca é interessante pela população vivendo nos Uros, mais de 200 ilhas artificiais. Essas ilhas tornaram-se uma grande atração turística no Peru. Os seus habitantes são conhecidos pelos seus produtos artesanais e têxteis feitos a mão, considerados entre as manufaturas de melhor qualidade do Peru. A origem do nome Titicaca é desconhecida; foi traduzido como "Pedra do Puma", combinando palavras da língua local Quíchua e Aimará. Localmente, o lago é conhecido sob diversos nomes.

RUTA 3S (entre 3.800 mts á 4.000 mts)
Saindo de PUNO seguir em direção a cidade de JULIACA 3825 mts pela Ruta 3S.
Depois de JULIACA passar pelas cidades de CALAPUJA, CARACARA, PUCARÁ, AYAVIRÍ, CHUQUIBAMBILLA, SANTA ROSA, MARANGANI e SICUANI(3551 mts).
Após SICUANI seguir em direção a CUZCO, passar pelas cidades SAN PABLO, COMBAPATA, CUSIPATA, QUIQUIJAMA, URCOS, OROPESA e finalmente CUZCO.

CUZCO (3.400 mts)
Cusco (em espanhol Cuzco ou Cusco, em quíchua Qosqo ou Qusqu) é uma cidade situada no sudeste do Vale de Huatanay ou Vale Sagrado dos Incas, na região dos Andes, com população de 300.000 habitantes. É a capital do departamento de Cusco e da província de Cusco. Cusco é uma cidade muito alta (com 3400 metros altitude). Seu nome significa "umbigo", no idioma quíchua. Era o mais importante centro administrativo e cultural do Tahuantinsuyu, ou Império Inca. As paredes de granito do palácio inca ainda estão lá, bem como monumentos como o Korikancha, ou Templo do Sol. A maioria dos edifícios construídos é de influência espanhola com uma mistura de arquitetura inca, inclusive a igreja de Santa Clara e San Blas. De forma interessante, o grande terremoto de 1950, destruindo uma construção de padres dominicanos, expôs que esta fora erigida em cima do Templo do Sol, que curiosamente resistiu firmemente ao terremoto.Outros exemplos da arquitetura inca são: a fortaleza de Machu Picchu que se situa no final da Estrada Inca, a fortaleza Ollantaytambo, e a fortaleza de Sacsayhuaman que fica aproximadamente a dois quilômetros de Cusco. A cidade conta com boa infraestrutura para o turista, desde hotéis de luxo até albergues para mochileiros. É possível encontrar bons hotéis para mochileiros por U$14,00 ou U$5,00]. Restaurantes também para atender todos os públicos, com preços razoáveis. Para chegar a Machu Picchu a viagem de trem leva três a quatro horas, até chegar ao povoado de Águas Calientes. Neste local há micro-ônibus frequentes, que levam cerca de 30 minutos para chegar a Machu Picchu, pela rodovia Hiram Bingham (que sobe a encosta do cerro Machu Picchu desde a estação ferroviária "Puente Ruinas", localizada no fundo do canion. A mencionada rodovia, porém, não está integrada à rede nacional de rodovias do Peru. Nasce no povoado de Águas Calientes que por sua vez só é acessível por ferrovia. A ausência de uma rodovia direta a Machu Picchu é intencional e permite controlar o fluxo de visitantes à região, por ser uma reserva nacional. O custo aproximado de todo passeio Trem e Micro-ônibus de 200 dólares.

OLLANTAYTAMBO (2792 mts)
Ollantaytambo ou Ullantaytanpu é uma obra monumental da arquitetura incaica. É a única cidade da era inca no Peru ainda habitada. Em seus palácios vivem os descendentes das casas nobres cusquenhas. Os pátios mantêm sua arquitetura original. Esta cidade constituiu um complexo militar, religioso, administrativo e agrícola. A entrada é feita pela porta chamada Punku-punku. As ruas retas, estreitas e pitorescas hoje formam quinze grupos de casas localizadas ao norte da praça principal da cidade, que constituem em si um verdadeiro legado histórico. Algumas casas da época tipo colonial estão construídas sobre belos muros incaicos polidos com esmero. Os tons da pedra são alegres, de uma cor de flor petrificada, rosa escuro. Na praça principal um grande bloco de perfeitas arestas encaixa em uma dupla fileira seus quinze ângulos de estrela terrestre. Nesta cidade você consegue também chegar a Macchu Picchu através de trem com o preço extremamente mais acessível, esta localizada a um pouco mais de 100km de CUZCO. Todos os dias partem Vans (micro-ônibus) da cidade de Cuzco para Ollamtaytambo e vice-versa a preços populares.

ÁGUAS CALIENTES (3.450 mts)
Águas Calientes é um povoado onde ficam as pousadas, restaurantes e serviços utilizados pelos viajantes que vêm visitar Machu Picchu. Localizada em um vale 450 metros abaixo da cidade Inca, a cidade é pequena, suas ruas são estreitas e em muitos casos íngremes. Aguas Calientes às vezes é chamado de "Machupicchu Pueblo" e o nome "Aguas Calientes" se deve a existência no local de uma fonte de águas quentes que podem ser desfrutadas pelos visitantes nos "Bãnos Termales" situado na parte alta da cidade. Caminhadas pela região são um ótimo programa, principalmente seguindo-se o Rio Vilcanota que margeia a cidade e corre no fundo de um vale maravilhoso. Para chegar à cidade só existem 3 possibilidades: 1ª de trem saindo de Cusco em uma viagem de aproximadamente 4 horas, 2ª também de trem porém partindo de Ollantaytambo duração de 2 horas, 3ª caminhando em trilhas por aproximadamente 4 a 5 dias.

MACHU PICCHU (2.490 mts)
Machu Picchu, que significa Pico Velho, fica situada a 2.490 metros acima do nível do mar e foi descoberta em 1911 por Hiran Binghan da Universidade de Yale (EUA). Antes desta data, no final do século XIX, já se falava na existência de uma "cidade perdida" na região e diversas pessoas diziam já ter estado nela ou a terem visto de longe. Em 1900 um fazendeiro, Agustín Lizárraga, que procurava terras agricultáveis na região relatou ter estado em Machu Picchu. As ruínas de Machu Picchu ficam situadas no alto de uma montanha e no fundo de um vale fazendo com que,para a época, o acesso à cidade fosse difícil tornando muito eficaz a tarefa de vigiar, proteger e defender o lugar de possíveis tentativas de invasão. Existe somente um caminho para se chegar à cidade e qualquer outro ponto de acesso exigiria uma escalada difícil, demorada e perigosa. O local é de uma beleza indescritível.A cidade é toda organizada em diversos setores que são: o setor urbano alto, o setor urbano baixo, o setor para extração de pedras para construção, o setor industrial, o setor agrícola, o setor real e o setor sagrado. Diversas construções podem ser encontradas em Machu Picchu como o posto da guarda, a cadeia, os depósitos de alimentos - "As Qolqas", um observatório astronômico, um local para descanso - "O Tambo", diversos templos religiosos, praças, um cemitério e as residências. O ponto mais alto da cidade fica no Huayna Picchu que significa Pico Novo. O cume desta montanha está situa-do à 2.700 metros de altitude e pode ser atingido por uma trilha bastante íngreme e precária. A caminhada até o alto é bonita, difícil e cansativa mas vale o esforço. O lugar é realmente mágico! De lá temos uma vista sober-ba da cidade de Machu Picchu e dos vales que a cercam. No alto desta montanha existem restos de uma construção que provavelmente pertencem a um templo que não chegou a ser terminado. Dizem que os Incas subiam até este local e lá ficavam meditando e fazendo orações. Machu Picchu recebe turistas do mundo todo. A infraestrutura completa para o turista está nas vizinhas cidades de Águas Calientes e Cusco, pode se preparar de grana, aqui tudo é carissimo. Você gasta uma boa grana no trem, no onibus e no santuário. Caro bem caro, a única forma de economizar é pechinchar na compra das lembranças em AGUAS CALIENTES. Mas no final acaba valendo a pena!

ABANCAY (2.378mts)

Abancay é uma cidade capital do departamento de Apurímac e da província de Abancay. Tem cerca de 55 mil habitantes. Está situada no centro-sul do Peru, às margens do rio Mariño, afluente do Pachachaca, a 2.378 m de altura.
As fontes de recursos da cidade estão nos serviços e na agricultura (cana-de-açúcar, frutas, cereais, hortaliças, alfafa, anis e batatas). Possui gado bovino, ovino e eqüino, além de lhamas e alpacas. Se você gosta de fazer curvas, a estrada de CUZCO até ABANCAY tem 300 km de curvas, é impssivel engatar a 4ª marcha. Depois de ABANCAY seguir pela RUTA 3S em direção AYACUCHO, passando pelas cidades de HUANCARAMA, ANDAHUAYLAS, outro grande desafio de curvas são mais 300 km de curvas na altitude e no frio extremo de ABANCAY até ANDAHUAYLAS. Após a cidade entrar a esquerda sentido PUQUIO, passar por PAMPACHIRI antes de chegar em PUQUIO, depois seguir em direção a NAZCA.

NAZCA
As linhas de Nazca são geóglifos de enormes dimensões localizados no deserto de Nazca, no altiplano do Peru. Criados pelo povo de Nasca entre os séculos III a.C e VIII, estes geóglifos representam centenas de figuras, incluindo imagens estilizadas de animais como macacos, beija-flores ou lagartos, traçados no solo plano do deserto, em linhas se constituem em extensas esteiras de pedras não muito grandes catadas dos arredores.A explicação da existência dessas linhas então varia desde criação por seres extraterrestres, de calendários, pura demonstração de arte e sabedoria (de um povo que tinha até complexos sistemas de aquedutos e técnicas agrícolas) ou então culto aos deuses.O curioso é que, de tão extensas que são as figuras, elas não são perceptíveis do solo, mas apenas por vistas aéreas, dando margens a cogitação das razões pelas quais foram feitas e dos efeitos que puderam causar, já que aquela civilização não possuía aeroplanos. Contudo, os índios Nazca poderiam saber produzir balões pois há um vaso, agora no museu de Lima, com uma gravura de um balão

CHAUCHILLA - CEMITÉRIO
Quando ouvimos falar em múmias, é natural associarmos ao Egipto, pois são as mais bem divulgadas da história da humanidade. No entanto, houve outras culturas que desenvolveram métodos de conservação dos corpos e utilizando técnicas diferentes. É o caso da cultura Nazca, que é mais conhecida pelas famosas linhas de Nazca. Neste cemitério são visíveis vestígios da antiga civilização que floresceu entre o século II a.C. e o século IX. Infelizmente, por ser um local a céu aberto, muito do que originalmente conteria, foi roubado e destruído. No entanto, os arqueólogos reconstruíram o que puderam e que pode hoje ser visitado.
As múmias, algumas ainda com restos de cabelo e pele, estão vestidas e foram preservadas ao longo dos séculos devido ao clima árido do deserto e a terem sido revestidas com uma espécie de verniz que possibiitou manter afastados os insectos e outros animais.

ICA
O departamento de Ica está localizado na costa sul da costa central do Peru, 306 quilómetros ao sul de Lima. A sua capital é a cidade de Ica, a 303 quilómetros de Lima, uma cidade cercada por belos vales, famosa pelas suas vinhas e de produção de vinhos de excelente qualidade. O clima é quente e seco com uma temperatura média de 27ºC no verão. Ica é o único dos departamentos da costa sul do Peru que não tem montanhas andinas no seu território apresenta um território relativamente robusto com vastos prados e alguns vales do deserto.
Em Ica são preservadas as tradições da costa peruana, o cavalo de passo peruano, cockfighting, e especialmente a música afro-peruana. Ica preserva a tradição das danças peruanas de origen africano, como o “Festejo” e do “Alcatraz”. Além da manutenção da prática da medicina tradicional

RUTA 1S
Após NAZCA e ICA, através da RUTA TRANSPANAMERICANA, seguir em direção a LIMA, passar pelas cidades de CHINCHA ALTA seguir em direção a SAN VICENTE DE CAÑETE, chegando na capital do Peru LIMA.Ficar atento, próximo a cidade muitos roubos acontecem, não vacilar com a bagagem.Chegando próximo a Lima o trânsito fica caótico, ninguem respeita ninguém. A polícia a partir de Ica é extremamente corrupta, literalmente eles arrumam "pelôs" em ovo, ande sempre com soles trocados no bolso, a contribuição é necessária, os policiais te ameaçam, falam que vão preender seus documentos e sua moto, você pergunta o que fez de errado, na maioria das vezes é excesso de velocidade, se você tiver certeza que estava dentro do limite de velocidade correto tenha calma e negocie sem pressa, não se apavore, começa com 100 dólares termina em 5 dólares!

LIMA
Lima é a capital e a maior cidade do Peru situada perto da costa do Pacífico. Igualmente foi capital do Vice-Reinado do Peru na época colonial. Lima é também a capital da província de Lima. Segundo o censo de 2007, a área metropolitana de Lima tem una população de aproximadamente de 8,5 milhões de habitantes – sendo mais de 7,6 milhões de residentes da Província de Lima –, que representa 30% da população peruana, é a maior área metropolitana do Peru, a quinta mais povoada da América Latina e uma das 30 áreas metropolitanas mais povoadas do mundo. Lima tem cerca de 8.4 milhões de habitantes (cerca de um terço da população peruana), e é o centro econômico e político do país, concentrando mais de 70% de sua indústria (as principais são as têxteis, papel, alimentos e tintas), metalurgia, construção naval e comércio. Tal crescimento foi produto principalmente do êxodo rural e migração urbana (saindo de cidades menores do país) das últimas décadas, especialmente desde os anos 50 do século XX.A Grande Lima se estende por mais de 100 km ao longo da costa, abrangendo também o porto de Callao, o principal do país, e compõe-se de 43 distritos. A modernização do comércio nos últimos anos dotou a capital peruana de funcionalidades dignas de qualquer metrópole tais como shopping centers, multinacionais, chegada de grandes marcas, locais de comércio 24 horas que funcionam todos os dias, principalmente nos bairros mais nobres. Por outro lado, a cidade sofre consideravelmente com a poluição, provocada por milhares de veículos, principalmente a frota circulante mais antiga.
PONTOS TURÍSTICOS E CULTURAIS
- Casa Museu "José Carlos Mariátegui"
- Museu "Miguel Grau"
- Museu Arqueológico
- Museu de Arte de Lima
- Centro Histórico
- Igreja das Nazarenas
- Palácio Presidencial (Casa de Pizarro)
- Catedral de Lima
- Muralha da cidade de Lima
- Balneário Punta Hermosa
- Parque "A Muralha"

RUTA 1N
Saindo de LIMA, passar por PUENTE PIEDRA, e seguir em direção da cidade de HUACHO, seguir pela RUTA 1N, passar por BARRANCA (visitar ruínas de Aspero e Chimu), PARAMONGA (ruínas), GRAMADAL, HUARMEY, LA CALETA DE CULEBRAS, chegando próximo a CASMA visitar ruínas incas(Sechín) e na cidade de PAÑAMARCA também mais ruínas, depois chegar em CHIMBOTE.

RUTA 14

Após CHIMBOTE, continuar pela RUTA 1A, passar por SANTA, GUADALUPITO até TRUJILLO.

TRUJILLO
Trujillo é uma cidade do Peru (a maior do norte do país), capital do departamento La Libertad e da província de Trujillo. Tem cerca de 747 mil habitantes. Trujillo é uma cidade do litoral norte do Perú e tem uma longa história. Nela estão ubicadas monumentos das culturas chimu e mochica principalmente. Entre estes destaca a maior cidade de barro do mundo Chan Chan. A Huaca del Sol é um templo de tijolo construído pela civilização MOCHE na costa do litoral Peruano. O templo é uma das várias ruínas encontradas nas proximidades do pico de Cerro Blanco, no deserto do litoral. A outra grande ruína no deserto é o templo Huaca de la Luna , melhor preservado, mas menor.
Visitar em TRUJILLO:
HUACA DEL SOL Y DE LA LUNA (MOCHICA PYRAMIDEN), HUACA EL DRAGÓN, HUACA LA ESMERALDA, RUINAS CHAN CHAN.

SAN PEDRO DE LlOC, PACASMAYO
A cidade era uma cidade de pescadores , esta vila está localizada no sopé do morro chamado Poémape; anos mais tarde, mudou-se duas milhas mais ao norte Poémape e era o chefe do viés Lloc que iniciou e fundou a nova cidade, que foi nomeado Lloc em homenagem ao seu fundador.
Pacasmayo ficado situado perto das três cidades mais importantes do norte do Perú. Encontra-se entre as cidades de Trujillo e Chiclayo e de Cajamarca.
Tem uma população de aproximadamente trinta mil pessoas e fica em uma baía grande.
Tem uma praia da pedra e de areia, além de um calçadão agradável com casas velhas. Perto de Pacasmayo, na baía, há farol conhecido como o “EL Faro”.

RUTA 1N - Estando na RUTA 1N, Passar por GUADALUPE, CHEPÉN, PACANGUILLA, MOCUPE até CHICLAYO.

CHICLAYO
A 200 km a Norte de TRUJILLO encontra-se a cidade de CHICLAYO, uma zona habitada em tempos remotos pelos Lambayeque, Mochicas e Chimus. A Cidade da Amizade, é uma das principais cidades do Peru, que foi fundada pelos conquistadores espanhóis, o reconhecimento oficial como uma província foi administrada por José Leonardo Ortiz. Chiclayo, devido à sua localização, serve como um ponto de interligação para várias cidades do Nordeste do país como Lima, Trujillo, Piura , Cajamarca , Chota , Cutervo , Bagua , Jaén , Chachapoyas , e Tumbes . Perto da cidade está situado o museu de Bruning, com peças de um dos maiores descobrimentos arqueológicos peruanos dos últimos anos, a Tumba Real do Senhor de Sipan. Visitar também FERREÑAFE, TUCUME, BATÁN GRANDE, MUSEUM TUMBES REALES DE SIPÁN e NATIONAL MUSEUM SCIÁN.

RUTA 1N - Após CHICLAYO, continuar na RUTA 1N, passar por LAMBAYEQUE, MORROPE até PIURA e depois SULLANA.

PIURA
Piura deriva da palavra quíchua "Pirhua", que significa estábulo ou depósito. Nos tempos antigos, Piura era uma base de abastecimento do povo Quechua. O departamento de Piura está localizado no norte do Peru. Delimitada a norte por Tumbes e da República do Equador, a leste pela República do Equador e Cajamarca , a sul por Lambayeque , na fronteira oeste do Oceano Pacífico. É chamada "Cidade Branca" pela arquitetura que ornamentam a cidade. Piura tem muitos locais e atrações na cidade você encontrará a praça mais antiga do país, em suspensão pontes que atravessavam o rio Piura, sua catedral, os seus parques, suas províncias e distritos como Catacaos, Chulucanas , Sullana, Talara , Paita, entre outras.
SULLANA
Sullana é o nome da capital da província de Sullana , lado ocidental a 38km ao norte de Piúra, Sullana tem boas ligações por estradas para o norte e para Piura ao sul, bem como no interior de Ayabaca e La Tina no Equador fronteira. Na primeira semana de Janeiro, a Feira Internacional de los Reyes é celebrada. O Poechos reservatório de 27 km da cidade oferece esportes aquáticos como esqui aquático, motonáutica, pesca e natação. Ficar atento com o abastecimento, a gasolina é dificil de encontrar, porém quanto mais se aproxima do Equador mais barato ela fica, a gasolina é vendida em galões de forma precária, o filtro é um simples pano, conforme a foto.

RUTA 1 - Depois de SULLANA, seguir pela RUTA 1 em direção de TAMBO GRANDE, depois LAS LOMAS, chegando em MACARÁ.

MACARÁ - ADUANA COM EQUADOR

Chegando em MACARÁ, seguir em direção a Aduana com o EQUADOR, a estrada é excelente, o movimento é pequeno nesta Aduana, os trâmites aduaneiros foram realizadoS com rapidez e agilidade, sem dores de cabeça.
A Fronteira entre os dois paises é feita por uma ponte sobre o Rio Macará. Existe um pequeno comércio antes da fronteira, existem policiais peruanos por todos os lados, eles fazem cara de "mau", mas quando chegamos de moto e eles ficam sabendo que somos brasileiros, tornam-se nossos melhores amigos.
Após MACARA, seguir em direção a fronteira com o EQUADOR para a cidade de LOJA.



PRINCIPAIS FOTOS DO PERU


CLICK AQUI PARA MAIS FOTOS DO PERU


MAPAS DO PERU






















________________________________________________________________________________________________________________________
EQUADOR - REPÚBLICA DEL ECUADOR
Distância a ser percorrida aproximadamente 1.500 km.
Nos pequenos frascos estão as grandes essências. Existem paisagens super distintas como praias com ares de caribe e vulcão nevado.
Lingua oficial é o ESPANHOL e a adotada do movimento indigena é o QUICHUA. http://pt.wikipedia.org/wiki/Equador
A capital do Equador foi a primeira cidade do mundo em ser tombada pela UNESCO Patrimônio da Humanidade Descobrir os encantos do Equador, as construções históricas de Quito e etc requer um certo poder aquisitivo, pois a economia do Equador, totalmente dolarizada, transformou o país num dos lugares mais baratos da América Latina. O viajante deve pensar nos gastos em dólar que terá ao chegar ao país. A antiga moeda era o SUCRE hoje esta extinta por completo. Em fevereiro de 2000, a moeda do país passou a ser o dólar norte-americano. Desde então, o Equador cunha apenas moedas de centavos de dólares, que só valem lá. O código da internet é .EC. Hora local -2h.

EQUADOR - Embaixada do Brasil em Quito:
Avenida Amazonas 1429 Y Colon Edifício España, 9º e 10º pisos Apartado Postal 231 -
Cx. Postal 17-01-231 Quito - Ecuador
Tel. (00xx5932) 2563-086 / 141 / 142
Fax.(00xx5932) 2504-468
e-mail:ebrasil@embajadadelbrasil.org.ec

site: www.embajadadelbrasil.org.ec

FERIADOS:

Jan 1st: New Year
Jan 6th: Día de Reyes y Día de los Inocentes
Feb 27th: Día del Civismo
February or March: Carnaval (lunes y martes antes de la Cuaresma)
March: Semana Santa (jueves, viernes, sábado y domingo)
May 1st: Labour Day
May 24th: Battle of Pichincha/Day of Independence
June: Corpus Christi
August 10th: Primer Grito de la Independencia
Octobre 9th: Independence of Guayaquil
October 12th: Discovery of América
November 1st: All Saints Day
November 2nd: Day of the Dead
November 3rd: Independence of Cuenca
December 6th: Foundation of Quito
December 25th: Christmas

BRASÃO DAS ARMAS - MODELO DO DINHEIRO
(a cédula oficial atual é o DÓLAR AMERICANO, antigamente utilizava-se a cédula chamada SUCRE)















ROTEIRO COMPLETO (percorrer aproximadamente 1.900 km)
1. FRONTEIRA COM O PERU
2. MACARÁ (RUTA 35)
3. CATACOCHA
4. CATAMAYO
5. LOJA
6. PUCALPA
7. CUENCA
8. AZOGUES
9. ZHUD
10. CAÑAR
11. UCULOMA
12. CHUNCHI
13. GUASUNTOS
14. ALAUSI
15. GUAMOTE
16. CAJABAMBA
17. RIOBAMBA
18. PARQUE NACIONAL SANGAY
19. BAÑOS
20. PUYO
21. AMBATO
22. LATACUNGA
23. MACHACHI
24. QUITO
25. CAYAMBE
26. OTAVALO
27. IBARRA
28. SAN GABRIEL (GRUTA DE LA PAZ)
29. TULCAN
30. FRONTEIRA COM A COLÔMBIA - IPIALES

AS CIDADES DO EQUADOR E O QUE VISITAR

MACARÁ
É uma cidade fronteriza que se localiza no limite com Peru. Uma ponte internacional que se estende sobre o rio Macará conecta este povo com o distrito peruano. Ambos povos têm um intenso movimento comercial tanto em estabelecimento formais como mediante vendedores ambulantes. Assim mesmo, tanto em Macará do lado Peruano como do lado do Equador circulam livremente o dólar estadounidense (moeda que circula em Equador) como o Sol Novo Peruano. A maneira mais fácil de troca de sóles para dólares se você estiver atravessando a fronteira para o Equador, é através da rua câmbio (Eles geralmente usam uma mala preta e calculadoras). Mas, antes de proceder à verificação da taxa com outros viajantes e tentar com vários destes rua câmbio para uma melhor taxa. A outra e mais segura opção é tentar com os bancos, ao longo da rua principal, mas é mais difícil. Ficar atento na entrada da aduana com os famosos “malandros, ladrões e cambistas de dinheiro”.

LOJA
Conhecida como CIUDAD DE LA INMACULADA CONCEPCIÓN DE LOJA, possui uma rica tradição nas artes, e por esta razão é conhecida como a capital da música do Equador. Loja é uma das mais antigas do Equador. Loja possui um clima ameno andina, com a temperatura média de 16ºC, a cidade é nebulosa de manhã e vai clareando a tarde.
A cidade está cheia de obras públicas, incluindo enormes murais de azulejos e muitas estátuas.
A catedral principal é uma obra prima do estilo colonial e esta localizada na praça central, esta catedral é uma das maiores igrejas do Equador.

CUENCA
Foi fundada por Gil Ramírez Dávalos em 1557 sobre as ruinas da cidade inca de Tomebamba. Foi tombada pela UNESCO Patrimônio da Humanidade em 2000. Hoje é uma capital cheia de cultura e arte sede da Bienal Internacional de Arte. O seu centro histórico ainda mantém o charme de épocas antigas desde as culturas Pré-colombianas até o presente. Vale a pena visitar o Museu do Banco Central de Pumapungo com uma mostra extraordinária de arqueología, etnografía, numismática e além disso, fica sobre os jardins do Inca. caminhar pela beira do rio Tomebamba admirando as casinhas penduradas. A Catedral Nova e a Catedral Velha sao surpreendentes, mesmo do que o Museu das Conceptas e o Museu de Arte Contemporânea. Conhecer Parque Nacional de Cajas a 30 km oeste de Cuenca. (altitude media de 4000m). O parque fica perto de Cuenca e, devido à altitude, é muito frio. Possui mais de 200 lagoas e diversas trilhas para caminhadas

RIOBAMBA
É a primeira capital fundada pelos espanhóis em 1534 sob o nome de Santiago de Quito. Ao longo da época colonial foi uma vila aristocrática conhecida como Vila del Vilar Don Pardo. Mas em 1797 um cataclismo destruiu a cidade inteira. No en tanto, hoje conserva em seu centro histórico importantes predios patrimoniais de muita beleza. Desde o cume da “Loma de Quito” ou Parque 21 de abril vocês tem uma vista geral da cidade. Visite o Museu do Banco Central, A Catedral, cuja fachada é de pedra vulcânica conservada inteira desde o século XVI. O Museu da Cidade oferece exposições temporarias. Vale a pena um roteiro pelas igrejas de Riobamba: a Catedral, Santo Antonio, A Basílica. O Prédio do Colégio Nacional Pedro Vicente Maldonado . Desde Riobamba tem uma vista dos vulcões Chimborazo, Altar, Carihuairazo, Sangay e desde a Estação do Trem podem pegar o trem até o famoso trecho chamado “O Nariz do Diabo”. O trem sai as 7 da manhã, vale a pena. Podemos viajar encima do trem.

BAÑOS E PUYO
Uma pequena cidade ao sul de Quito. Com menos de 20.000 habitantes a cidade fica ao pé do famoso vulcão Tungurahua, ativo e com probabilidade de entrar em erupção a qualquer momento. Baños é a segunda cidade mais populosa em Tungurahua, depois de Ambato, e o maior centro turístico. É conhecida como o "Portão para a Amazônia", por estar localizada às margens do rio Pastaza na bacia do rio Amazonas, e possuir uma recente estrada pavimentada para Puyo.É famosa por suas fontes hidrotermais de água mineral. A cidade também é um centro de perigrinação religioso católico, por acreditarem que a Virgem Maria apareceu próximo a uma cachoeira. Uma imagem da santa, chamada Virgen de Agua Santa, foi colocada na catedral.Baños é uma das mais populares atrações turísticas do Equador e é bem conhecida por suas barracas de comidas típicas onde se vende o "puxa-puxa" (em espanhol: melcocha) um tipo de bala feita com calda de açúcar, e pelos excelentes artesanatos, tão procurados pelos turistas.Em 1999 a cidade foi evacuada por se considerar o lugar perigoso, como o vulcão não se manifestou os habitantes voltaram ao local mas o vulcão continua ativo. Nos fins de semana a cidade fica movimentada com habitantes dos povoados vizinhos que vêm para ir à missa, ouvir a banda tocar na praça, comer marmelada e goiabada e passear na praça. Não só a população local mas também um grande número de turistas estrangeiros faz com que a cidade seja cheia de cafés, restaurantes, bares, agências de viagens. Uma das atrações da cidade além do vulcão é descer até Puyo ou Rio Verde parando nas cachoeiras pelo caminho. Vale a pena fazer um tour pela selva de Puyo, e,caso sobre tempo, dormir em uma das casas dos índios de palha.

AMBATO
Fundada por volta de 1535, mas destruida por um terremoto em 1949 que acabou com quase todo o seu patrimônio. No centro histórico devem visitar a Praça Montalvo e a Casa Colonial El Portal.
HOTEIS
O abaixo listados albergues são seguros e aceitáveis. As tarifas variam entre 5 e 20 dólares por quarto, por noite.
Hospedaria Señorial.- espaçosos quartos duplos e individuais com televisão por cabo, telefone e banheiro privado. Endereço: Cevallos e Quito.
Piramide Inn .- Único alcatifados e confortáveis quartos duplos com casa de banho privativa, televisão por cabo e linha telefônica. Endereço: Cevallos e Eguez.
Hospedaria La Union .- Quartos compartilhados com banhos (água quente). Endereço: Espejo e 12 de Noviembre.
Observação especial: Cerca de Parque 12 de Noviembre, existem vários "residenciales" e restaurantes (não é seguro ou recomendado).

LATACUNGA
Importante centro de produção de farinha de trigo e milho. O seu centro histórico ainda guarda os predios coloniais que tem sido preservados a través do tempo, a pesar das erupções vulcânicas do Cotopaxi. Latacunga é uma cidade do Equador, capital da Província de Cotopaxi, localiza-se perto do vulcão Cotopaxi, está a 89 km ao sul de Quito, próxima a confluência dos rios Alaques e Cutuchi onde se forma o rio Patate. Pelo censo de 2001, Latacunga tinha 51.689 habitantes, composta na maioria por mestiços e indígenas. Encontra-se a uma hora e meia de Quito pela Rodovia Pan-americana, antiga ligação entre Quito e Guayaquil. Localizada a 2,760 m acima do nível do mar. Clima frio com fortes ventos, devido à elevada altitude e a proximidade com picos nevados, o planalto na qual está assentada é estéril e coberto por pedra-pomes (rocha vulcânica de baixa densidade). O vulcão ativo Cotopaxi está só a 25 km e a cidade já foi acometida por varias erupções. Fundada em 1534, foi quatro vezes destruída por terremotos entre 1698 e 1798. As ruínas vizinhas são tidas como sendo de uma cidade datada do Império Inca.
As comidas mais populares são: torresmo (pururuca), empanadas, bananas, pipoca e o tostado (um tipo de milho assado) freqüentemente misturado com ají (pimenta andina), que dependendo de como foi preparado pode estar muito picante. O aeroporto internacional está desativado, operando somente como base da força aérea. A atividade vulcânica local produziu grandes depósitos de pedra-pomes que são explorados comercialmente assim como também a água gaseificada natural engarrafada sob a marca San Felipe. Visite a Casa dos Marqueses de Maenza e as igrejas de Sao Domingos, Sao Francisco, La Merced e Da Virgem de El Salto. Em setembro e novembro, as ruas da cidade sao o cenário da maior festa popular dos Andes centrais chamada Mama Negra. ficam os mercados indígenas de Saquisilí, Pujilí, La Victoria, Tigua e Zumbahua. o roteiro acaba na lagoa de vulcânica de Quilotoa.

QUITO – Capital, Quitenho.
Quito fica em uma altitude de 2.800 metros. Por todo lado se veêm montanhas. O roteiro começa na PLAZA GRANDE (1535). Aqui devemos ver o Monumento dedicado aos heróis que morreram em 2 de agosto de 1810 assassinados pelos espanhóis na primeiro intento de liberdade. Depois devem continuar pelo Palácio Arcebispal (1700) e seus arcos; A Casa do Prefeito (1534); o Hotel Plaza Grande (1936); O Convento de Freiras da Conceição (1575). Vale a pena tomar um tour guiado pelo Palácio de Governo (1612) e pela Catedral Primada (1535). As maravilhas continúam pela Rua García Moreno passando pela Igrejinha de El Sagrário, ao lado da catedral; O Centro Cultural Metropolitano, antigo prédio dos jesuitas construido por volta do ano 1586. A Igreja da Companhia de Jesus (1605) é maior obra prima da arquitetura colonial quitenha. A fachada foi lavrada em pedra en 1722 e o interior está coberto de ouro. O Convento de Sao Francisco é o mais antigo da América do Sul (1535) e possúi a maior coleção de Arte Sacra Quitenha da região. Também vale a pena uma visita ao Museu da Cidade e aos Conventos de Sao Domingos e Santo Agostinho. MUSEU NACIONAL DO BANCO CENTRAL: É o maior museu do país com toda a história equatoriana desde faz 11.000 anos antes de Cristo. Vale a pena a Sala Arqueológica e de Ouro. Fica nas Avenidas Patria e 6 de Diciembre na Casa da Cultura. NO CENTRO: o Museu da Cidade resgata a história de Quito por meio de documentos e cenários com bonecos de cera e objetos de época. Fora da área colonial, outro museu que merece uma visita é o Arqueológico. Nele, há cerâmicas de diversos períodos, ornamentos de ouro da época em que o país fazia parte do império inca e até uma múmia, além de informações sobre os diferentes grupos indígenas que formaram o povo equatoriano. Dados importantes, afinal, os índios e seus descendentes diretos representam quase 90% da população do país -os outros 10% são brancos e negros.
Menos interessante, porém mais divulgada, é a chamada Metade do Mundo. No local onde em 1736 a expedição científica de Charles-Marie de la Condamine sinalizou a linha que divide o mundo --demonstrando também que a Terra não é completamente redonda-- foi criado um centro de estudos que mais tarde passou a dividir espaço com atrações turísticas, como museus.

OTAVALO - MERCADO INDIGENAS
O maior mercado indígena de produtos alimentares e de artesanato do continente, a feira é o dia sábado e muito grande!!!! Fica ao norte dos Andes equatorianos e os otavalenhos sao famosos pelo comércio. Tudo muito colorido e realmente muito bem feito. Uma das coisas que chama a atenção no mercado é a beleza das índias equatorianas. Elas utilizam colares dourados, blusas de babados brancos, saia compridas e etc... Um passeio imperdível! Não deixar de conhecer a famosa lagoa Cuicocha. Ir até a pequena cidade Cotacachi. O nome da lagoa foi dado pelo fato de na região haver muitos Cui-Cui significa porco da índia e cocha lagoa em Quíchua. Numa altitude de 3070 metros e profundidade máxima de 180m, a lagoa surgiu da cratera formada por uma erupção vulcânica explosiva, armazenando muita água e sobrando uma ilha no meio.
Existe um passeio de barco que dá a volta na ilha, não é muito longo mas vale a pena por se poder ver as paredes do antigo vulcão de dentro. Pode-se perceber borbulhas na água que são decorrentes dos gases que vêm do seu interior. A cor da lagoa, as vezes verde escuro, as vezes azul escuro, faz da paisagem uma excelente desculpa para ir até lá. É uma grande sensação de tranqüilidade.

IBARRA
Ibarra ou San Miguel de Ibarra é uma cidade do norte do Equador, capital da província de Imbabura. Está situada no pé do vulcão Imbabura e na margem esquerda rio Tahuando. Está localizada aproximadamente 72 km a nordeste de Quito. É conhecida como “Cidade Branca”, devido a sua arquitetura colonial. Tem praças, parques e igrejas como a de Sao Domingos. Vale a pena visitar o Museu Caranqui onde nasceu o imperador Inca Atahualpa. O último Rei inca e o Museu do Banco Central do Equador com sua coleção de arqueología e arte sacra. Belas igrejas e edifícios públicos foram construídos, mas um devastador terremoto em 16 de agosto 1868 destruiu muitos deles, e forçou a cidade a ser refundada em 1872. Baseada nesta nova data de fundação, Ibarra é a mais nova cidade do Equador.
HOTÉIS
Hostal Los Nogales .- Endereço: Sucre e Plaza (em San Antonio de lbarra). Reservas: tel. 932000.
Nuevo Colonial .- Endereço: Olmedo e GRIJALVA 5-19. Reservas: tel. 952918.
Residencial Madrid .- Endereço: Oviedo 857 e Moncayo. Reservas: tel. 951760.
El Retorno .- Endereço: Pasaje Pedro Moncayo 4-32, entre Sucre e Rocafuerte. Reservas: tel. 957722

TULCÁN
Situado na província de Carchi, Tulcan é o ponto de entrada para o extremo norte do país na Colômbia apenas 6 km de distância juntamente com um mercado atraente aos domingos. A população é apenas 53.000 e da cidade é de uma elevação de 3000m acima do nível do mar. As ruas são geralmente muito longos e estreitos e cheios entre as casas dos moradores locais.
A maior atração que remonta a 1936 para os turistas aqui é o cemitério jardim topiário caracteriza uma grande variedade de formas e imaginativas formas incluindo anjos, animais e figuras geométricas e está situado a 2 quarteirões do Parque, Parque Ayora e vale bem uma visita. O falecido criador Ir. José Franco quem é efetivamente estabelecidas para descansar no cemitério esquerda um intrigante escrito hino do seu topiário cemitério que afirma "Em Tulcan, um cemitério tão bonita que ele convida um a morrer". Hoje, os cinco filhos do Sr. Franco continuar com sua família topiário tradição e estão a fazer um grande trabalho no sculpturing estas formas requintadas.

FRONTEIRA EQUADOR E COLÔMBIA
Na fronteira - O visto que você vai receber na fronteira são passes para 30 ou 90 dias ou passes diários para Ipiales e devem ser todas carimbadas no seu passaporte, sem esse processo, você não Terá possibilidade de retorno e risco graves consequências. Em ambos os lados da fronteira são trocadores de dinheiro, mudar um pouco, uma vez que estas não são as melhores taxas. Nas imediações tem a ponte natural de Rumichaca ao longo do rio Carchi, que é a localização de um posto de fronteira entre Colômbia e Equador. A poucos quilómetros a nordeste da Colômbia, o santuário de Nossa Senhora de Las Lajas ("Nossa Senhora da pavimentação") é visitado por muitos peregrinos provenientes de ambos os países.

PRINCIPAIS FOTOS DO EQUADOR

CLICK AQUI PARA MAIS FOTOS DO EQUADOR


MAPAS DO EQUADOR




















_____________________________________________________________________________________________________________________________

COLÔMBIA - REPÚBLICA DA COLÔMBIA
Colômbia, um país que põe a sua disposição todos os climas, litoral sobre dos oceanos, selvas, montanhas, rios, desertos, grandes cidades e uma incrível biodiversidade. Vale a pena conhecer sua gente, famosa por sua hospitalidade e por seu calor humano! Colômbia, o país que mudará sua vida!
É o segundo país mais populoso da América do Sul, com aproximadamente 45 milhões de habitantes, e é o terceiro país mais rico desta. A capital é Bogotá, fundada em 1538, com o nome de Santa Fé de Bogotá. Hoje possui quase sete milhões de habitantes, é a maior cidade do país e uma das mais populosas da América do Sul e do mundo. Administrativamente, o país é dividido em 32 departamentos e em quatro distritos. A sua forma de governo é a República, com o presidente e o vice exercendo o mandato por quatro anos. A língua oficial é o espanhol, herdado dos colonizadores espanhóis que foram metrópole do país até o início do século XIX. Algumas de suas músicas típicas são o bambuco e a cumbia. O Peso Colombiano (COP) é a moeda corrente oficial da Colômbia. O cambio de moeda pode-se realizar tanto nos bancos como nos escritórios de cambio situados em aeroportos, estações, hotéis e em numerosos lugares. Codigo da internet: .co


COLÔMBIA - Embaixada do Brasil em Bogotá
Calle 93, NR 14-20, Piso 8 - Apartado Aéreo 90540 - Bogotá 8 - Colômbia
tel. (00xx571) 218-0800 - fax.(00xx571) 218-8393
e-mail: embaixada@brasil.org.co
site: www.brasil.org.co

FERIADOS
01/01 - Ano Novo.
11/01 – Epifania e Christmas Day
13/02 – Barranquilla Carnaval
14/03 – Eleições Legislativas
18/03 – Páscoa
22/03 – Festa de São José Católica
02/04 – Sexta Feira Santa
01/05 - Dia Internacional do Trabalho.
17/05 - Ascensão
07/06 - Corpus Christi
14/06 – Sagrado Coração
05/07 – São Pedro e São Paulo Católica.
20/07 – dia da Independência.
07/08 – Festa da Batalha de Boyaca.
16/08 – Assunção.
18/10 – Dia de La Raza.
01/11 – Todos os santos.
15/11 – Independência de Cartagena.
08/12 - Imaculada Conceição de Maria.
25/12 - Natal.



BRASÃO DAS ARMAS - MODELO DO DINHEIRO





ROTEIRO COMPLETO (percorrer aproximadamente 2.800km)
1. IPIALES
2. PASTO
3. ROSAS
4. POPAYÁN

5. SANTANDER
6. CALI
7. TULUA
8. ARMÊNIA
9. IBAGUÉ
10. BOGOTÁ
11. TUNJA
12. FLÓRIDA BLANCA

13. BUCARAMANGA
14. CÚCUTA
15. ADUANA COLÔMBIA/VENEZUELA


CIDADES DA COLÔMBIA E O QUE VISITAR

ADUANA EQUADOR/COLÔMBIA

IPIALES
Ipiales é uma cidade e município da Colômbia, do departamento de Nariño. Está situada na fronteira com o Equador e é separada da cidade equatoriana de Tulcán por uma ponte natural, produto da ação do rio Carchi. O lugar é conhecido como Rumichaca, que significa ponte de pedra em língua quéchua, esta localizada geograficamente sobre o planalto de Túquerres, a uma altura de 2.898 metros acima do nível do mar, o qual lhe possibilta um clima frio agradável com uma temperatura média de 14ºC. No centro da cidade você deve fazer o seguro da motocicleta que é obrigatório para rodar pela Colômbia, o preço tem bastante variação, vasculhe a cidade pelo menor preço, também é obrigatório adquirir um colete laranja ou amarelo, cores bem fortes, que você deve usar sobre todas as suas roupas, alguns dizem que também tem que colocar um adesivo com a numeração das placas no capacete e também no colete, no nosso caso nós somente compramos o colete e não fomos incomodados, talvez demos sorte.

SANTUÁRIO LAS LAJAS
Las Lajas Sanctuary (em português Santuario de Las Lajas) é uma basílica, uma igreja localizada no sul da Colômbia no Departamento de Nariño , no município de Ipiales e construído dentro do canyon do rio Guáitara .
A catedral é de arquitetura gótica medieval e foi construída a partir de 01 de janeiro de 1916 a 20 agosto de 1949, com doações de fiéis locais, substituindo um antiga capela do século XIX. O nome Laja vem do nome de um tipo de apartamento rocha sedimentar semelhante ao piso azulejos encontrados na Cordilheira dos Andes. Havia uma reivindicação que uma aparição da Virgem Maria foi vista. Existe agora uma imagem pintada sobre uma pedra lá. Ainda é possível ver nos dias de hoje.

PASTO
San Juan de Pasto é uma cidade do sudoeste da Colômbia, capital do departamento de Nariño, situa-se em uma região agrícola andina de maioria indígena e atua como centro comercial e distribuidor de mercadorias ente o Vale do Anca e o Equador através da Rodovia Pan-americana. A cidade esta localizada no "Vale Atriz". Conta com numerosos edifícios religiosos de estilo colonial e é importante destino turístico pela beleza dos vales que a cercam. Fica perto do vulcão Galeras. A cidade está ligada por estrada, com as cidades de Cali, Popayan, Ipiales, Tumaco e Mocoa entre outras, e é atravessada pela estrada Pan-americana. Pasto tem uma estação principal para o transporte terrestre chamado de "Terminal de Transportes", que reúne todas as empresas que oferecem transporte rodoviário. Na infra-estrutura de telecomunicações existem vários provedores de Internet vários, como Une, Telecom e Telmex, oferecendo internet banda larga, televisão e telefonia.

POPAYAN
Popayán (Cidade Branca) é a capital do departamento do Cauca na Colômbia. Encontra-se localizada no Vale de Pubenza, entre a Cordilheira Ocidental e Central ao sul ocidente do país. Tem 233.100 habitantes. Popayán é também conhecida pela solenidade de suas procissões de Semana Santa durante a celebração da paixão e morte de Jesucristo.
Lugares de Atração são:
• as Igrejas de Popayán: San Francisco, Santo Domingo, San Agustín, Catedral, El Carmen, El Belén.
• os museus: Casa Museo Mosquera, Casa Museo Negret, Museo de Arte Religioso, Museo Guillermo Valencia, Museo de Historia Natural .
• o Torre do Relógio, um símbolo da cidade (construída entre 1673 e 1682);
• o Puente do Humilladero (construído em 1873 sobre arcos de tijolo e calicanto);
• o Parque Caldas (criado em 1537) e a Universidade do Cauca, Posteris Lumen Moriturus (fundada en 1827).

CALI
Santiago de Cali também conhecida como Cali é a capital e a maior cidade do departamento do Vale do Cauca. Tem cerca de 2.33 milhões de habitantes. É a terceira cidade mais povoada da Colômbia Cali sofreu duramente com a crise das máfias como o resto de Colombia durante as décadas de 70 até a de 90. O rio Cali, que atravessa a cidade, divide a parte antiga colonial da área mais moderna. A sul do rio fica o centro histórico da cidade, cuja parte principal é a que engloba a Plaza de Cayzedo. Na proximidade desta praça fica situada a Iglesia de la Merced, uma capela quase tão antiga como a cidade, com um estilo tipicamente colonial. O convento desta igreja histórica possui dois importantes museus com colecções de artefactos pré-colombianos e de arte colonial. A nível industrial, são de referir as indústrias do tabaco, têxtil, do papel e de materiais de construção. A economia de Cali é também conhecida pela sua ligação ao mercado negro, estimulado pelo cartel de Cali, onde é recorrente o tráfico ilegal de drogas.

BOGOTÁ
Bogotá (de seu antigo nome Santa Fé de Bogotá) é a capital e maior cidade da República da Colômbia. É também capital do departamento de Cundinamarca e forma o Distrito Capital. Foi fundada em 1538. É o principal centro administrativo, financeiro, mercantil e cultural da república. Na atualidade, a cidade possui aproximadamente 7,2 milhões de habintantes enquanto que a Região metropolitana de Bogotá possui aproximadamente 8,5 milhões de habitantes, e é, após São Paulo, Buenos Aires e Rio de Janeiro, a quarta cidade mais populosa da América do Sul. Sua altitude (2.640 metros acima do nível do mar) a coloca como a terceira capital de maior altitude do mundo, atrás apenas de La Paz e Quito. Os principais órgãos do governo federal encontram-se na cidade.

BUCARAMANGA
Bucaramanga é uma cidade da Colômbia, e capital do departamento de Santander , na Colômbia, tem a quinta maior economia da cidade e a sexta maior população da Colômbia. Bucaramanga tem mais de 160 parques espalhados pela cidade e foi dado o apelido "La Ciudad de Los Parques" ("Cidade dos Parques") e "La Ciudad Bonita de Colombia" ("Colômbia, da bela cidade"). Tem crescido rapidamente desde os anos 1960, principalmente em cidades vizinhas da região metropolitana. Floridablanca, Girón e Piedecuesta estão ligados geograficamente e comercialmente com Bucaramanga, formando uma grande cidade metropolitana. A produção local é especialmente de têxteis e calçado. A cidade é a base do Instituto Colombiano de Petróleo.

CÚCUTA
Cúcuta (espanhol: [ku.ku.ta] É uma cidade da Colômbia , capital do departamento de Norte de Santander , localizada no nordeste do país. Devido à sua proximidade com a fronteira com a Venezuela, Cúcuta é um centro comercial importante. A cidade tem a categoria constitucional de Distrito Especial. Está localizado na fronteira internacional mais ativa na América do Sul e é ligada por estradas com Bogotá, Caracas e Cartagena. Seu terminal aéreo, o Aeroporto Internacional de Camilo Daza é uma das mais movimentadas do país. A gasolina contrabandeada da Venezuela e vendida a beira da estrada pela metade do preço da gasolina colômbiana bem pertinho da fronteira. Segundo o censo de 2005, tem uma população 918.942 habitantes, o que classificá-lo como a 5 ª maior cidade do país. A Região Metropolitana de Cúcuta é formada por outros seis municípios. Está situado na Cordilheira Oriental da Cordilheira dos Andes e está conectado com a Venezuela através da Rodovia Pan-americana. Sua área de 1.176 km², representa 5,65% do departamento. Sua altitude é de 320 m acima do nível do mar, com uma temperatura média de 28°C e precipitação média anual de 1.041 mm.

ADUANA COLÔMBIA/VENEZUELA
A Ponte Internacional Simon Bolivar é a principal rota terrestre que liga a Colômbia com a Venezuela. Erguendo-se sobre o rio Táchira , que nesta fase de seu curso marca a fronteira entre as duas nações. A estrutura é partilhada por ambos os países. Tem 315 metros de comprimento, duas faixas de rodagem e uma largura de 7,3 metros. Essa estrutura é de grande importância para as economias dos dois países, que passa por 80% das exportações da nação colombiana vinculados para a nação venezuelana. A ponte liga as cidades colombianas de San José de Cúcuta e Villa del Rosario , no departamento de Norte de Santander (Colômbia) com as cidades venezuelanas de San Antonio e San Cristobal no estado de Táchira (Venezuela).


PRINCIPAIS FOTOS DA COLÔMBIA



MAPAS DA COLÔMBIA


_____________________________________________________________________________________________________________________

VENEZUELA - PEQUENA VENEZA
Distância a ser percorrida aproximadamente 3.000 km.
A Venezuela (oficialmente República Bolivariana da Venezuela) sua capital é a cidade de Caracas. O Estado venezuelano é uma república federal presidencialista, protocolou seu pedido de adesão ao Mercosul em 4 de julho de 2006. A Moeda é o Bolivar Venezuelano. A lingua oficial é o Espanhol, mas existem numerosas línguas indigenas e as linguas introduzidas pelos imigrantes. Presidente atual Hugo Chavez. Localização: norte da América do Sul. Cidades Principais: Caracas, Valencia, Barquisimeto e Ciudad Guayana.A Venezuela conta com uma geografia bastante variada: praias, planícies e montanhas. O clima também varia muito de um lugar para o outro. Podemos dizer que há um clima para cada gosto. Alonso de Ojeda, Américo Vespúcio e Juan de la Cosa foram os primeiros a explorar a costa da Venezuela em 1499. No dia 24 de Agosto desse ano chegaram ao que é hoje o Lago de Maracaibo, onde encontraram nativos cujas casas estavam construídas sobre estacas de madeira fixas no lago (palafitas). Vespúcio, que era italiano, achou aquelas construções semelhantes às da cidade de Veneza e por isso chamou a região de Venezuela, ou seja, Pequena Veneza. O código da internet .VE. - Fuso Horário: - 1h

Embaixada da Venezuela no Brasil
SES Av. das Nações, Qd 803 Lote 13.
CEP 70451-900 - Brasília - DF
Telefone: (55)(61) 2101-1011
Fax: (55)(61) 3321-0871
Site: emb@embvenezuela.org.br

Embaixada do Brasil na Venezuela
Calle Los Chaguaramos con Avenida Mohedano
Centro Gerencial Mohedano - Piso 6
Caracas – Venezuela - CEP: 1060
Telefone: (0058212) 261-7553/5505/6529/2433/3457
Fax: (0058212) 261-9601 - Caixa Postal: 3977
Email: brasembcaracas@cantv.net
Site: http://www.embajadabrasil.org.ve/

FERIADOS
01/01 - Día de Ano Novo
06/01 - Dia de Reis Magos
Fev/Mar - Carnaval
19/03 - Dia de São José
19/04 - Começo do movimento pela independência em 1810
01/05 - Dia do Trabalhador
24/06 - Batalha de Carabobo Conquista da independência.
05/07 - Dia da Independência.
03/08 - Dia da Bandeira
12/10 - Dia da Resistência Indígena. Anteriormente este dia era chamado "Día de la Raza" e celebrava a chegada de Cristóvão Colombo à América.
01/11 - Dia de Todos os Santos
17/11 a 19/11 de Novembro - Féria de La Chinita, Apenas na região de Zulia; celebra o milagre de Nossa Senhora do Rosario de Chiquinquirá.
08/12 - Imaculada Conceição
24/12 - Véspera de Natal Nascimento de Jesus (Divino Niño).
31/12 - Nochevieja Noite de S. Silvestre - Último dia do ano.

BRASÃO DAS ARMAS - MODELO DO DINHEIRO





















ROTEIRO COMPLETO (percorrer aproximadamente 3.000 km)
1. FRONTEIRA COM A COLÔMBIA
2. SANTO ANTONIO DEL TACHIRA
3. LA FRIA
4. MÉRIDA
5. BARQUISIMETO
6. SAN FELIPE
7. MORON
8. BOCA DE AROA
9. TUCACAS
10. PUERTO CABELLO
11. MARACAY
12. CARACAS
13. BARCELONA
14. PUERTO LA CRUZ (FERRY BOAT)
15. ISLA MARGARITA
16. PUERTO LA CRUZ (FERRY BOAT-RETORNO)
17. ANACO
18. EL TIGRE
19. CIUDAD BOLIVAR
20. GUASIPATI
21. TUMEREMO
22. EL DORADO
23. ANGEL FALLS
24. LUEPA
25. SANTA ELENA DE UAIRÉN
26. FRONTEIRA COM O BRASIL

AS CIDADES DA VENEZUELA E O QUE VISITAR

FRONTEIRA COLOMBIA COM VENEZUELA
A Ponte Simon Bolivar International é a principal via terrestre que liga a Colômbia à Venezuela. Erguendo-se sobre o rio Táchira , que nessa fase de seu curso marca a fronteira entre as duas nações. Esta estrutura é compartida por ambos países. Tem 315 metros de comprimento, 2 pistas e uma largura de 7,3 metros. Esta estrutura é de grande importância para as economias de ambas as nações, que passa por 80% das exportações da nação colombiana ligado para a nação venezuelana. A ponte liga as cidades colombianas de San José de Cúcuta , e Villa del Rosario , no departamento de Norte de Santander (Colômbia) com as cidades venezuelanas de San Antonio e San Cristobal no estado de Táchira (Venezuela). Não vacilar na fronteira, ladrões e espertalhões tem aos montes!!

SANTO ANTONIO DEL TACHIRA
San Antonio del Táchira é a capital do Município Bolívar, localizado no Estado Táchira, Venezuela. Esta cidade, de tamanho pequeno, tem movimento econômico grande por estar na fronteira. O contrabando é também parte da economia desta região de fronteira representada pelas diferenças de câmbio mais baixa em alimentos e bebidas. O subsídio da gasolina na Venezuela é um custo 10 vezes menor do que em Colômbia. Essa fronteira é considerada uma das mais ativas da América Latina.

MÉRIDA
Mérida (nome completo Santiago de los Caballeros de Mérida) é uma cidade Venezuelana, capital do Municipio Libertador e do Estado de Mérida. A cidade propriamente dita é o maior centro estudantil e turístico do ocidente venezuelano, sede da prestigiosa Universidade de Los Andes e ostentando o teleférico mais alto e segundo mais longo do mundo. A cidade situa-se a 1 600 m de altitude sobre uma meseta encravada no vale do rio Chama, que a percorre de um lado ao outro. Como fundo ergue-se no horizonte o cume mais elevado do país: o pico Bolívar. É uma das principais localidades dos Andes venezuelanos.

BARQUISIMETO
Barquisimeto (pronúncia espanhola: [barkisimeto] ) é a capital do Estado de Lara localizado no centro-oeste da Venezuela , a meio caminho entre Caracas e Maracaibo no Rio Turbio. Barquisimeto é atualmente uma cidade moderna, sendo a quarta cidade em número de habitantes. Sua importância radica em que é o centro das comunicações, indústrias e agricultura do centro ocidente da Venezuela. O símbolo por excelência de Barquisimeto é seu obelisco, que se encontra no oeste da cidade na via no sentido de Carora e Maracaibo. Mas está emergindo outro ícone que é o pavilhão da Venezuela na exposição de Hannover, elaborado por o arquiteto Fruto Vivas, denominado a “Flor de Hannover” por sua forma de flor.
SAN FELIPE
Existe uma bifurcação antes na ruta 03, seguir sentido Mirimire depois San Juan de los Cayos

_________________________________________________________________________________________________________________________________

MAPAS DOS PARQUES MORROCOY E CHICHIRIVICHE













__________________________________________________________________________________________________________________________________

MORÓN
Desta cidade chegamos ao mar caribenho e seguir sentido Chichirriviche para visitar o Parque Nacional de Morrocoy
MORROCOY – PARQUE NACIONAL
Neste parque existe a bacia de Chichiriviche e também a bacia de Tucacas, ambos possuem ilhas maravilhosas que estão discriminadas abaixo. São dezenas de ilhas para serem visitadas por barco. Não deixar de visitar!!
CHICHIRIVICHE
Esta localizada no estado de Falcón. Apresenta grandes atrativos turísticos, por ser um dos pontos de partida dos barcos para o Parque Nacional Morrocoy.
Suas ilhas são Cayo Borracho, Cayo Sal, Cayo Muerto, Cayo Peraza, Caio Pelon, Pta Varadero, Mayorquina e Cayo Sombrero, algumas delas tem as fotos abaixo:











RESERVA NATURAL DE CUARE
Deixando Chichiriviche ao sul é uma entrada do mar com uma parede de pedra que cai diretamente no mar sem terra. Em uma das suas entradas encontramos a caverna do índio. Um pequeno cais permite chegar de barco as cavernas mais baixas e grutas. Esta caverna está aberta, depois de passar entre as pedras, você vê uma enorme parede de pedra com estalactites. A vegetação abundante devido ao calor e umidade, parece vir de toda parte, há algumas gravuras que mostram a existência de uma civilização anterior à nossa e que são muito interessantes para ver. Depois desta visita, continue a sua caminhada através da Reserva Natural, onde se pode desfrutar o santuário marinho da Virgem e todas as aves que fazem Chichiriviche um lugar muito especial.

TUCACAS
Aproximadamente 15 mil habitantes, é uma cidade feia, suja e, infelizmente, com pessoas que não são muito simpáticas, é de dar tristeza em saber que ali existe um grande potencial turístico jogado a traças. O grande visual é visitar as ilhas, na Bacia de Tucacas temos a opção de visitar o restante das ilhas do Parque Nacional de Morrocoy tudo de barco, negocie bastante com os barqueiros, existe toda infra-estrutura nas ilhas, algumas fotos das ilhas abaixo:











SAINDO DE TUCACAS EM DIREÇÃO A BOCA DE AROA
Saindo de Tucacas passar por Boca de Aroa ainda beirando o Mar do Caribe em direção novamente a Moron.
Chegando em MOROM passar direto pela cidade e seguir sentido a cidade de VALÊNCIA.
Depois passar por todas estas cidades GUACARÁ, NARJARA e MARACAY, sempre beirando o lago de Valência, passar por SAN MATEO, LA VICTÓRIA, EL CONSEJO, PARACOTOS tudo pela RUTA 01 até a capital Venezuelana CARACAS.
Sempre atento ao trânsito que é caótico.

CARACAS
A capital, Caracas, tem uma população de mais de 4 milhões de habitantes e é o centro político e econômico do país. É uma cidade muito diversa, já que conta com uma grande quantidade de parques, praças, arquitetura moderna e colonial, igrejas, passeios, bulevares, centros comerciais, etc. Desta maneira, oferece aos residentes caraquenhos e a turistas o melhor de sua cultura e serviços. Na zona ocidental, encontram-se Maracaibo (a capital do petróleo), Barquisimeto (a cidade dos crepúsculos), Mérida (centro turístico e estudantil), São Cristóvão, Valência e Maracay. Na zona oriental, encontramos Maturín (que começa a disputar com Maracaibo o título da mais importante cidade petrolífera), Porto La Cruz (centro turístico e petroleiro) e El Tigre. Ao sul estão situadas as cidades de Bolívar e Guayana (centro siderúrgico por excelência). A cidade sofre com vários problemas comuns a metrópoles de países subdesenvolvidos, como a desorganização do tecido urbano, áreas verticalizadas e outras que sofrem com a carência de infra-estrutura e desenvolvimento (favelas), violência, entre outros.
Saindo de Caracas seguir para cidade de Barcelona, passando pelas cidades de Maiquetia

MAIQUETÍA
Maiquetía é uma cidade da Venezuela localizada no estado de Vargas e no município de Vargas. Ela fica a beira do mar do Caribe, Maiquetía é a capital da paróquia de Maiquetía. Maiquetía sedia o principal aeroporto do país, que serve Caracas, o Aeroporto Internacional Simón Bolívar.

Saindo de Maiquetía segue-se pela ruta 02 até Barcelona, beirando o mar do Caribe, passando pelas cidades LA GUAIRA, MACUTO, CARABALLEDA, NAIGUATÁ, LA SABANA, ARICAGUA, CARENERO, HIGUEROTE. Depois seguir pela RUTA 08 passando pelas cidades de MAMPORAL, SAN JOSÉ DE BARLOVENTO, seguindo ainda pela ruta 08 até a cidade de EL GUAPO inicio da RUTA 09. Na RUTA 09 seguir sentido as cidades CUPIRA, BOCA DE UCHIRE, PUERTO PIRITU e finalmente BARCELONA.

BARCELONA
Barcelona é um porto no Mar do Caribe.
É a capital do estado Anzoátegui.
Uma das cidades de maior tradição no oriente venezuelano é Barcelona, capital do Estado de Anzoátegui.
Foi fundada em 1671 por colonizadores Catalanes, convertendo-os no que agora conhecemos como Barcelona, cidade que conserva seu espírito colonial. Constitui uma das mais importantes áreas urbanas da Venezuela.
Saindo de BARCELONA rumar em direção a cidade de PUERTO LA CRUZ e tomar o FERRY BOAT até ISLA MARGARITA.

PUERTO LA CRUZ
Esta cidade é um dos maiores atrativos turísticos da Venezuela.
As praias que estão fora da cidade, como Ilha de Prata, Conoma e Arapito, possuem uma beleza inigualável, sendo porta de entrada de um dos parques mais bonitos do país.
Do porto parte o principal ferry boat que une Isla Margarita com o continente e, também se pode navegar pelas ilhas que rodeiam a cidade, entre elas Lãs Chimanas, Cachicamo e Borracha.
Em seus canais estabeleceram-se áreas urbanas elegantes, com embarcadouros próprios.

FERRY BOAT - CONFERRY
Existem 02 tipos de barcos, o rápido e o lento, com suas variações de preços conforme o tipo de classe que você deseja viajar. Próximo ao porto existe uma central da Conferry, aonde vc compra as passagens, a fila é imensa!! Não esqueça de quando chegar no balcão estar munidos de todos seus documentos (passaporte, RG, documentos da moto e etc...)
Sites com mais informações:
Site Oficial: http://www.conferry.com/
Valores das passagens: http://extsw1conf.conferry.com/extranet/paginas/publicos/tarifas.aspx


ISLA MARGARITA – NUEVA ESPARTA
Existem três jeitos de chegar à Isla Margarita. De ferry boat partindo de Puerto La Cruz, Cumaná ou de La Guaira (essa cidade é pertinho de Caracas, mas essa rota nem sempre está ativa), ou de avião de diversos lugares da Venezuela e do mundo.
A viagem de ferry leva aproximadamente de 4 a 2 horas partindo de Puerto La Cruz. O ferry boat é confortável, o custo é de US$ 10 a 20/pessoa dependendo se ferry express ou convencional, que levam respectivamente 2 e 4 horas de viagem.
A Ilha de Margarita (em espanhol Isla de Margarita) é uma ilha da Venezuela situada no mar do Caribe, à nordeste de Caracas, a capital do país. É um dos destinos turísticos preferidos da Venezuela.

A capital é a cidade de La Asunción, situada no vale homónimo. As indústrias principais são o turismo, pesca e construção civil. A ilha é habitada por cerca de 420.000 pessoas. Margarita é um lugar excelente para passear. Castelos, igrejas, a natureza e, o melhor, tudo muito perto ou por caminhos muito bonitos.
Uma das melhores atrações de Margarita é a visita ao parque nacional Laguna de La Restinga.
Toma-se uma pequena lancha que vai entre "manglares" e chega-se a uma praia imensa de vários quilômetros.
Outros lugares para visitar na Ilha: Laguna de la Restinga, Cerro Guayamurí , Monumento Natural Cerro Matasiete, Parque Nacional Cerro Copey, Laguna de las Marifes, Monumento Natural Tetas de Maria Guevara, Cueva El Tirano, Puerto Fermín, Cueva del Bufón, Punta Ballena, Pampatar.

CUMANÁ
Cumaná situa-se na desembocadura do Rio Manzanares.
È uma cidade bastante plana, dominada por uma colina que tem um castelo de onde se pode ver uma linda vista de toda a cidade até o Golfo de Cariaco, que separa a terra firme da península de Araya. Uma das maiores atrações turísticas de Cumaná é, sem dúvida alguma, o castelo que domina a cidade e a entrada ao golfo de Cariaco.
Como curiosidade podemos dizer que hoje em dia o castelo encontra-se bem longe do mar, o que não é muito lógico se tivermos em conta que os castelos eram construídos principalmente para proteger a cidade de embarcações inimigas.
A explicação é que o mar afastou e o que é hoje a parte nova da cidade era, antigamente, mar.

SAINDO DE ISLA MARGARITA POR PUERTO LA CRUZ


O destino é a CIUDAD BOLIVAR, utilizar a RUTA 16, passando pelas cidades: SAN MATEO, ANACO, EL TIGRE, LA VIUDA, SOLEDAD e ainda pela RUTA 16 a cidade CIUDAD BOLIVAR.





CIUDAD BOLIVAR
Ciudad Bolívar é uma cidade venezuelana, capital do estado de Bolívar e do município de Heres. Nas ruas, praças e museus da cidade de Bolívar o visitante encontra muito da história do país.
Conhecida anteriormente como Angostura, por estar localizada em um dos lugares onde o Rio Orinoco" fica mais estreito, ela foi a sede de várias batalhas e umas das primeiras zonas do país a ser libertada dos espanhóis durante a independência.
Outro monumento histórico, mas de significado posterior à época da independência, é o "Forte Zamuro", fundamental para a vitória da cidade de Bolívar e onde terminou a revolução libertadora, em 1903.


CIUDAD GUAYANA – PUERTO ORDAZ Y SAN FÉLIX
Construído em 1952, como base administrativa da Companhia de Mineração do Orinoco e de onde se embarcava o ferro para os mercados internacionais, Porto Ordaz é hoje em dia uma das cidades de maior crescimento e , também , uma das mais modernas do país. é, sem dúvida, a cidade melhor planejada da Venezuela. Nela se encontram as companhias mais importantes tanto para a exploração como para a produção do ferro e do alumínio, principais produtos de exportação do país, depois do petróleo. Da união desta cidade com São Felix e com a zona industrial, nasce a Cidade Guiana, em 1961. Ë nesta cidade que ocorre a união de dois dos rios mais importantes do país, o Caroni e o Orinoco, criando uma zona denominada Caronoco, em honra a esta confluência. Desde uma das pontes que une o Porto Ordaz com São Felix, pode-se avistar esta união. Entre os atrativos da cidade estão os parques Cachamay e Llovizna, onde podem ser vistas exuberantes e imponentes cascatas e onde podemos desfrutar da vistosa vegetação e dos lindos caminhos de ambos os parques, que proporcionam relaxantes momentos de descontração junto à natureza.

EL DORADO
Saindo de Ciudad Guayana, entrar na RUTA 10, sentido SANTA HELENA DE UAIRÉN, passar pelas cidades: UPATA, SANTA CRUZ,GUASIPATI, EL CALLAO, TUMEREMO, SUA SUA até chegar a cidade de EL DORADO.
O Eldorado (ou akator em maia) é uma antiga lenda narrada pelos índios aos espanhóis na época da colonização das Américas.
Falava-se de uma cidade cujas construções seriam todas feitas de ouro maciço e cujos tesouros existiriam em quantidades inimagináveis.

Eu até procurei, mas não achei o tal tesouro......

SALTO ANGEL
No setor ocidental do parque nacional Canaima, encontra-se o Auyantepuy, um dos tepuyes mais conhecidos. (Os tepuyes são essas montanhas chatas que terminam com imensas paredes verticais.) Desse tepuy nasce o Salto Angel, com 979 metros de queda de água livre, o mais alto do mundo. A paisagem do outro lado do Salto. Tem duas formas de ver o Salto Angel. Uma delas é do ar, em avioneta e a outra é em uma excursão que parte do porto Ucaima em Canaima, e que demora mais de 3 horas navegando pelo rio Carrao e depois pelo Churún. Do rio Churún, até o miradouro do Salto Angel, deve-se caminhar aproximadamente uma hora através da floresta


SANTA HELENA DE UAIRÉN

Santa Elena de Uairén é uma cidade venezuelana, de colonização espanhola, capital do município de Gran Sabana.
Fica a 15 km da fronteira com o município brasileiro de Pacaraima, no estado de Roraima.
A cidade foi fundada em 1929, sua principal atividade econômica é a extração de diamantes. Seus atuais moradores são as famílias dos homens que trabalhavam nas minas de diamantes.
É um ponto de interesse para empreendedores que querem começar um negócio.


ADUANA VENEZUELA/BRASIL










O próximo destino é PACARAIMA em RORAIMA no BRASIL.











PRINCIPAIS FOTOS DA VENEZUELA

CLICK AQUI PARA MAIS FOTOS DA VENEZUELA


MAPAS DA VENEZUELA







___________________________________________________________________________________________________________________________________

BRASIL (retornando por Pacaraima/Roraima)
O Brasil é uma república federativa formada pela união de 26 estados federados e pelo Distrito Federal. O país conta 5.564 municípios, 183.987.291 habitantes, bem como uma área de 8.514.876,599 km², equivalente a 47% do território sul-americano. Em comparação com os demais países do globo, dispõe do quinto maior contingente populacional e da quinta maior área. È a Nona maior economia do planeta e maior economia latino-americana, o Brasil tem hoje forte influência internacional, seja em âmbito regional ou global. O País possui entre 15 e 20% da biodiversidade mundial, sendo exemplo desta riqueza a Floresta Amazônica, com 3,6 milhões de quilômetros quadrados.Faz fronteira a norte com a Venezuela, com a Guiana, com o Suriname e com o departamento ultramarino da Guiana Francesa; ao sul com o Uruguai; a sudoeste com a Argentina e com o Paraguai; a oeste com a Bolívia e com o Peru e, por fim a noroeste com a Colômbia. Os únicos países sul-americanos que não têm uma fronteira comum com o Brasil são o Chile e o Equador. O país é banhado pelo oceano Atlântico ao longo de toda sua costa norte, nordeste, sudeste e sul. A Capital é a cidade de Brasilia, língua oficial é o Português, a moeda é o REAL, código da internet .br , código de telefone +55.

Feriados Nacionais
Os feriados nacionais são definidos pelas seguintes leis: nº 662 (de 1949), nº 6.802 (de 1980), nº 9.093 (de 1995) e nº 10.607 (de 2002). Os feriados nacionais brasileiros são:
1º de janeiro – Confraternização Universal - Social
21 de abril – Tiradentes - Cívica
1º de maio – Dia do Trabalho - Social
7 de setembro – Independência do Brasil - Cívica
12 de outubro – Nossa Senhora Aparecida – Religiosa (católica)
2 de novembro – Finados – Religiosa (católica)
15 de novembro – Proclamação da república - Cívica
25 de dezembro – Natal – Religiosa (cristã)
É também feriado nacional o dia em que se realizarem eleições de data fixada pela Constituição. Por sua vez, a Constituição dispõe que as eleições são realizadas no primeiro domingo de outubro, em primeiro turno, e no último domingo de outubro, quando houver segundo turno.

Feriados Móveis
Carnaval* (terça-feira) - quarenta e sete dias antes da Páscoa.
Quaresma - inicia na quarta-feira de cinzas e termina no Domingo de Ramos (uma semana antes da Páscoa).
Sexta-feira Santa - a sexta-feira imediatamente anterior Sábado da Solene Vigília Pascal - o sábado de véspera
Pentecostes - o sétimo domingo após a Páscoa.
Domingo da Santíssima Trindade - Domingo após o Pentecostes.
Corpus Christi - a quinta-feira imediatamente após o Domingo da Santíssima Trindade.

Feriados Estaduais
A Lei nº 9.093, de 12 de setembro de 1995, incluiu entre os feriados civis, antes apenas os declarados em lei federal, a "data magna do Estado fixada em lei estadual".

BRASÃO - MODELO DO DINHEIRO (MOEDA REAL)











-------------------------

ROTEIRO COMPLETO (percorrer aproximadamente 5.600 km)
3.500 km asfalto, 800 km barco, 1.100 km terra
REGIÃO NORTE
1-) RORAIMA
BR-174, PACARAIMA, MILAGRE, ACARIPARA, SANTA CRUZ, BOA VISTA, MUCAJAI, IRACEMA, CARACARAI, VILA NOVO PARAISO, RORAINÓPOLIS, VILA NOVA COLINA, LINHA DO EQUADOR, JUNDIÁ, RESERVA INDIGENA WAIMIRI ATROARI.

2-) AMAZONAS
BR-174, PRESIDENTE FIGUEIREDO, MANAUS

3-) BARCO MANAUS/AM ATÉ SANTARÉM/PA
BR-163 - SANTARÉM; ALTÉR DO CHÃO, RURÓPOLIS
BR-230 -(TRANSAMAZÔNICA)- PLACAS; URUARÁ; MEDICILÂNDIA; BRASIL NOVO; ALTAMIRA; ANAPU; PACAJÁ; NOVO REPARTIMENTO; REPRESA DE TUCURUI; ITUPIRANGA; MARABA
BR-153 - SAO RAIMUNDO DO ARAGUAIA; SÃO GERALDO DO ARAGUAIA


4-) TOCANTINS
BR-153 - XAMBIOÁ; ARAGUAINA; NOVA OLINDA; COLINAS DO TOCANTINS; BRASILÂNDIA DO TOCANTINS; PRESIDENTE KENNEDY; GUARAI; MIRANORTE; PARAISO DO TOCANTINS; GURUPI; ALVORADA; TALISMÃ.

____________________________________________________________________________________________________________________________________

AS CIDADES DA REGIÃO NORTE DO BRASIL E O QUE VISITAR


1-)RORAIMA
PACARAIMA
A história do município de Pacaraima está ligada à demarcação da fronteira com a Venezuela pelo Exército, se originando em torno do marco conhecido como BV-8, portal de entrada para o Brasil a partir daquele país.Pacaraima funciona até hoje como entreposto comercial, atraindo diversos compradores de bens de consumo básicos do município vizinho. Pacaraima foi emancipada em 17 de outubro de 1995, sendo o município formado pelo desmembramento do município de Boa Vista, capital do estado. A sede do município de Pacaraima, na fronteira do Brasil com a Venezuela, está cravada numa região de vales cercado por montanhas e serras. A região de temperatura serrana é uma das mais mais amenas de Roraima. Os próprios índios administram alguns serviços turísticos prestados aos visitantes. Alguns atrativos:
Festas tradicionais: Micaraima – Primeiro final de semana após o carnaval.
Pontos turísticos: Trilha da Nova Esperança – Localizado dentro da reserva indígena de São Marcos, possuindo uma grande diversidade de fauna e flora. O acesso exige autorização da Funai.
Sítio Arqueológico da Pedra Pintada – Local de grande riqueza arqueológica, com inscrições rupestres e muitas curiosidades. Acesso pelas rodovias BR-174 e RR-330

BOA VISTA
É a capital e o município mais populoso do estado brasileiro de Roraima. Concentrando aproximadamente dois terços dos roraimenses, situa-se na margem direita do rio Branco. É a única capital brasileira localizada totalmente ao norte da linha do Equador.
Moderna, a cidade destaca-se entre as capitais da Amazônia pelo traçado urbano organizado, lembrando um leque, em alusão às ruas de Paris, na França. As principais avenidas do Centro da cidade convergem para a Praça do Centro Cívico Joaquim Nabuco, onde se concentram as sedes dos três poderes — Legislativo, Judiciário e Executivo. É uma cidade tipicamente administrativa e concentra todos os serviços estaduais.

CARACARI
A "Cidade Porto" de Roraima, às margens do rio Branco, na parte em que ele é profundo o suficiente para a navegação de grandes barcos e navios. Já foi a maior do interior, mas hoje está em decadência com a ascenção de outras cidades. As duas maiores e principais estradas federais de Roraima (BR-174 e BR-210 - "Perimetral Norte") cruzam-se no município, sendo que o trecho de 130 quilômetros entre a sede municipal e a vila de Novo Paraíso faz parte tanto da BR-174 como da BR-210. Seu clima é quente e úmido. O município possui dois pequenos aeroportos, um na sede municipal (asfaltado, 2500m x 80m) e outro em Novo Paraíso (asfaltado). Possui ainda a quarta maior pista de pouso da amazônia, localizada na entrada do município, as margens da BR-174. Na foto o início da avenida Dr. Zanny (os comercios e casas ficam mais para dentro da cidade). Caracaraí tem mais 18.000 habitantes (estimativa 2006).


RORAINÓPOLIS
É O "Eldorado Brasileiro", como disse a revista Veja, devido ao seu estupendo crescimento. O município foi criado em 1995 com terras desmembradas dos municípios de São Luiz, onde se localiza a sede municipal, e São João da Baliza. Possui a segunda maior população do estado. A cidade foi criada com a instalação de uma sede do INCRA, às margens da BR-174, a mais importante do Estado, isso na década de 1970. O INCRA implantou um programa para distribuir terras, isso atraiu pessoas de todo o Brasil. Rorainópolis, assim como todo o estado de Roraima, é formado por pessoas de diversas partes do país, principalmente maranhenses.
A cidade é o maior município do interior de Roraima, tratava-se de uma pequena vila e aos poucos transformou-se em uma cidade com quase 30.000 habitantes(estimativa 2006 - IBGE). Na foto a avenida Ayrton Senna, na periferia da cidade.

LINHA DO EQUADOR
O centro do mundo no Brasil! Esse é o trecho do paralelo que corta a BR-174, no interior de Rorainópolis, em plena Floresta Amazônica.
Estado de Roraima: o centro do mundo no Brasil! Eu estive também no pais Equador cruzando a "Linea do Marco 0". - foto do GPS
Porém no Brasil é decepcionante quando comparado com o Equador a nivel de exploração turistica, no Brasil esta tudo largado e pichado, esta realmente abandonado.
No Amapa, em Macapá, também é cortada pela linha do Equador.
Ali existe um complexo turístico-cultural, onde se destaca o Marco Zero, um obelisco de 30 metros de altura que tem uma abertura no alto.
Bem diferente de Roraima, aonde nada é explorado, seja ele politico, economico, turismo, sócio cultural ou simplesmente apenas de limpeza e organização, um verdadeiro vexame. Na minha visão, extremamente vergonhoso para nós brasileiros.

WAIMIRI-ATROARI
Os Waimiri Atroari, durante muito tempo, estiveram presentes no imaginário do povo brasileiro como um povo guerreiro, que enfrentava e matava a todos que tentavam entrar em seu território. Essa imagem contribuiu para que autoridades governamentais transferissem a incumbência das obras da rodovia BR 174 (Manaus-Boa Vista) ao Exército Brasileiro, que utilizou de forças militares repressivas para conter os indígenas. Esse enfrentamento culminou na quase extinção do povo kinja (autodenominação waimiri atroari). A interferência em suas terras ainda foi agravada devido a instalação de uma empresa mineradora e o alagamento de parte de seu território pela construção de uma hidrelétrica. Mas os Waimiri Atroari enfrentaram a situação, negociaram com os brancos e hoje têm assegurados os limites de sua terra, o vigor de sua cultura e o seu crescimento.

____________________________________________________________________________________________________________________________________

2-)AMAZONAS
PRESIDENTE FIGUEIREDO
O município de Presidente Figueiredo está ligado à capital Manaus pela rodovia asfaltada, a BR-174, que faz ainda a ligação com Boa Vista. Presidente Figueiredo despontou há pouco tempo para o turismo ecológico em razão de sua fartura de águas, selva, recursos naturais, cavernas e cachoeiras (são mais de cem catalogadas). Nela existe uma razoável infra-estrutura turística em expansão. O município é mais conhecido pela usina hidroelétrica instalada ali, a usina de Balbina, cujas obras e manutenção são responsáveis pela maior catástrofe ambiental da história do Brasil. Presidente Figueiredo é um destino certo pra quem que fazer um passeio turístico na região de Manaus, é alcançada por uma estrada com uma paisagem muito agradável, repleta de igarapés, é conhecida como "A Terra das Cachoeiras". Há várias cachoeiras a serem visitadas e não é viável conhecer todas em apenas um dia. Uma boa opção é ficar em uma pousada e passar pelo menos dois dias na cidade, visitar as cachoeiras do Santuário, da Suframa e o Parque Urubuí.

MANAUS
Manaus é um município brasileiro, capital do estado do Amazonas e o principal centro financeiro, corporativo e econômico da região norte do Brasil. Situa-se na confluência dos rios Negro e Solimões. É a cidade mais populosa da Amazônia, de acordo com as estatísticas do IBGE, sendo uma das cidades brasileiras mais conhecidas mundialmente, principalmente pelo seu potencial turístico e ecoturismo, sendo o décimo maior destino de turistas no Brasil. Manaus pertence à mesorregião do Centro Amazonense e a microrregião homônima. É localizada no extremo norte do país, a 3.490 quilômetros da capital federal, Brasília. Em Manaus temos a facção do Motoclube BR-116 e os camaradas do MC Almas Livres.
Outras dicas ...
1.Tomar vacina contra febre amarela com pelo menos 10 dias de antecedência.
2.Existe diferença de fuso-horário. Lá é sempre uma hora a menos. No horário de verão são duas horas a menos.
3.Só existem 2 estações:
- Chuvoso, corresponde ao inverno e tem início no mês de dezembro, seguindo até o mês de maio. Chovendo praticamente todo dia.
- Seca , quando chove menos, correspondendo ao verão, seguindo de junho a novembro. O mês mais crítico é em setembro, quando a temperatura alcança os 40°C.
4.Só dá para chegar em Manaus de avião, de navio ou de barca. Se você quiser ir de carro por Porto Velho, a BR-319 é praticamente intransponível, e caso você não tenha participado do Paris-Dakar não é aconselhável. É possivel mandar a moto em balsas que partem de Belém, Porto Velho e Santarém.
5.A melhor noite da cidade é pelas bandas da Ponta Negra. Tem uns shows de blues em bares no calçadão e outros quiosques mais turísticos com danças típicas como o "boi". Existem outras noites na Avenida dos Turistas.
6.Não deixe de visitar o Teatro Amazonas. É uma das mais bonitas construções do país. O por do Sol no mirante da Ponta Negra é alucinante.
7.Experimente as comidas típicas como o tacacá, peixes como o tambaqui , tucunaré e pirarucu. Não deixe de conhecer os hotéis de selva que ficam no Rio Negro , como o Ariaú.
8.Conheça o encontro das águas. Os rios Solimões (uma água barrenta) e Negro (água escura), se encontram e não se misturam formando um espetáculo único. Não pegue qualquer barqueiro na rua para passeios de barco pela região. Acontecem destes "artistas" levarem os turistas para roubar tudo. Procurem barqueiros indicados pelas agencias de turismo da cidade ou pelos indicados pela Capitania dos Portos.
9.A cidade é tranquila, e quase não tem assaltos, porém é bom ficar ligado que existem algumas gangues na cidade. Evitar a periferia.

PORTO DE MANAUS
O Porto de Manaus é um porto brasileiro localizado na costa oeste do rio Negro, na zona central da cidade de Manaus. Atende aos estados do Amazonas, Pará, Roraima, Rondônia, Acre e áreas do norte de Mato Grosso. O Porto de Manaus é um dos maiores portos fluviais do Brasil, é o maior porto da Amazônia e o terceiro maior porto exportador do país. Atualmente é o maior porto flutuante do mundo. algumas dicas para embarcar a moto estando no porto: Estacione distante, não permita que vejam a moto antes de negociar o preço, apresente-se para a compra das passagens vestindo camiseta, bermuda e chinelos, no máximo uma mochila nas costas, beirando o porto existem varios barcos, com diversos destinos, com calma, vá de barco em barco consultando preços, existem também negociadores que vendem as passagens, não se desespere, negocie com calma, uma passagem pode custar barato ou bem caro! Embarcando a moto, ela deve viajar no porão, norma da capitania dos portos, quando negociar a compra da passagem lembre de ter certeza que esta incluso colocar a moto no barco e a retirada dela no destino, claro que uma gorjeta aos estivadores será necessária! Você vai viajar no convés, existe duas opções: camarotes ou rede, no meu caso preferi a rede por economia. Comprei a rede no próprio porto, rede de nylon pequena e compacta. A viagem para Santarém dura 02 dias. No barco tem restaurante e lanchonete a preços razoáveis. A minha passagem e da moto pra Santarém ficou um R$ 200,00 - cerca de 120 dólares.

EMBARCANDO AS MOTOS DE MANAUS/AM A SANTARÉM/PA

video

A VIAGEM DE BARCO
A distância aproximada é de 800km em linha reta de Manaus até Santarém, pelo Rio aproximadamente 1.100km, utilizei o barco Ana Beatriz III, foram exatos 02 dias de viagem dormindo na rede, passamos pelas cidades de Itacoatiara, Parintins, Juruti e Óbidos aonde o barco faz uma pequena parada para descer e subir passageiros.
Viagem tranquila para relaxar e apreciar as belezas do Rio Amazonas, que é o segundo mais extenso do mundo e de longe o com maior fluxo de agua com vazão.Em determinado momento do trajeto até Santarém o barco passa pelo encontro das aguas,  


____________________________________________________________________________________________________________________________________

3-)PARÁ
SANTARÉM
Santarém é um município brasileiro do estado do Pará. A "Pérola do Tapajós", como ficou poeticamente conhecida a cidade de Santarém, está situada na microrregião do Médio Amazonas, a 36m de altitude, na confluência dos rios Amazonas e Tapajós. Distante 1.369 km da capital do estado. O clima é quente e úmido com temperatura média anual variando de 25º a 28 °C. Apresenta pluviosidade média de 1.920 mm. As temperaturas mais elevadas ocorrem entre os meses de junho a novembro e o período de maior precipitação pluviométrica é dezembro a maio. Em frente à cidade acontece o encontro das águas barrentas do rio Amazonas com as águas verdes do rio Tapajós. É no município de Santarém que se localiza a vila de Alter-do-Chão, a aproximadamente 30 km da cidade. É uma vila balneária chamada de Caribe brasileiro, pelas praias belíssimas e lugares que atraem inúmeros turistas. A cidade dispõe de centenas de quilômetros de praias paradisíacas, rios e igarapés de água cristalina, cachoeiras e lagos.

RETIRANDO AS MOTOCAS DO BARCO EM SANTARÉM/PA



ALTER DO CHÃO
Uma cidade á cerca de 30km saindo de Santarém em direção a Transamazônica. Em Alter do Chão existem belas praias de areias brancas, banhadas pelas águas transparentes do rio Tapajós. A beleza dessas praias se associa ao lendário Lago Verde ou Lago dos Muiraquitãs. Por suas características peculiares e seus atrativos naturais e culturais, Alter do Chão recebe atualmente um elevado número de turistas e navios de cruzeiros marítimos que demandam o Rio Amazonas. Por esta razão, a referida vila é importante pólo turístico da região. A cidade de Alter do Chão é a resposta da Selva para o Caribe. Prepare o bolso, é caro!!


BR-230 - TRANSAMAZÕNICA
A Rodovia Transamazônica (BR-230), projetada durante o governo do presidente Emílio Garrastazu Médici (1969 a 1974) sendo uma das chamadas "obras faraônicas" devido às suas proporções gigantescas, realizadas pelo regime militar, é a terceira maior rodovia do Brasil, com 4.000 km de comprimento, cortando os estados brasileiros da Paraíba, Ceará, Piauí, Maranhão, Tocantins, Pará e Amazonas. Nasce na cidade de Cabedelo, na Paraíba, e segue até Lábrea, no Amazonas. É classificada como rodovia transversal. Em grande parte, principalmente no Pará e no Amazonas, a rodovia não é pavimentada. Planejada para integrar melhor o Norte brasileiro com o resto do país, foi inaugurada em 30 de agosto de 1972.Inicialmente projetada para ser uma rodovia pavimentada com 8 mil quilometros de comprimento, conectando as regiões Norte e Região Nordeste do Brasil com o Peru e o Equador, não sofreu maiores modificações desde sua inauguração.
Os trabalhadores ficavam completamente isolados e sem comunicação por meses. Alguma informação era obtida apenas nas visitas ocasionais a algumas cidades próximas. O transporte geralmente era feito por pequenos aviões, que usavam pistas precárias. Por não ser pavimentada, o trânsito na Rodovia Transamazônica é impraticável nas épocas de chuva na região (entre outubro e março). O desmatamento em áreas próximas à rodovia é um sério problema criado por sua construção. É o sonho de muitos jipeiros e pilotos off-road, pois sua precariedade instiga aos mais aventureiros sua travessia em seus veículos.

RURÓPOLIS
Rurópolis Presidente Médice, foi fundada em 1974 pelo Governo Federal Emílio Garrastazu Médice. Está localizado a 1.170 km de Belém - PA, bem no entroncamento da Rodovia Transamazônica com a Rodovia Cuiabá - Santarém, facilitando as vias de acesso a todas as regiões brasileiras. Com a colonização da Transamazônica e Cuiabá - Santarém, vieram imigrantes de todas as regiões brasileiras em busca de terra fértil para trabalhar na agricultura, sendo dirigido pelo Programa de Integração Nacional, baseado em pequenos investimentos para o micro produtor, tendo como conseqüência a baixa produtividade da produção agrícola. Com isso a Amazônia passa a ser vista como fonte de matéria prima e de produtos industrializados, destinados a atender as demandas dos centros dinâmicos de economia nacional para o mercado internacional.

PLACAS
O município de Placas foi criado por meio da Lei Estadual nº 5.783, de 20 de dezembro de 1993, sancionada pelo governador Jáder Fontenelle Barbalho, e desmembrado do município de Santarém. A instalação ocorreu em 1º de janeiro de 1997. A idéia de colonização da grande área que hoje constitui a mesoregião do Baixo Amazonas, incluindo o território do atual município de Placas, foi inspirada na construção da Rodovia Transamazônica. A localização da área urbana de Placas fica exatamente, na divisão dos trechos de Altamira-Itaituba, onde o Incra e o DNER construíram algumas placas explicando essa divisão.O Significado do Nome da cidade: A denominação do município surgiu do grande número de placas existentes em determinado trecho da rodovia, BR-230.

URUARÁ
Localizado ao longo da Rodovia Transamazônica, mais precisamente no km 180, no trecho entre os municípios de Altamira e Itaituba, surgiu a partir do PIN - Plano de Integração Nacional e do Projeto de Colonização do INCRA, na década de 70, onde para cá foram trazidos grandes números de migrantes de várias regiões do País. Uruará, palavra de origem indígena que significa “CESTO DE FLORES”, O Rio Uruará está localizado ao sul da Rodovia Transamazônica - rio o qual deu origem ao nome do município, dispõe de grande biodiversidade, tornou-se também um espaço de lazer para os banhistas do município e ponto para o turismo local. O Rio Iriri que apresenta em seu cenário um complexo de pequenas ilhas e variedade de espécies, formando uma grandeza da biodiversidade local. Atualmente tem atraído muitos turistas, por sua riqueza no pescado e atividades de lazer como: acampamentos, canoagem, pesca esportiva.


MEDICILÂNDIA
O município de Medicilândia pertence à Mesorregião Sudoeste Paraense e à Microrregião Altamira. A sede municipal está localizada na BR-230 (Rodovia Transamazônica), distante 90 Km do município de Altamira, e situada às margens do rio Xingu. Esta posição estratégica possibilita sua integração à malha rodoviária Federal/Estadual e ao sistema fluvial da Bacia Amazônica. Medicilândia é rodeada de muitas cavernas, dentre as quais podemos citar a Lemoeiro uma das mais visitadas e de exuberante beleza natural composta de um cenário com salões, lagos e belas cachoeiras. Está situada no km 80 sul da rodovia Transamazonica. Medicilândia é cidade do chocolate no Para.

BRASIL NOVO
O Município de Brasil Novo (PA) nasceu a partir de uma área desmembrada dos municípios de Medicilândia, Altamira e Porto de Moz; possui uma área territorial de 6.368,25 km², está situado no sudoeste do Estado, sua sede está localizada às margens da Rodovia Transamazônica, (BR-230) km 46, abrangendo ambas as margens dessa Rodovia. O Clima é equatorial (quente e úmido), favorece a pecuária bovina, facilitando sua multiplicação e lucratividade. Através do famoso Slogan: “Terra sem homens, para homens sem terra”, Brasil Novo foi um dos municípios colonizado na década de 70 tendo como base o Programa do Governo Federal de colonizar a Amazônia. Imigrantes de vários Estados do País vieram para a região e trouxeram seus costumes, culturas, valores e organização social. Pontos Turisticos: Caverna Planaltina esta entre 10 a 15 km do centro.

ALTAMIRA
Altamira é conhecida como o maior município do mundo em extensão territorial, área de 161.445.9 km. Uma das principais características está na hidrografia, rio Xingu, seu principal rio, com inúmeros afluentes, cachoeiras e lagos que são fontes ideais para uma rica pescaria e o ecoturismo. Na economia predomina a pecuária e agricultura. É conhecida como a “Princesinha do Xingu” e a capital da Transamazônica, pela formação étnica de várias regiões durante o período de colonização da região da Transamazônica. Possui cerca de 82 mil habitantes. Altamira é o maior município do mundo em extensão territorial. Está localizado no estado brasileiro do Pará estando a uma altitude de 109 metros. Sua população estimada em 2009 era de 110 954 habitantes.
Situado em plena selva amazônica, a 740 quilômetros de Belém e 458 quilômetros de Marabá, o município de Altamira tem seu vasto território cortado de norte a sul pelo rio Xingu, que domina sua zona fisiográfica.

ANAPU
As origens do município de Anapu estão relacionadas com a construção da Rodovia Transamazônica e com o Programa de Integração Nacional (PIN), instituido em 1970 e implantado a partir de 1971, pelo governo federal.
O objetivo do PIN era o de desenvolver um grande Programa de Colonização e Reforma Agrária dirigida na Amazônia, trazendo trabalhadores sem terra de diversos pontos do Brasil, em especial do Nordeste. A rodovia Transamazônica constituía-se no eixo ordenador de todo o Programa e no Pará o trecho Marabá-Altamira foi objeto de planejamento e investimento especial.
A localidade foi elevada à categoria de Município e Distrito com a denominação de Anapu, desmembrado dos municípios de Pacajá e senador José Porfírio, sendo instalado em 01 de janeiro de 1997.
Etmologia - Anapu: termo de origem geográfica, em referência ao Rio Anapu. Significado do Nome da cidade: O topônico origina-se do tupi anã, que significa Forte, Grosso e pu, ruído: ruído forte. Possivelmente é referência ao barulho produzido pelo volume d'água do caudaloso rio.

PACAJÁ
O núcleo urbano de Pacajá teve origem na iniciativa pessoal de um colono que instalou em seu lote, que se situava de frente para a estrada, um pequeno restaurante e bar que como ocorreu com outras localidades da Transamazônica, começou a servir de ponto de apoio para caminhões e ônibus que trafegavam por ela. Na mesma época, a Construtora Mendes Júnior havia instalado um acampamento que servia aos trabalhadores da estrada e ficava na localidade chamada Jacaré, ás proximidades do porto da balsa do rio Xingu, no trecho em que, por balsa, se alcança Altamira. A proporção que as obras da estrada prosseguiam e se distanciavam dos centros urbanos existentes, pontos estratégicos de apoio, como o referido bar e restaurante, passavam a ser paradas obrigatórias daqueles que trafegavam. As tarefas requeridas pelos trabalhadores daquela construtora estimularam a implantação de novos serviços expandindo o centro urbano. Logo, outros lotes rurais começaram a ser divididos e vendidos a interessados na prestação de serviços e no comércio. No final da década de 70 e início da de 80, a população já estava concentrada e começou a sentir, de certo modo o descaso da Prefeitura de Portel, devido á distância do Município para o lugar Pacajá, surgindo, então, os primeiros movimentos para a emancipação de Pacajá.

NOVO REPARTIMENTO
Novo Repartimento é um município brasileiro do estado do Pará. Localiza-se a uma latitude 04º19'50" sul e a uma longitude 49º47'47" oeste, estando a uma altitude de 0 metros. A origem do município de Novo Repartimento está relacionada à tribo indígena Parakanã, à construção da Rodovia Transamazônica e à construção da Usina Hidrelétrica de Tucuruí. O nome Repartimento, segundo os historiadores, teve origem com os índios Parakanãs, os quais denominaram de Repartimento um rio que fazia a divisão de suas terras. A vila de Repartimento foi a denominação dada ao local onde fixou-se a povoação oriunda do acampamento da empresa que construíu a Rodovia Transamazônica. O município surgiu a partir da mudança obrigatória da vila de Repartimento Velho, em decorrência da inundação daquela área pelas águas da represa da barragem da Usina Hidrelétrica de Tucuruí. Foi desmembrado dos municípios de Tucuruí, Jacundá e Pacajá.

REPRESA DE TUCURUI
A Usina Hidrelétrica de Tucuruí é a maior usina hidrelétrica em potência 100% brasileira (8.370 MW), localizada a cerca de 400 km de Belém no estado do Pará, município de Tucuruí, uma vez que Itaipu é binacional. Foi construída para a geração de energia elétrica e para tornar navegável um trecho do rio Tocantins cheio de corredeiras, ultrapassadas através de uma eclusa. A extensão total da barragem de terra tem 11 km.Grande parte da energia elétrica consumida nos estados do Pará, Tocantins e Maranhão é gerada na hidrelétrica de Tucuruí. Significado do Nome: O nome Tucuruí é de origem Tupi, língua das várias tribos indígenas que ainda habitam a região. Para alguns autores o vocábulo viria de: Tucuruí - gafanhoto e Y - rio; assim, Tucuruí + y seria rios dos gafanhotos. Mas alguns autores, como Danúzio Pompeu, consideram essa uma interpretação equivocada. Fundamentado numa obra de Luiz Caldas Tibiriça, Dicionário de Topônimos Brasileiros de Origem Tupi, o verbete Tucuruí viria de Tycu - roy - líquido frio, gelado. De acordo com autor, essa definição seria mais aceitável, porque nas imediações da cidade, os rios e os igarapés são de águas frívolas

MARABÁ
Marabá, recanto de belezas naturais. A denominação Marabá tem origem indígena e significa filho do prisioneiro ou estrangeiro, ou ainda o filho da índia com o branco. Sua localização tem por referência, o ponto de encontro entre dois grandes rios, Tocantins e Itacaiunas, formando uma espécie de "y" no seio da cidade, vista de cima. É formada basicamente por três núcleos urbanos, ligados pela estrada BR-230, a Rodovia Transamazônica. Margeada por dois grandes rios, Itacaiúnas e Tocantins, traz um ar de cidade interiorana, mas, oferece grandes possibilidades a quem reside e para visitantes.O desenvolvimento do município durante um grande período foi dado pelo extrativismo vegetal, mas com a descoberta da Província Mineral de Carajás,Marabá se desenvolveu muito rapidamente, tornando-se um município com forte vocação industrial, agrícola e comercial.Hoje Marabá é um grande entroncamento logístico, interligada por cinco rodovias ao território nacional, por via aérea, ferroviária e fluvial.Atualmente o município é o quarto mais populoso do Pará, contando com aproximadamente 233.462 mil habitantes segundo o IBGE/2010. Visitar: Praia do Tucunaré; Praia do Geladinho; Igreja de São Félix de Valois; Palacete Augusto Dias; Museu Municipal de Marabá.
____________________________________________________________________________________________________________________________________

MAIS FOTOS DA BR-230 "TRANSAMAZÔNICA"














____________________________________________________________________________________________________________________________________

4-) TOCANTINS
BR-153 - TRANSBRASILIANA
A Rodovia Transbrasiliana (BR-153) é a quarta maior rodovia do Brasil, ligando a cidade de Aceguá - RS ao município de Marabá - PA, totalizando 4.355 quilômetros de extensão.Já foi chamada de BR-14 até o ano de 1964.A BR-153 é a principal ligação do Meio-Norte do Brasil (estados do Tocantins, Maranhão, Pará e Amapá), além de Goiás e do Distrito Federal, com todas as demais regiões do país. Devido a esse fato e somado ao grande fluxo de veículos, a BR-153 é considerada atualmente como uma das principais rodovias de integração nacional do Brasil. Algumas capitais brasileiras, assim como Goiânia, Brasília e Palmas, a utilizam como o principal corredor de escoamento. É também muito utilizada para acender a regiões turísticas como a da estância de Caldas Novas (Goiás), além de outras capitais do país, assim como Belém, Macapá (via balsa), São Luís, Teresina e São Paulo. A BR-153 possui trechos de maior ou menor qualidade/dificuldade, dependendo de vários fatores (alguns deles mais ou menos de natureza permanente outros temporários). Ela não segue a orla marítima, onde está assentada a maior parte da população brasileira, mas sim permanece sempre no interior, ultrapassando além dos estados citados acima, a região do Triângulo Mineiro em Minas Gerais. Esta sendo duplicada. Foi rotulada como a rodovia da Morte no passado.

BR-153 - CIDADES PERCORRIDAS 
XAMBIOÁ; WANDERLÂNDIA; ARAGUAINA; NOVA OLINDA; COLINAS DO TOCANTINS; BRASILÂNDIA DO TOCANTINS; PRESIDENTE KENNEDY; GUARAI; MIRANORTE; PARAISO DO TOCANTINS; GURUPI; ALVORADA; TALISMÃ.
____________________________________________________________________________________________________________________________________

REGIÃO CENTRO-OESTE DO BRASIL
O meu parceiro Renato possui familiares em Brasília, ele seguiu destino para Brasília, como a cidade ficou no meio do trajeto estipulado para o dia que era de 1.000 km eu resolvi seguir direto para Goiânia.
Nos separamos, após 40 dias de convivio, o Renato seguiu para Brasilia e eu em direção a Goiânia. Tiramos a nossa última foto na placa e colocamos os adesivos do nosso Moto Clube e seguimos nossos destinos...Para quem pretende fazer uma longa viagem de moto existem varias dificuldades, a primeira é encontrar a parceria isto é, outros motociclistas com a mesma motivação e interesse,com o mesmo período de tempo livre, com a mesma disposição e pronto para respeitar seu parceiro de viagem.
em registro....
"EXCELENTE PARCEIRO, NOS CONHECEMOS EM UMA SITUAÇÃO COMPLETAMENTE LOUCA, ESTAVA INDO PARA O DAKAR EM 2008/2009, QUANDO FUI ATRAVESSAR A ADUANA PARA A ARGENTINA A GENDARMERIA ARGENTINA NÃO PERMITIU A MINHA ENTRADA O MOTIVO, MEU PASSAPORTE ESTAVA VENCIDO E ESTAVA SEM O MEU RG (IDENTIDADE) APENAS COM A MINHA HABILITAÇÃO, FUI BARRADO, NÃO PERMITIRAM A MINHA ENTRADA, CONSEGUI QUE UM AMIGO ENVIASSE MEU RG PELO ONIBUS PARA URUGUAIANA/RS, DURANTE A CHEGADA DO MEU RG, CONHECI O MOTOCLUBE DESGARRADOS DA FRONTEIRA E SEUS INTEGRANTES, FIZEMOS AMIZADE E ESTIVE NO DAKAR DE 2009 e 2010, ONDE FUI RECEBIDO PELO RENATO EM SUA CASA, MOSTREI O PROJETO DA EXPEDIÇÃO AMÉRICA LATINA, COMBINAMOS AS MOTOCAS, ALÉM DA TENERE, EU TENHO UMA TDM 850 E O RENATO TEM UMA TDM 900, OPTAMOS PELAS TENERE'S PELO MOTIVO DO TRAJETO E AS DIFICULDADES QUE ACREDITÁVAMOS QUE AS MOTOS IRIAM SOFRER E PRONTO ESTAVA TUDO CERTO, SOMENTE FALTAVA CHEGAR A DATA"
GOIÁS
BR-153 - PORANGATU;
SANTA TEREZA DE GOIÁS;
ESTRELA DO NORTE;
CAMPINORTE;
URUAÇU.
BR-080 - BARRO ALTO

DISTRITO FEDERAL
BR-251 - BRASILIA
BR-040 - VALPARAISO DE GOIÁS;

LUZIÂNIA;

CRISTALINA.
BR-050 – CATALÃO
.

____________________________________________________________________________________________________________________________________

REGIÃO SUDESTE DO BRASIL
Após o Renato ter seguido sentido Brasilia, eu fui em direção a Goiânia pela BR-153.. excelente estrada!! Cruzei ainda no mesmo dia a divisa com MG, e consegui chegar em Uberaba, divisa MG/SP por volta das 19h.
Neste dia a Tenere rodou aproximadamente 1.200 km. Minha corrente estava "estalando", fazia tanto barulho que parecia uma escola de samba, a "emenda" estava pronta para explodir. Achei que ia acontecer como o "Rubinho pé de chinelo", quebrar na ultima volta!! kkkkkkkkkkk
Dormi em um hotel, no outro dia acordei um pouco mais tarde, faltavam apenas 450 km.... conferi o óleo do motor, reapertei a relação, caprichei na lubrificação da corrente, e continuei o final da viagem em direção a minha casa, rapidamente alcancei a divisa MG/SP.


MINAS GERAIS
BR-050

ARAGUARI; UBERLANDIA; UBERABA; DELTA.

SÃO PAULO
SP-330 – ANHANGUERA

IGARAPAVA;
RIBEIRÃO PRETO;
LIMEIRA;
CAMPINAS;
JUNDIAI;
SÃO PAULO;
GUARULHOS.

___________________________________________________________________________________________________________________________________

Quase em casa...
No GPS em contagem regressiva, faltando menos de 500 km...... alguns minutos depois 450 km...
depois 300 km....
200 km....
e cada momento que olhava o visor do GPS e a medida que aproximava-me de casa, os km diminuíam, abaixando lentamente e a distância encurtando...

Ai a Saudade!!!!
A saudade....... o que é isso???

Muito engraçado... estava cada vez mais próximo, bem pertinho, a cada minuto mais perto de casa e a saudade piorava!!
poxa... estou chegando..... a saudade me castigava....
sem perceber fui aumentando o ritmo da moto, mantive o ritmo a viagem inteira de 4.500 giros aproximadamente 100 a 110 km por hora, com essa velocidade eu mantinha giro baixo do motor, diminuía todo o conjunto de desgaste da moto, motor, freios, pneus, super aquecimento, relação e etc... etc... etc.. E o mais importante, me sentia seguro na situação de um acidente.
Quando olhei para o painel estava a 135km, rapidamente tirei a mão e voltei aos meu 100/110 km.
a relação vinha.. "vou quebrar.. vou quebrar ... vou quebrar...."
fiz uma parada em Limeira a 140 km de São Paulo, tomei um lanche, conferi o GPS e aparecia finalmente na tela a bandeirinha de chegada em minha casa...
Abasteci a motoca, a minha carniça, a minha guerreira, a minha Tenebrosa..
o motor de arranque parou de funcionar fazia tempo, somente pegava no pedal...
após algumas pedaladas estava a "carniça" funcionando novamente...
diminui o ritmo para 80 km, a relação estava..
vou quebrar mesmo, vou quebrar mesmo, vou quebrar mesmo....
finalmente a marginal do Tiete, apenas 20 km....
ai saudade que me mata..................
Dutra BR-116..... praticamente quintal de casa... menos de 10 km....
O sol ja estava voltando a abaixar em relação ao horizonte, o dia em São Paulo estava nublado querendo garoar, uma sombra no asfalto me acompanha, talvez eu consiga bater uma ultima foto do parceiro "sombra" com sua motoca, a mais de 23.000 km que este parceiro está me acompanhando, tirei a máquina do bolso da jaqueta, focalizei no visor e pressionei o botão... Pronto estava registrado!


Chegando em casa...
Para mim...
Este é o pior trajeto para o motociclista. Os acidentes na sua maioria acontece ou na saida ou na chegada, existem dados estatísticos que comprovam esta afirmação. São nesses momentos como na saída quando ainda estamos relaxados, não concentrados suficientemente ou na chegada, quando baixamos a guarda, estamos cansados e com a sensação de que "já chegamos" que acontece o maior número de acidentes de moto.


Finalmente em casa!!!

Primeiro passei em casa para matar a saudade da minha esposa, depois passei nos mecânicos e amigos que permitiram de alguma forma que esta expedição tivesse exito... depois em direção a sede do Motoclube BR-116, ao encontro de varios amigos com um delicioso churrasco..

















PRINCIPAIS FOTOS DO BRASIL

CLICK AQUI PARA MAIS FOTOS DO BRASIL



MAPAS DO BRASIL
























__________________________________________________________________________________________________________________________



"A EXPEDIÇÃO AMÉRICA LATINA DE TÉNÉRÉ"

Foi uma viagem espiritual e emocional. Uma pena que eu não possa descrever, por mais que eu tente, realmente o que senti, percebi ou vivi durante toda a viagem. Mas a imensidão do deserto, a altura das montanhas, o frio e o calor, as chuvas e os dias escaldantes, os ventos, a tempestade de areia, a cordilheira, o caribe, o olhar das crianças nos bancos traseiros dos carros, os barulhos da minha moto, as lembranças do passado, a clareza com que passei a ver a minha vida, a sensação de velocidade e de mobilidade, tudo conspirou para que eu tenha voltado um pouquinho mais sintonizado com o que realmente importa. Talvez as pessoas mais evoluídas espiritualmente consigam progredir apenas com a meditação. Eu ainda preciso estar em cima da minha moto para tal progressão!!!

Marcelo Santos
................................................................................................................................................................................................................................

Conclusões & Reflexões...
A minha paixão por duas rodas vem desde o tempo de criança, com as bicicletas. Tenho guardado na memória a nitida imagem de eu apreendendo a andar de bike, primeiro tira-se uma rodinha, com o aprimoramento da técnica e do equilibrio tira-se a do outro lado e pronto estamos livres para iniciar as primeiras manobras que nos proporcionam enorme prazer.
Depois veio a mobilete e consequentemente a moto, uma TT 125cc 2 tempos... Alguns de vocês devem se lembrar deste modelo.
Ando de moto desde os meus 15 anos de idade, ja tive dezenas de modelos diferenciados, entre eles os modelos mais importantes e que fizeram história em diversas viagens realizadas estão nas fotos abaixo:
Yamaha DT 180cc 1982, Honda XLX 350cc 1988, Yamaha TÉNÉRÉ 600cc 1990, Yamaha TÉNÉRÉ 600cc 1993, Yamaha SUPER TÉNÉRÉ 750cc 1994, Yamaha TDM 850cc 1997, Suzuki DR-800cc 1999, Yamaha TÉNÉRÉ 600cc 1991, Yamaha TDM 850cc 1998, Yamaha TDM 850cc 2001, Yamaha TÉNÉRÉ 600cc 1989.
"fotos das motos antigas em breve"

Porém a minha Ténéré 1989, meu "xodó", sempre foi a minha paixão!!! Paixão a primeira vista!!

..................................................................................................................................................................................................................................

AVENTURA OU VIAGEM DE LONGA DISTÂNCIA

Para quem pretende fazer uma longa viagem ou aventura de moto para mim existem varias dificuldades, entre todas, cito estas três como cruciais:
1.ª - PRIMEIRA - encontrar a parceria ideal, isto é, outros motociclistas com a mesma motivação e interesse, com o mesmo periodo de tempo livre, tipos de motos semelhantes, e a mesma disposição para enfrentar dificuldades e imprevistos durante o trajeto, além de respeitar a vontade dos parceiros também.
2.ª - SEGUNDA - realizar todo o roteiro em conjunto, obter mapas, relacionar os pontos turísticos a serem visitados, conhecer o tipo de estrada (terra, ripio, asfalto, areia, etc...) registrar tudo no GPS, e o mais importante, devido a contratempos durante a viagem estar disposto a mudar o planejamento conforme a necessidade efetuando inclusive cortes!!
3.ª - TERCEIRA - para quem chega a uma cidade após um dia inteiro de viagem é conseguir hotel. No nosso caso a dificuldade aumenta, porque sempre queriamos bom e barato... A viagem é longa, então a econômia é muito importante para o viajante chegar ao seu objetivo.. Diversas vezes é necessário entrar e sair de varios hotéis até encontrar um que atenda nossas necessidades, extremamente estressante, pode causar conflitos no grupo ou na parceria por todos estarem cansados, minha dica.. relaxe e veja estas negociações como um outro objetivo a ser conquistado!!
E por ai vai.... dificuldades sempre existem, o convivio com outras pessoas por 1 dia é uma situação, por 3 dias outra, por 07 dias completamente diferente, imagine por mais de 30 dias, "o bixo pega"! Saber respeitar e ouvir resolve praticamente todos os problemas!

....................................................................................................................................................................................................................................
VIAJAR DE MOTOCICLETA

Porque Viajo de Motocicleta?

Um carinha qualquer acorda pela manhã, liga a sua moto e fica 6-8-10-12 horas em sua moto. Roda de 600 km a mais de 1.200 km em um único dia, quando volta para casa não tem muito que contar sobre onde parou, o que comeu e o que conheceu. E dentro da sua cabeça só um pensamento: eu daria tudo para estender 1.000 vezes esse dia, para acordar todos os dias fazendo exatamente a mesma coisa. Só isso! Alguns de vocês podem não entender isso que escrevi acima, mas tenho certeza que tem um monte de gente que sabe exatamente o que significa isso!! Para algumas pessoas eu poderia tentar descrever o que sinto por dezenas ou centenas de horas, poderia dar milhares de motivos e certamente não entenderiam!!


Mesmo assim vou tentar descrever ou dar alguns motivos para mudar pensamentos e tentar fazer vocês entenderem! Para mim, defender meus ideais é como uma missão, portanto vamos lá ... rss...


Quando alguém compara a tecnologia, a potência, o peso, o tamanho e a utilidade de um um carro ao de uma moto de cilindrada alta, fica abismado como podem custar a mesma coisa. Como pode uma moto custar a mesma coisa que um carro que te protege da chuva, do vento, do sol, de batidas, de assaltos, leva 4 pessoas, transporta compras e etc? Mas... quando outra pessoa vê a sensação de liberdade, a aceleração, fazer uma curva, o prazer e o estilo, então, ao contrário, fica abismado como um carro tão sem graça pode custar tanto quanto uma maravilha em duas rodas que pode ser a expressão de uma vida. Eu posso não estar convencendo vocês, mas..., por pior que seja do ponto de vista financeiro, eu não consigo achar alto o preço da moto. Quando eu fico imaginando como a minha vida seria sem graça com um carro, acho que a moto custa é pouco!


Pode até ser coisa de maluco, mas eu tenho o costume de conversar com a minha moto durante as viagens. Conversa mesmo, nos dois sentidos! Bem, ouvir a moto acho que é até natural. Todo motociclista fica prestando atenção no que a moto está dizendo. Se está com alguma peça batendo ou soltando, se está com o motor engasgando ou com um ronco diferente. Mas, além de ouvir, eu também tenho o costume de falar com ela, pois é, falo com minha moto! Falo com ela mesmo, literalmente!! Converso sobre o nosso destino do dia, mostro algum lugar bonito no horizonte, conto uma história sem importância, e por mais louco ou maluco que possa parecer até dou um tapinha no tanque dela depois que conseguimos passar por algum desafio. Dependendo do dia, até faço uma cantoria para ela.


Um psicanalista diria que estou fazendo uma projeção (ou seria uma transferência?), que no fundo eu estou falando com o meu eu interior. Um lógico diria que estou sendo irracional, pois a motocicleta não tem sensores de som. Um religioso diria que estou falando com algum "Deus da Ordem", pedindo proteção contra o caos. Talvez o motociclismo seja a procura da união da ordem (projeto mecânico) e do caos (a vida com seus riscos e acasos). Não o domínio de um sobre o outro, mas a união mesmo. E eu, que não vejo as "quebras", as "panes", digamos assim, o momento que a motoca precisa "repousar", como eventos necessariamente ruins e também não tenho nada contra o caos ou a ordem, não teria nada a pedir. Só vou conversando mesmo com a minha motoca, como se fosse uma velha amiga…


É claro que andar de moto tem um lado bom e outro ruim. Se fosse só bom, todos andariam; se fosse só ruim, não venderiam nem uma moto sequer. O lado ruim é fácil falar. Todo motociclista ouve a lista todos os dias: a moto é perigosa, barulhenta, de baixo poder de revenda, fácil de ser roubada, pouca capacidade de carga, traz consigo o estigma da marginalidade e inevitavelmente suja os seus passageiros. Concordo com tudo. Mas a questão é que as vantagens superam os pontos negativos. O ponto mais fácil de rebater é esse negócio de que você se suja muito quando anda de moto. Ou então, que tem que ficar colocando e tirando a capa toda vez que muda o clima. Andar de moto é como fazer amor: você tem que tirar a roupa para depois colocar de novo, fica todo suado, cansado e sujo. Mas vale a pena! Sempre vale a pena!!!!
Sei muito bem que para algumas pessoas não vale a pena andar de moto. Não quero convencer ninguém. Só quero dizer porque eu ando de moto. A razão mais pragmática da moto é a acessibilidade. Você estaciona em qualquer lugar, anda na terra, em buracos e no meio do trânsito. Vai para lugares onde os carros não vão. Vai até pertinho do mar, sobe em montanhas e entra no quintal das pessoas para tomar água. Mas acho que há coisas bem mais importantes que isso. No silêncio do seu capacete, você fica em contato com o seu mundo interior. Sozinho na estrada, tornando-se irreconhecível pela vestimenta, não há nada a provar para ninguém. Você pode rir sozinho, cantar desafinado, gritar, pensar nas mais loucas fantasias ou, acima de tudo, aprender a conviver com você. Lá não há como se proteger de você mesmo usando estímulos externos como a TV, a companhia de outras pessoas ou o trabalho incessante. É você e você, é você com você mesmo, goste do que está vendo ou não


Paradoxalmente, a moto é o local onde você também tem um contato muito forte com o mundo externo. Mas não o mundo artificial da sociedade, com suas cobranças e expectativas. O piloto tem contato com o vento, os raios solares, a visão do horizonte, o cheiro do mato, o calor do asfalto, com as forças da gravidade e da inércia. Essa experiência direta com o mundo real, junto com o contato com o eu verdadeiro, é que faz com que a experiência de andar de moto seja viciante. O que pode ser perigoso. Andar de moto não deve ser usado para escapar do mundo do dia-a-dia. Andar de moto tem que ser um aprendizado para mudar o mundo. Isso tanto através do autoconhecimento, quanto da visão do mundo real, sem os filtros sociais.


Tem um outro aspecto de andar de moto que me traz certo prazer, mas que às vezes acho ser um pouco doentio. É que andar de moto, arriscando a sua vida, com uma roupa toda diferente, certamente destaca você das outras pessoas. Por bem ou por mal. Você se sente diferente sendo um motociclista. Penso que esse sentimento tem que ser muito bem trabalhado. Se você usa essa imagem de motociclista para humildemente inspirar as outras pessoas a darem mais valor para o que realmente importa, então tudo bem. Mas se essa imagem é usada para desprezar os outros, amedrontar, afastar, diferenciar ou rebaixar, então tudo vai por água abaixo. Se o motociclismo for usado como símbolo da rebeldia, algo vai errado. Se for usado como símbolo da liberdade – liberdade até para não gostar de motos -, então estamos no caminho certo. Rebeldia nem sempre é a mesma coisa que liberdade, embora tente usar essa roupagem. Algumas pessoas – seja no motociclismo ou fora dele -, usam a imagem da rebeldia para defender as guerras, o preconceito, o ódio, a discriminação, a imutabilidade da hierarquia social, o seguimento cego às regras, a violência, a ignorância e o crime. São rebeldes extremamente conservadores. Tenha cuidado com essa armadilha!


Uma grande diferença entre pilotar uma moto e dirigir um automóvel é o nível de atenção despendido. Para andar de moto seus olhos precisam ficar sempre atentos, vasculhando todos os cantos, antecipando o movimento dos outros. Seu corpo, flexível, precisa estar sempre preparado para as manobras. Já em um carro você pode andar com o corpo relaxado e com uma atenção principal voltada para frente. Essa grande atenção na moto faz com que você canse mais rápido, é certo. Mas por outro lado, como boa parte do pensamento é usado na pilotagem, sua mente tem que se livrar daqueles pensamentos espúrios. Sabe quando você está dirigindo um carro, mas fica pensando nas contas a pagar, na briga com o chefe e com a agenda do dia seguinte? Em cima da moto você não consegue fazer isso. O que resta do seu pensamento vai para coisas realmente importantes: seus sentimentos naquele momento, uma boa lembrança, a observação de uma pessoa interessante na beira da estrada, uma poesia ou uma música. Interessante como a falta de alguma coisa faz você usá-la com mais sabedoria. Sobrando só um pouquinho da sua mente, essa parte é usada para o que realmente importa.


Agora vou para as questões filosóficas do motociclismo. Quem anda de moto tem uma relação muito mais direta com a própria mortalidade. Cada dia, cada vez que você sobe na sua moto, você está dizendo para si mesmo: eu sei que posso morrer, mas também sei que vale a pena viver. Quando você está em sua moto, você aprende pouco a pouco a sempre pensar quando vale – ou não vale – a pena tomar riscos. Não são todos os riscos que valem a pena: costurar no trânsito, bebida, excesso de velocidade, empinar a moto e outras atitudes, são formas de suicídio. Penso que só pessoas desesperadas com a vida têm comportamento tão arriscado. Mas, por outro lado, vale a pena arriscar uma queda para sentir o vento, o sol, as forças da natureza em ação e o contato com o eu verdadeiro. Acho que quem anda de moto consegue mais facilmente tanto aceitar que a morte é inevitável quanto viver plenamente enquanto ela não chega.


Quem anda de moto – embora este argumento valha para qualquer viajante – também tem que ter uma relação muito saudável com a inevitável decadência das coisas e com o acaso. O tempo todo você sabe que sua moto pode quebrar, que pode furar um pneu ou que você pode se perder. Quem fica estressado com isso simplesmente tem que desistir de andar de moto, pois essas coisas acontecem o tempo todo. Mas quando você aceita, então sim a viagem fica muito mais rica. Imprevistos são oportunidades para você aprender mais sobre a mecânica da moto, para usar o seu conhecimento, para conhecer pessoas ou, mais importante ainda, aprender a confiar nelas.


Até agora falei só sobre andar sozinho de moto. Mas andar com outras pessoas também é recompensador. A intimidade com a sua mulher agarrada em você, a confiança mútua necessária para jogarem-se nas curvas, o sentimento de vitória depois de um trecho cansativo, sentir a "bunda" latejar depois de rodar mais de 1.000km as histórias que vão contar juntos e as sensações durante a viagem, tudo isso fortalece a união. Mas, além disso, andar de moto permite que cada um tenha a sua individualidade em companhia do outro. Cada um tem os seus próprios pensamentos, seus próprios valores, embaixo do capacete. Sem medo de magoar o outro ou de ser censurado. A mente vaga entre a mais completa independência e a mais total união representada pelo contato dos corpos. Assim devem ser as uniões: dois seres completamente independentes, com pensamentos próprios, mas caminhando juntos.


Outro jeito de andar de moto é com um grupo de amigos, cada um em sua moto. Nesses grupos as pessoas não são divididas pelo emprego, educação ou posição social. O único interesse é andar de moto. Isso não significa que todos motociclistas sejam amigos. Mas permite que você encontre pessoas com os mesmos valores que você, mesmo que em uma situação de vida completamente diferente. Elimina as máscaras.

Infelizmente, embora os motociclistas não sejam divididos diretamente pelo seu papel social, são pelo tipo e cilindrada de moto. Isso tem uma razão prática, pois motos muito diferentes não conseguem andar juntas. Mas o principal ainda é a distinção econômica. Algumas pessoas usam a desculpa de uma moto com cilindrada diferente para menosprezar os outros. Isso é muito ruim. Espero que com o tempo essa separação vá diminuindo e que o único motivo dos agrupamentos sejam os valores compartilhados.

Da mesma forma que andar sozinho pode ser difícil para quem não consegue ter um contato consigo mesmo, andar em grupo pode ser um grande desafio para quem é muito individualista, muitas vezes existe a irritação por causa da velocidade e da prisão na escolha do caminho a ser trilhado entre outros. Mas também tenho imenso prazer por conviver com novos amigos, conhecer novas visões de mundo e compartilhar minhas alegrias sobre a moto com outras pessoas.

Quando você está em cima da sua moto em uma curva perfeita, com o vento perfeito, com a velocidade perfeita e com a iluminação perfeita, é como se o tempo parasse e você se sentisse completo. Esse tipo de sensação faz com que você comece a pensar de porque a vida toda não pode ser assim: plena.

Ainda bem que com o tempo você começa a perceber que pode ser sim. Você consegue reproduzir esses momentos de plenitude quando dá o bom-dia para a sua mulher e sua familia, quando percebe que seu filho deu mais um passo rumo a uma vida de realizações reais, quando voce espia seu filho olhando maravilhado para um pássaro que milagrosamente passa pela janela, quando sente o sorriso de uma pessoa que vc ajudou de alguma forma, quando lê um e-mail de alguém agradecendo pelo que vc transmitiu..

E é isso....

obrigado a todos que tiveram "saco" de ler até aqui e de me aturar por todo esse tempo....

observaram minhas fotos, deixaram seus relatos..........

vivenciaram o que passei pelos meus textos ou por uma simples olhadinha nas minhas fotos

meu muito obrigado por me acompanharem... me sinto lisonjeado por tanta lealdade....

acabou.... infelizmente acabou....

nos vemos em NOVEMBRO/2012, na minha próxima Expedição. SAUDAÇÕES!

............................................................................................................................................................................................................

AMÉRICA - UMA AVENTURA DE PÓLO A PÓLO

"A Expedição “A AMÉRICA, uma aventura de Pólo a Pólo.” pretende ligar o ponto mais a Norte do Continente Americano, Prudoe Bay no Alaska, ao Ponto mais a Sul do Continente Americano, Ushuaia na Argentina. Esta viagem será realizada em moto em uma unica etapa com o objetivo de cumprir o máximo de trajeto por terra. O filosofo Aristóteles foi o primeiro a sugerir uma divisão da terra com base nas diversas condições climáticas determinadas pela latitude. Já por essa altura era clara a grande variedade de ambientes que caracterizavam as diversas latitudes. Hoje as diferenças são ainda mais obvias, mais do que condições climáticas distintas, as várias latitudes tem uma enorme diversidade sociocultural provocada por milênios de adaptação e séculos de influências entre povos de regiões diferentes. De sociedades tecnologicamente avançadas na América do norte, passando por miscelâneas culturais como na América latina, até as sociedades tribais na América do sul, na Amazônia, esta viagem será confrontada com uma variedade incrível de ambientes e culturas que tornarão este projeto uma experiência única, numa rota na América que atravessa de Norte a Sul e de Leste a Oeste, do Oceano Pacífico ao Oceano Atlântico.

Nenhum destino é inatingível. Nenhuma viagem é impossível...

"A experiência me foi ensinando que não é a moto que faz a viagem, somos nós. Se no inicio das minhas expedições eu achava essencial ter uma moto super equipada para fazer este tipo de viagens, não demorei muito a perceber que qualquer uma serve... Aliás quanto mais simples melhor! "

Marcelo Santos

____________________________________________________________________________________________________________

5 comentários:

vanderci josé de sousa joão pessoa pb disse...

Meus amigos acabei de conhecer o blog por intermedio de um colega do motonline tá muito show, meu sonho é fazer uma viagem dessa magnitude, depois eu vou postar mais comentarios agora deixa eu viajar no blog, um abraços pra vcs!

Betinho Betox disse...

Parabéns!
Muito bom, principalmente o roteiro sobre a região norte. A região amazônica é um cenário pouco explorado por aventureiros motociclistas. Não desmerecendo as demais regiões que vcs visitaram, é claro, mas é que estas já estão bem batidas nos blogs. Mesmo assim Parabéns pelo serviço, pelas informações detalhadas. Só faltou a estimativa de custos.
Pretendo ainda um dia fazer uma expedição pelo brasil todo.
Vamos falando

Abrax

Rocio disse...

Que bom que você pode ver as coisas como você está trabalhando, mesmo nas competições, a verdade é um orgulho, a única coisa que eu quero é ccomprar oculos online, estes profissionais usam.

Anônimo disse...

My coder is trying to persuade me to move to .net from PHP.
I have always disliked the idea because of the expenses.
But he's tryiong none the less. I've been using WordPress on several websites for about a year and
am nervous about switching to another platform. I have heard good things about blogengine.
net. Is there a way I can transfer all my wordpress posts into it?
Any kind of help would be greatly appreciated!


Also visit my web-site :: gto120dlaocm402mfos02.com

Anônimo disse...

Que organização.
Muito show !
Sou Serginho Silva de Rio do Sul, SC. Pena tê-los conhecido só agora.
Fiz uma bacana também ....
De Rio do Sul, SC até Fairbanks no Alaska. Fui com uma YBR 125 que ganhei de uma revenda aqui da cidade. Motos Neno.
Gostaria muito de ter a oportunidade de falar com vocês !
Um grande abraço e meu respeito.

Receba atualizações, participe deste blog, cadastre-se abaixo